Loading
 
 
 
Loading
 
Caso Charlie: Pais têm direito de cuidar do próprio filho até o fim, diz Francisco
Loading
 
3 de Julho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 03-07-2017, Gaudium Press) A Sala de Imprensa da Santa Sé divulgou um comunicado onde afirma que o Papa Francisco acompanha com afeto e comoção o caso do pequeno Charlie Gard e manifesta a sua proximidade para com os seus pais.

Caso Charlie Pais têm direito de cuidar do próprio filho até o fim, diz Francisco.jpg

O comunicado informa que o Papa reza por eles, fazendo votos de que "não seja negligenciado o seu desejo de acompanhar e cuidar do próprio filho até o fim".

Sobre este caso, Francisco havia manifestado sua opinião através de um tweet, na última sexta-feira: "Defender a vida humana, sobretudo quando é ferida pela doença, é um compromisso de amor que Deus confia a cada ser humano".

Charlie e o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos

O pequeno Charlie, tem apenas dez meses. Ele sofre de uma doença genética rara e incurável. Contrariando os desejos de seus pais, o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos autorizou o desligamento dos aparelhos que o mantém vivo a pobre criança.

Os pais de Charlie haviam lançado uma campanha de coleta de recursos para que eles pudessem leva-lo aos Estados Unidos, onde o pequeno paciente poderia ser submetido a um tratamento experimental.

Para não sofrer, matar...

Após a decisão do Tribunal, o Hospital "Great Ormond Street", onde Charlie está internado, emitiu uma nota na sexta-feira na qual sua direção afirma que "Juntamente com os pais de Charlie", estamos providenciando um lugar para seus cuidados, e para "dar a eles mais tempo juntos como família" e ainda pedem privacidade para os pais do bebê.

Os tribunais de ...Direitos Humanos haviam decidido que manter o bebê com aparelhos somente prolongaria seu sofrimento, pois não havia esperança de recuperarão da doença, que provoca fraqueza muscular progressiva, inclusive em órgãos-chave como o coração. Para que ele não sofresse mais, provocariam sua morte, por omissão. (JSG)

Loading
Caso Charlie: Pais têm direito de cuidar do próprio filho até o fim, diz Francisco

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 03-07-2017, Gaudium Press) A Sala de Imprensa da Santa Sé divulgou um comunicado onde afirma que o Papa Francisco acompanha com afeto e comoção o caso do pequeno Charlie Gard e manifesta a sua proximidade para com os seus pais.

Caso Charlie Pais têm direito de cuidar do próprio filho até o fim, diz Francisco.jpg

O comunicado informa que o Papa reza por eles, fazendo votos de que "não seja negligenciado o seu desejo de acompanhar e cuidar do próprio filho até o fim".

Sobre este caso, Francisco havia manifestado sua opinião através de um tweet, na última sexta-feira: "Defender a vida humana, sobretudo quando é ferida pela doença, é um compromisso de amor que Deus confia a cada ser humano".

Charlie e o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos

O pequeno Charlie, tem apenas dez meses. Ele sofre de uma doença genética rara e incurável. Contrariando os desejos de seus pais, o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos autorizou o desligamento dos aparelhos que o mantém vivo a pobre criança.

Os pais de Charlie haviam lançado uma campanha de coleta de recursos para que eles pudessem leva-lo aos Estados Unidos, onde o pequeno paciente poderia ser submetido a um tratamento experimental.

Para não sofrer, matar...

Após a decisão do Tribunal, o Hospital "Great Ormond Street", onde Charlie está internado, emitiu uma nota na sexta-feira na qual sua direção afirma que "Juntamente com os pais de Charlie", estamos providenciando um lugar para seus cuidados, e para "dar a eles mais tempo juntos como família" e ainda pedem privacidade para os pais do bebê.

Os tribunais de ...Direitos Humanos haviam decidido que manter o bebê com aparelhos somente prolongaria seu sofrimento, pois não havia esperança de recuperarão da doença, que provoca fraqueza muscular progressiva, inclusive em órgãos-chave como o coração. Para que ele não sofresse mais, provocariam sua morte, por omissão. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88329-Caso-Charlie--Pais-tem-direito-de-cuidar-do-proprio-filho-ate-o-fim--diz-Francisco. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading