Loading
 
 
 
Loading
 
Processo de Beatificação de Dom Inocêncio, bispo no Piauí, chega ao Vaticano
Loading
 
20 de Julho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 20-07-2017, Gaudium Press) Após a instalação do Tribunal Eclesiástico em São Raimundo Nonato, no Estado do Piauí, no Brasil, e o início da fase diocesana da canonização de Dom Inocêncio Lópes Santamaria, seu processo de beatificação encontra-se no Vaticano.

Em fevereiro deste ano, uma delegação do Vaticano esteve em Salvador, na Bahia para exumar o corpo do religioso da Ordem Mercedária do Brasil, que morreu 1958, aos 83 anos, em Salvador. A exumação faz parte do processo de beatificação e canonização.

Para o padre Herculano Negreiros, da Ordem Mercedária, a mesma que pertenceu o bispo, a beatificação e canonização será um reconhecimento de sua vida de santidade e entrega à evangelização, a partir de sua missão ainda na Europa, e aqui no Brasil com destaque para o Estado do Piauí.

Para o processo de beatificação, têm sido ouvidas testemunhas e depoimentos de quem conviveu com o bispo, cerca de 60 pessoas, entre elas cinco padres que conheceram pessoalmente o religioso. Entre os documentos descobertos, estão cartas do bispo às autoridades pedindo ajuda para alimentação das famílias, estradas e água.

Dom Inocêncio Lópes Santamaria


O Servo de Deus Dom Inocêncio López Santamaria nasceu na aldeia de Sotovellanos, na província de Burgos, comarca de Odra-Pisuerga, na Espanha, no dia 28 de dezembro no ano de 1874. O religioso ingressou na Ordem das Mercês no Convento de Conjo, em Santiago de Compostela.

Com a renúncia do bispo prelado de Bom Jesus do Gurgueia, Dom Ramón Harrison Abello, foi escolhido o Padre Inocêncio López Santamaria para sucedê-lo.

Ele foi sagrado em Poio, Pontevedra, como bispo prelado no dia 31 de agosto de 1930, festa do mártir mercedário, São Raimundo Nonato, de quem era muito devoto.

Dom Inocêncio chegou ao Brasil, através do estado do Rio de Janeiro no dia 5 de janeiro de 1931 e chegou a São Raimundo Nonato, no dia 18 de janeiro do mesmo ano e tomou posse no dia 22.

Uma característica marcante de Dom Inocêncio foi a preocupação pelo trabalho das religiosas como complemento na educação moral e cívica do povo.

Em carta, o padre Frei José Maria Mohomed Junior, vice-postulador, da Ordem Mercedária, afirma:

"Ao recordar todos os santos e santas de nossa Ordem, queremos, irmãos mercedários, agradecer a Deus o dom da vida de um religioso mercedário como nós, que, nos consagramos, para que a alegria do mistério redentor de Jesus se fizesse presente na história da humanidade. É do conhecimento de muitos de vós a vida de Dom Inocêncio López Santamaria, religioso mercedário, que dedicou sua vida em favor dos cativos, de modo especial no serviço a toda a Ordem, bem como, sendo Bispo Prelado no sul do Piauí".

No Piauí, fundou a Congregação das Irmãs Mercedárias Missionárias do Brasil e construiu 28 escolas somente na zona rural de São Raimundo.

Com a ajuda de Dom Inocêncio foram construídas cerca de 700 km de estradas, poços, açudes e capelas entre 1931 a 1958. (JSG)

Loading
Processo de Beatificação de Dom Inocêncio, bispo no Piauí, chega ao Vaticano

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 20-07-2017, Gaudium Press) Após a instalação do Tribunal Eclesiástico em São Raimundo Nonato, no Estado do Piauí, no Brasil, e o início da fase diocesana da canonização de Dom Inocêncio Lópes Santamaria, seu processo de beatificação encontra-se no Vaticano.

Em fevereiro deste ano, uma delegação do Vaticano esteve em Salvador, na Bahia para exumar o corpo do religioso da Ordem Mercedária do Brasil, que morreu 1958, aos 83 anos, em Salvador. A exumação faz parte do processo de beatificação e canonização.

Para o padre Herculano Negreiros, da Ordem Mercedária, a mesma que pertenceu o bispo, a beatificação e canonização será um reconhecimento de sua vida de santidade e entrega à evangelização, a partir de sua missão ainda na Europa, e aqui no Brasil com destaque para o Estado do Piauí.

Para o processo de beatificação, têm sido ouvidas testemunhas e depoimentos de quem conviveu com o bispo, cerca de 60 pessoas, entre elas cinco padres que conheceram pessoalmente o religioso. Entre os documentos descobertos, estão cartas do bispo às autoridades pedindo ajuda para alimentação das famílias, estradas e água.

Dom Inocêncio Lópes Santamaria


O Servo de Deus Dom Inocêncio López Santamaria nasceu na aldeia de Sotovellanos, na província de Burgos, comarca de Odra-Pisuerga, na Espanha, no dia 28 de dezembro no ano de 1874. O religioso ingressou na Ordem das Mercês no Convento de Conjo, em Santiago de Compostela.

Com a renúncia do bispo prelado de Bom Jesus do Gurgueia, Dom Ramón Harrison Abello, foi escolhido o Padre Inocêncio López Santamaria para sucedê-lo.

Ele foi sagrado em Poio, Pontevedra, como bispo prelado no dia 31 de agosto de 1930, festa do mártir mercedário, São Raimundo Nonato, de quem era muito devoto.

Dom Inocêncio chegou ao Brasil, através do estado do Rio de Janeiro no dia 5 de janeiro de 1931 e chegou a São Raimundo Nonato, no dia 18 de janeiro do mesmo ano e tomou posse no dia 22.

Uma característica marcante de Dom Inocêncio foi a preocupação pelo trabalho das religiosas como complemento na educação moral e cívica do povo.

Em carta, o padre Frei José Maria Mohomed Junior, vice-postulador, da Ordem Mercedária, afirma:

"Ao recordar todos os santos e santas de nossa Ordem, queremos, irmãos mercedários, agradecer a Deus o dom da vida de um religioso mercedário como nós, que, nos consagramos, para que a alegria do mistério redentor de Jesus se fizesse presente na história da humanidade. É do conhecimento de muitos de vós a vida de Dom Inocêncio López Santamaria, religioso mercedário, que dedicou sua vida em favor dos cativos, de modo especial no serviço a toda a Ordem, bem como, sendo Bispo Prelado no sul do Piauí".

No Piauí, fundou a Congregação das Irmãs Mercedárias Missionárias do Brasil e construiu 28 escolas somente na zona rural de São Raimundo.

Com a ajuda de Dom Inocêncio foram construídas cerca de 700 km de estradas, poços, açudes e capelas entre 1931 a 1958. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88713-Processo-de-Beatificacao-de-Dom-Inocencio--bispo-no-Piaui--chega-ao-Vaticano. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading