Loading
 
 
 
Loading
 
Coral da Capela Sistina conclui turnê pela Coreia do Sul
Loading
 
19 de Julho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Seul - Coreia do Sul (Quarta-feira, 19-07-2017, Gaudium Press) O Coral da Capela Sistina, constituído por 50 cantores entre adultos e vozes brancas, concluiu sua primeira turnê pela Coreia do Sul. No país, o grupo se apresentou em seis cidades, entre elas Daejeon, Gwangju, Busan e em Seul.

A apresentação inicial do coral foi na Catedral de Myeongdong, localizada na capital do país, onde entoaram cantos gregorianos e a polifonia de Giovanni Pierluigi di Palestrina, compositor do século XVI. Esse foi o mesmo local onde, em 2014 o Papa Francisco orou pela paz e reconciliação da Península da Coreia..

Coral da Capela Sistina concluiu turnê pela Coreia do Sul.jpg

"Eu desejo que o público sinta o amor e a paz de Deus através das vozes celestiais do coro", confessou o Cardeal Arcebispo de Seul, Dom Andrew Yeom Soo-jung.

Sob a regência do maestro salesiano, Dom Massimo Palombella, o Coral da Capela Sistina se apresenta fora do Vaticano para divulgar o Evangelho. "Espero que nossas apresentações na Coreia tornem-se uma chance para os católicos coreanos crescerem em sua Fé e que nossa presença aqui ajude os não-crentes a conhecer Deus", afirmou o maestro.

A turnê do Coral da Capela Sistina pela Coreia do Sul atende ao apelo da Conferência Episcopal do país que fez o convite dentro do âmbito da comemoração do terceiro aniversário da visita do Papa Francisco à Coreia do Sul. (EPC)

Com informações da Zenit

Loading
Coral da Capela Sistina conclui turnê pela Coreia do Sul

Seul - Coreia do Sul (Quarta-feira, 19-07-2017, Gaudium Press) O Coral da Capela Sistina, constituído por 50 cantores entre adultos e vozes brancas, concluiu sua primeira turnê pela Coreia do Sul. No país, o grupo se apresentou em seis cidades, entre elas Daejeon, Gwangju, Busan e em Seul.

A apresentação inicial do coral foi na Catedral de Myeongdong, localizada na capital do país, onde entoaram cantos gregorianos e a polifonia de Giovanni Pierluigi di Palestrina, compositor do século XVI. Esse foi o mesmo local onde, em 2014 o Papa Francisco orou pela paz e reconciliação da Península da Coreia..

Coral da Capela Sistina concluiu turnê pela Coreia do Sul.jpg

"Eu desejo que o público sinta o amor e a paz de Deus através das vozes celestiais do coro", confessou o Cardeal Arcebispo de Seul, Dom Andrew Yeom Soo-jung.

Sob a regência do maestro salesiano, Dom Massimo Palombella, o Coral da Capela Sistina se apresenta fora do Vaticano para divulgar o Evangelho. "Espero que nossas apresentações na Coreia tornem-se uma chance para os católicos coreanos crescerem em sua Fé e que nossa presença aqui ajude os não-crentes a conhecer Deus", afirmou o maestro.

A turnê do Coral da Capela Sistina pela Coreia do Sul atende ao apelo da Conferência Episcopal do país que fez o convite dentro do âmbito da comemoração do terceiro aniversário da visita do Papa Francisco à Coreia do Sul. (EPC)

Com informações da Zenit

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88678-Coral-da-Capela-Sistina-conclui-turne-pela-Coreia-do-Sul. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A cerimônia foi presidida por Dom José Carlos de Oliveira, bispo emérito de Rubiataba, em Goiás. ...
 
100 anos se passaram, mas, em todo o mundo a Igreja o reverencia celebrando sua memória litúrgica. ...
 
Na mensagem, os prelados incentivam para que se trabalhe por “uma educação verdadeiramente human ...
 
O novo app funcionará durante as audiências gerais das quartas-feiras, ao ângelus do domingo na P ...
 
O edifício havia sido fechado em 1968, por conta da guerra entre Israel e Palestina, que converteu ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading