Loading
 
 
 
Loading
 
Francisco mostra comoção pelo morte do alemão Joachim, Cardeal Meisner
Loading
 
5 de Julho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 05-07-2017, Gaudium Press) O Papa Francisco enviou telegrama de pesar ao Cardeal Rainer Woelki, Arcebispo de Colônia, na Alemanha, pelo falecimento do arcebispo-emérito dessa cidade, Cardeal Joachim Meisner.
Ele governou a Diocese de Colônia de 1988 a 2014.

Aos 83 anos o purpurado faleceu na madrugada desta quarta-feira, 05/07. Ele passava férias na localidade de Bad Fussing, quando faleceu. O Arcebispado de Colônia informou que o purpurado "adormeceu serenamente".

Telegrama do Papa

Francisco mostra comoção pelo morte do alemão Joachim, Cardeal Meisner.png

No texto do telegrama o Pontífice afirma que ter recebido com comoção a notícia do falecimento imprevisto e inesperado do Cardeal:

"Com fé profunda e amor sincero pela Igreja, o Cardeal Meisner se dedicou ao anúncio da Boa Nova. Que Cristo o recompense pelo seu compromisso fiel e destemido em favor do bem dos homens do Leste e Oeste, e o torne partícipe da comunhão dos Santos no céu. "

O Cardeal Joachim Meisner Rainer Woelki nasceu em 25 de dezembro de 1933, em Wroclaw, capital da Baixa Silésia, hoje parte do território polonês, que na época pertencia à Alemanha com o nome de Breslau.

Ele entrou no Seminário de Erfurt, onde realizou seus estudos teológicos, diplomando-se em Teologia. Foi ordenado sacerdote em 22 de dezembro de 1962.

Em Erfurt foi Vigário colaborador nas Paróquias de Santo Egídio em Heiligenstadt e de Santa Cruz em Erfurt. Também dedicou-se à assistência espiritual da Caritas local e à outras atividades pastorais, até ser nomeado pelo Papa Paulo VI em 17 de março de 1975, Bispo titular de Vina, com delegação de auxiliar do Administrador Apostólico de Erfurt-Meiningen, Dom Hugo Aufderbeck. A ordenação episcopal lhe foi conferida em 17 de maio sucessivo.

Atividade intensa

Foi intensa e frutuosa a sua atividade no território da Administração Apostólica "permanenter constituta" de Erfurt-Meiningen.

Após a morte do Cardeal Alfred Bengsch, João Paulo II, em 22 de abril de 1980, o transferiu para a Diocese de Berlim - incluindo quer a parte Leste como Oeste da cidade, assim como toda a campanha ao redor, com muitas pequenas paróquias e comunidades espalhadas, numa área de 30 mil quilômetros quadrados, em cujo território viviam 1,2 milhões de católicos e cerca de 8 milhões luteranos.

Quando Bispo Meisner residia em Berlim Leste, mas se deslocava para Berlim Ocidental. e setembro de 1982 à 1989 foi Presidente da Berliner Bischofskonferenz, sucedendo o Bispo de Dresden-Meissen Dom Gerhsrd Schaffran.

Em 20 dezembro de 1988 foi nomeado Arcebispo de Colônia. Foi Presidente delegado na segunda Assembleia especial para a Europa do Sínodo dos Bispos (1999).

Cardeal

Foi criado Cardeal pelo Papa Wojtyla no Consistório de 2 de fevereiro de 1983. Com a sua morte, o Colégio Cardinalício fica assim constituído: 224 Cardeais, 121 eleitores e 103 não-eleitores.

O Cardeal Meister foi um dos quatro purpurados que escreveram uma carta ao Papa Francisco, pedindo esclarecimentos a respeito de 5 pontos da Exortação Apostólica Amoris Laetitia. (JSG)

Loading
Francisco mostra comoção pelo morte do alemão Joachim, Cardeal Meisner

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 05-07-2017, Gaudium Press) O Papa Francisco enviou telegrama de pesar ao Cardeal Rainer Woelki, Arcebispo de Colônia, na Alemanha, pelo falecimento do arcebispo-emérito dessa cidade, Cardeal Joachim Meisner.
Ele governou a Diocese de Colônia de 1988 a 2014.

Aos 83 anos o purpurado faleceu na madrugada desta quarta-feira, 05/07. Ele passava férias na localidade de Bad Fussing, quando faleceu. O Arcebispado de Colônia informou que o purpurado "adormeceu serenamente".

Telegrama do Papa

Francisco mostra comoção pelo morte do alemão Joachim, Cardeal Meisner.png

No texto do telegrama o Pontífice afirma que ter recebido com comoção a notícia do falecimento imprevisto e inesperado do Cardeal:

"Com fé profunda e amor sincero pela Igreja, o Cardeal Meisner se dedicou ao anúncio da Boa Nova. Que Cristo o recompense pelo seu compromisso fiel e destemido em favor do bem dos homens do Leste e Oeste, e o torne partícipe da comunhão dos Santos no céu. "

O Cardeal Joachim Meisner Rainer Woelki nasceu em 25 de dezembro de 1933, em Wroclaw, capital da Baixa Silésia, hoje parte do território polonês, que na época pertencia à Alemanha com o nome de Breslau.

Ele entrou no Seminário de Erfurt, onde realizou seus estudos teológicos, diplomando-se em Teologia. Foi ordenado sacerdote em 22 de dezembro de 1962.

Em Erfurt foi Vigário colaborador nas Paróquias de Santo Egídio em Heiligenstadt e de Santa Cruz em Erfurt. Também dedicou-se à assistência espiritual da Caritas local e à outras atividades pastorais, até ser nomeado pelo Papa Paulo VI em 17 de março de 1975, Bispo titular de Vina, com delegação de auxiliar do Administrador Apostólico de Erfurt-Meiningen, Dom Hugo Aufderbeck. A ordenação episcopal lhe foi conferida em 17 de maio sucessivo.

Atividade intensa

Foi intensa e frutuosa a sua atividade no território da Administração Apostólica "permanenter constituta" de Erfurt-Meiningen.

Após a morte do Cardeal Alfred Bengsch, João Paulo II, em 22 de abril de 1980, o transferiu para a Diocese de Berlim - incluindo quer a parte Leste como Oeste da cidade, assim como toda a campanha ao redor, com muitas pequenas paróquias e comunidades espalhadas, numa área de 30 mil quilômetros quadrados, em cujo território viviam 1,2 milhões de católicos e cerca de 8 milhões luteranos.

Quando Bispo Meisner residia em Berlim Leste, mas se deslocava para Berlim Ocidental. e setembro de 1982 à 1989 foi Presidente da Berliner Bischofskonferenz, sucedendo o Bispo de Dresden-Meissen Dom Gerhsrd Schaffran.

Em 20 dezembro de 1988 foi nomeado Arcebispo de Colônia. Foi Presidente delegado na segunda Assembleia especial para a Europa do Sínodo dos Bispos (1999).

Cardeal

Foi criado Cardeal pelo Papa Wojtyla no Consistório de 2 de fevereiro de 1983. Com a sua morte, o Colégio Cardinalício fica assim constituído: 224 Cardeais, 121 eleitores e 103 não-eleitores.

O Cardeal Meister foi um dos quatro purpurados que escreveram uma carta ao Papa Francisco, pedindo esclarecimentos a respeito de 5 pontos da Exortação Apostólica Amoris Laetitia. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88389-Francisco-mostra-comocao-pelo-morte-do-alemao-Joachim--Cardeal-Meisner. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Dom Armando Bucciol lembra que a história da festa tem origem a partir do Concílio de Éfeso (451) ...
 
Na mensagem, o Papa Francisco dirige-se em particular aos jovens, que tem Santo Estanislau por padro ...
 
Numerosos jovens e crianças trajando alvas se reuniram na Catedral de Concepción, Chile, para cele ...
 
O novo Substituto para Assuntos Gerais da Secretaria de Estado é Dom Edgar Peña Parra, atual Núnc ...
 
Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading