Loading
 
 
 
Loading
 
Cientistas italianos explicam interessante descoberta no Sudário de Turim
Loading
 
5 de Julho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Turim - Itália (Quarta-feira, 05-07-2017, Gaudium Press) Em artigo assinado pela Ing. Giulio Fanti, publicado no PLoS One, relata-se uma importante descoberta, mais uma, relacionada com o Santo Sudário de Turim:

Cientistas italianos explicam interessante descoberta no Sudário de Turim.jpg

Foram identificadas nanopartículas de creatinina ligada a ferrihidrato, que por suas características evidenciariam que esse sangue pertence a um homem que passou por um grave trauma. "Não é uma situação típica do soro do sangue de um organismo humano são".

Junto aos físicos Elvio Carlino, Liberato de Caro e Cinzia Giannini, do Conselho Nacional de Investigação da Itália, o Ingeniero Fanti analisou, com microscópios de alta tecnologia, uma fibra de 2 milímetros do Santo Sudário, oferecida por Barru Schwortz, que participou do projeto Santo Sudário de Turim (STURP) em 1978.

Segundo o cientista Fanti, essa presença de extremidades de creatinina com ferrihidrato são "típicas de um organismo que sofreu uma forte politrauma, como tortura. De fato, de forma inesperada, na nanoescala se codifica em um cenário de grande sofrimento gravado nas nanopartículas unidas às fibras de linho", que foram analisadas pelos cientistas. (EPC)

Loading
Cientistas italianos explicam interessante descoberta no Sudário de Turim

Turim - Itália (Quarta-feira, 05-07-2017, Gaudium Press) Em artigo assinado pela Ing. Giulio Fanti, publicado no PLoS One, relata-se uma importante descoberta, mais uma, relacionada com o Santo Sudário de Turim:

Cientistas italianos explicam interessante descoberta no Sudário de Turim.jpg

Foram identificadas nanopartículas de creatinina ligada a ferrihidrato, que por suas características evidenciariam que esse sangue pertence a um homem que passou por um grave trauma. "Não é uma situação típica do soro do sangue de um organismo humano são".

Junto aos físicos Elvio Carlino, Liberato de Caro e Cinzia Giannini, do Conselho Nacional de Investigação da Itália, o Ingeniero Fanti analisou, com microscópios de alta tecnologia, uma fibra de 2 milímetros do Santo Sudário, oferecida por Barru Schwortz, que participou do projeto Santo Sudário de Turim (STURP) em 1978.

Segundo o cientista Fanti, essa presença de extremidades de creatinina com ferrihidrato são "típicas de um organismo que sofreu uma forte politrauma, como tortura. De fato, de forma inesperada, na nanoescala se codifica em um cenário de grande sofrimento gravado nas nanopartículas unidas às fibras de linho", que foram analisadas pelos cientistas. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88387-Cientistas-italianos-explicam-interessante-descoberta-no-Sudario-de-Turim. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A Congregação dos Filhos de Maria Imaculada foi fundada pelo Venerável Giuseppe Frassinetti, ...
 
A assistência vespertina à Eucaristia é uma nova tendência refletida nas estatísticas das dioce ...
 
Nosso Senhor escolheu seus doze apóstolos, escolheu-os entre os pequenos, entre os menores e mais h ...
 
O objetivo do rosário é rodear a nação através da oração e interceder para que o país volte ...
 
O momento será realizado no Centro Pastoral Paulo VI e acolherá agentes que atuam na comunicação ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading