Loading
 
 
 
Loading
 
Papa envia Cardeal Simoni para consagração de igreja em Kosovo
Loading
 
20 de Julho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Kosovo - Pristina (Quinta-feira, 20-07-2017, Gaudium Press) O Papa Francisco nomeou o Cardeal Ernest Simoni como enviado Papal para a consagração de uma catedral dedicada a Santa Teresa de Calcutá em Pristina, a capital do estado auto declarado do Kosovo.

A cerimônia de dedicação do Santuário está marcada para o dia 05 de setembro de 2017, data na qual se celebra o 20º aniversário da morte de Santa Teresa de Calcutá.

Papa envia Cardeal Simoni para consagração de igreja em Kosovo.jpg

Apesar de ainda estar parcialmente em construção, esse é o principal templo católico em Kosovo, onde há cerca de 65 mil católicos de uma população de aproximadamente 2 milhões de pessoas.

A igreja de Santa Teresa de Calcutá foi construída em um estilo de arquitetura neo-renascentista e italiana, e terá dois campanários de 70 metros de altura, tornando-se um dos edifícios mais altos da cidade. Seus vitrais incluem retratos de Santa Teresa de Calcutá com São João Paulo II e o Papa Francisco abraçando Bento XVI.

A figura do Cardeal Simoni é especialmente relevante, porque, sendo sacerdote e não Bispo, foi criado Cardeal em honra pelos seus 18 anos de prisão por causa de sua Fé durante o regime comunista de Enver Hoxha. O purpurado foi preso em 1963 ao concluir a celebração de uma Missa e foi julgado por ter dito aos fiéis que "morreremos por Cristo se for necessário". Permaneceu na prisão até a queda do regime comunista. (EPC)

Com informações de The Catholic Register.

Loading
Papa envia Cardeal Simoni para consagração de igreja em Kosovo

Kosovo - Pristina (Quinta-feira, 20-07-2017, Gaudium Press) O Papa Francisco nomeou o Cardeal Ernest Simoni como enviado Papal para a consagração de uma catedral dedicada a Santa Teresa de Calcutá em Pristina, a capital do estado auto declarado do Kosovo.

A cerimônia de dedicação do Santuário está marcada para o dia 05 de setembro de 2017, data na qual se celebra o 20º aniversário da morte de Santa Teresa de Calcutá.

Papa envia Cardeal Simoni para consagração de igreja em Kosovo.jpg

Apesar de ainda estar parcialmente em construção, esse é o principal templo católico em Kosovo, onde há cerca de 65 mil católicos de uma população de aproximadamente 2 milhões de pessoas.

A igreja de Santa Teresa de Calcutá foi construída em um estilo de arquitetura neo-renascentista e italiana, e terá dois campanários de 70 metros de altura, tornando-se um dos edifícios mais altos da cidade. Seus vitrais incluem retratos de Santa Teresa de Calcutá com São João Paulo II e o Papa Francisco abraçando Bento XVI.

A figura do Cardeal Simoni é especialmente relevante, porque, sendo sacerdote e não Bispo, foi criado Cardeal em honra pelos seus 18 anos de prisão por causa de sua Fé durante o regime comunista de Enver Hoxha. O purpurado foi preso em 1963 ao concluir a celebração de uma Missa e foi julgado por ter dito aos fiéis que "morreremos por Cristo se for necessário". Permaneceu na prisão até a queda do regime comunista. (EPC)

Com informações de The Catholic Register.

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88707-Papa-envia-Cardeal-Simoni-para-consagracao-de-igreja-em-Kosovo. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O reitor do Santuário de Fátima explicou que para tomar essa decisão, ele levou em consideração ...
 
O corpo de Cristo fortalece tua alma, fortalece tua Fé, teu amor, tua esperança, tua fortaleza par ...
 
No Circo Máximo, em Roma, 70 mil jovens estiveram com o Papa e ele respondeu perguntas ...
 
Há 15 Igrejas Particulares vacantes, em um universo de 277 circunscrições eclesiásticas. ...
 
A cerimônia contou com a presença de oito mil fiéis da família mercedária provenientes de todo ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading