Loading
 
 
 
Loading
 
Desafios na formação de novos sacerdotes são discutidos em Aparecida
Loading
 
13 de Julho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Aparecida - São Paulo (Quinta-feira, 13-07-2017, Gaudium Press) A cidade de Aparecida, em São Paulo, sedia o Encontro Nacional para Formadores da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (OSIB) e da CNBB. Aproximadamente 200 sacerdotes de todas as regiões do país participam do evento.

Com base na dimensão espiritual, os formadores vêm trocando experiências e recebendo uma formação para a continuidade dos trabalhos na realidade dos seminários.

O bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, Dom José Roberto Fortes Palau, referencial da OSIB Nacional, é um dos assessores do encontro e afirmou que atualmente, um dos grandes desafios dos formadores nos seminários é o trabalho com os jovens que chegam para serem presbíteros:

"Hoje nós enfrentamos o esfacelamento das famílias, então muitos jovens vêm de uma família com dificuldades; com problemas, não generalizando, mas hoje não acontece na maioria dos casos a educação dos fundamentos da fé nas famílias, muitos deles chegam e não sabe o básico da fé, então tudo isso tem que ser trabalhado durante o tempo de formação, é um tempo longo de formação, mas necessário", disse.

Dom José explicou ainda que os documentos da Igreja pedem que a formação dos pastores seja segundo o coração de Cristo e, por esse motivo, este é um processo longo e criterioso.

"A formação é gradual, acumulativa, você vai crescendo e vai acumulando conhecimento, experiências em vistas da maturidade que isso que nós queremos para nossos padres, que sejam bons pastores [...] formar um padre não é como uma produção em série, a formação sacerdotal é como o trabalho de um joalheiro ele vai esculpindo uma joia então demanda tempo".

A Ratio Fundamentalis é o documento da Congregação para o Clero da Santa Sé que está sendo estudado durante o encontro. Segundo Dom José Roberto, no Brasil, já foi realizada as diretrizes para a formação dos sacerdotes em um documento da CNBB.

O encontro da OSIB trabalha as dimensões das diretrizes da formação para os padres no Brasil, que são elas: intelectual, espiritual, humano afetivo e pastoral. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações A12

Loading
Desafios na formação de novos sacerdotes são discutidos em Aparecida

Aparecida - São Paulo (Quinta-feira, 13-07-2017, Gaudium Press) A cidade de Aparecida, em São Paulo, sedia o Encontro Nacional para Formadores da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (OSIB) e da CNBB. Aproximadamente 200 sacerdotes de todas as regiões do país participam do evento.

Com base na dimensão espiritual, os formadores vêm trocando experiências e recebendo uma formação para a continuidade dos trabalhos na realidade dos seminários.

O bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, Dom José Roberto Fortes Palau, referencial da OSIB Nacional, é um dos assessores do encontro e afirmou que atualmente, um dos grandes desafios dos formadores nos seminários é o trabalho com os jovens que chegam para serem presbíteros:

"Hoje nós enfrentamos o esfacelamento das famílias, então muitos jovens vêm de uma família com dificuldades; com problemas, não generalizando, mas hoje não acontece na maioria dos casos a educação dos fundamentos da fé nas famílias, muitos deles chegam e não sabe o básico da fé, então tudo isso tem que ser trabalhado durante o tempo de formação, é um tempo longo de formação, mas necessário", disse.

Dom José explicou ainda que os documentos da Igreja pedem que a formação dos pastores seja segundo o coração de Cristo e, por esse motivo, este é um processo longo e criterioso.

"A formação é gradual, acumulativa, você vai crescendo e vai acumulando conhecimento, experiências em vistas da maturidade que isso que nós queremos para nossos padres, que sejam bons pastores [...] formar um padre não é como uma produção em série, a formação sacerdotal é como o trabalho de um joalheiro ele vai esculpindo uma joia então demanda tempo".

A Ratio Fundamentalis é o documento da Congregação para o Clero da Santa Sé que está sendo estudado durante o encontro. Segundo Dom José Roberto, no Brasil, já foi realizada as diretrizes para a formação dos sacerdotes em um documento da CNBB.

O encontro da OSIB trabalha as dimensões das diretrizes da formação para os padres no Brasil, que são elas: intelectual, espiritual, humano afetivo e pastoral. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações A12

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88544-Desafios-na-formacao-de-novos-sacerdotes-sao-discutidos-em-Aparecida. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
“A mensagem de Fátima continua a desafiar a uma atitude de oferta da própria vida a Deus e aos ...
 
As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading