Loading
 
 
 
Loading
 
Santa Sé a ONU: serviços de saúde nunca devem operar contra a vida dos não nascidos
Loading
 
29 de Junho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Genebra - Suíça (Quinta-feira, 29-06-2017, Gaudium Press) Dom Iván Jurkovic, Observador Permanente da Santa Sé diante das Nações Unidas em Genebra, Suíça, interveio durante uma discussão sobre a redação de uma resolução intitulada "Fortalecer a coordenação da assistência humanitária de emergência das Nações Unidas" para rejeitar a inclusão de equipamentos para realizar abortos nos kits de primeiros socorros. A delegação vaticana insistiu em que "os serviços de saúde nunca devem ter a intenção ou operar contra a vida dos mais indefesos ou os não nascidos. A aplicação do direito à vida nunca deve discriminar com base nos vários estados da vida".

Santa Sé a ONU serviços de saúde nunca devem operar contra a vida dos não nascidos.jpg

"Ainda que reconhecemos os riscos particulares que as mulheres e crianças encontram nos contextos das emergências humanitárias e suas necessidades integrais com respeito ao acesso ao cuidado de saúde básico, serviços essenciais obstétricos, segurança alimentar e sanitária, não podemos aceitar como uma solução apropriada aqueles serviços que promovem o aborto", declarou o Arcebispo, segundo informou a Rádio Vaticano.

Além deste pedido, o Observador Permanente esclareceu que a Santa Sé "não considera o aborto, o acesso ao aborto, como uma dimensão dos termos 'saúde sexual e reprodutiva' e 'serviços de saúde sexual e reprodutiva'". Um segundo esclarecimento estabelece que "com referência ao 'gênero', a Santa Sé entende o termo como arraigado na identidade e diferença sexual biológica".

O prelado solicitou que o texto da declaração fosse incluído nas atas oficiais da reunião, levada a cabo no dia 23 de junho no Segmento Humanitário do Conselho Social e Econômico das Nações Unidas (ECOSOC por suas siglas em francês) em Genebra, Suíça. (EPC)

Loading
Santa Sé a ONU: serviços de saúde nunca devem operar contra a vida dos não nascidos

Genebra - Suíça (Quinta-feira, 29-06-2017, Gaudium Press) Dom Iván Jurkovic, Observador Permanente da Santa Sé diante das Nações Unidas em Genebra, Suíça, interveio durante uma discussão sobre a redação de uma resolução intitulada "Fortalecer a coordenação da assistência humanitária de emergência das Nações Unidas" para rejeitar a inclusão de equipamentos para realizar abortos nos kits de primeiros socorros. A delegação vaticana insistiu em que "os serviços de saúde nunca devem ter a intenção ou operar contra a vida dos mais indefesos ou os não nascidos. A aplicação do direito à vida nunca deve discriminar com base nos vários estados da vida".

Santa Sé a ONU serviços de saúde nunca devem operar contra a vida dos não nascidos.jpg

"Ainda que reconhecemos os riscos particulares que as mulheres e crianças encontram nos contextos das emergências humanitárias e suas necessidades integrais com respeito ao acesso ao cuidado de saúde básico, serviços essenciais obstétricos, segurança alimentar e sanitária, não podemos aceitar como uma solução apropriada aqueles serviços que promovem o aborto", declarou o Arcebispo, segundo informou a Rádio Vaticano.

Além deste pedido, o Observador Permanente esclareceu que a Santa Sé "não considera o aborto, o acesso ao aborto, como uma dimensão dos termos 'saúde sexual e reprodutiva' e 'serviços de saúde sexual e reprodutiva'". Um segundo esclarecimento estabelece que "com referência ao 'gênero', a Santa Sé entende o termo como arraigado na identidade e diferença sexual biológica".

O prelado solicitou que o texto da declaração fosse incluído nas atas oficiais da reunião, levada a cabo no dia 23 de junho no Segmento Humanitário do Conselho Social e Econômico das Nações Unidas (ECOSOC por suas siglas em francês) em Genebra, Suíça. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88234-Santa-Se-a-ONU--servicos-de-saude-nunca-devem-operar-contra-a-vida-dos-nao-nascidos. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O novo app funcionará durante as audiências gerais das quartas-feiras, ao ângelus do domingo na P ...
 
O edifício havia sido fechado em 1968, por conta da guerra entre Israel e Palestina, que converteu ...
 
Varão de fogo e conselheiro de Papas e monarcas, foi também admirável arauto da Virgem Maria e um ...
 
O evento possibilitou uma reflexão sobre o tema “Coroinhas, sirvam com generosidade a Cristo, pr ...
 
Segundo Dom Rodolfo Luís Weber, “a vida religiosa é uma vida consagrada que evidencia a doação ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading