Loading
 
 
 
Loading
 
Venezuela: Igreja Católica promove dia de jejum e oração
Loading
 
21 de Julho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Caracas - Venezuela (Sexta-feira, 21-07-2017, Gaudium Press) Esta sexta-feira promete ser um dia especial para a Venezuela: a Conferência Episcopal Venezuelana (CEV) convocou, para hoje, um dia de oração e de jejum a fim de "pedir a Deus que abençoe os esforços dos venezuelanos" em seu intento de alcançar para o país: liberdade, justiça e paz.

Venezuela Igreja Católica promove dia de jejum e oração.jpg

Em sua convocatória, os bispos católicos recordam que a nível diocesano e paroquial foram realizadas outras iniciativas deste tipo, durante as quais "milhares de pessoas manifestaram a sua fé através de procissões, vigílias de oração, terços, para pedir a Deus o seu apoio neste momento crucial".

A CEV lançou também um apelo "urgente" ao Governo onde exige que a "repressão desumana" promovida pelo governo a fim de impedir as manifestações de protesto que correm atualmente no país sejam suspensas.

Assembleia Constituinte

Os bispos também pediram a anulação da convocação da Assembleia Nacional Constituinte. Os prelados consideram que esta proposta do Governo, que tem minoria no Parlamento, além de ser "indigna", é "desnecessária".

L'Osservatore Romano

O jornal ‘L'Osservatore Romano', órgão oficioso do Vaticano, destaca em sua edição de hoje o que ele considera como "gravíssima crise política e social" que tem obrigado a "dezenas de milhares de pessoas" a deixar o país, refugiando-se em países fronteiriços.

No último domingo, foi realizada uma consulta popular promovida pela Assembleia Nacional da Venezuela -casa legislativa onde o governo é minoria- que contou com a adesão de cerca de sete milhões venezuelanos que se pronunciaram contra a revisão da Constituição atual.

Os "Não Ouvidos"

A Cáritas Italiana decidiu enviar um donativo de 500 mil euros para a Venezuela e denunciou a "dramática" situação da população que se defronta com uma crise económica e política sem precedentes.

A denúncia-alerta foi lançado pela organização católica num dossier intitulado ‘Não ouvidos. Um povo exausto pede os seus direitos fundamentais'.

A ação atual da Cáritas concentra-se na ajuda para bens alimentares, de higiene e saúde a favor de 4800 famílias residentes em dez dioceses venezuelanas.

Números

De acordo com dados do Observatório da Cáritas Venezuela, com uma inflação já acumulada de 700 por cento, a pobreza já afetou 82 por cento da população. Em 2016, mais de 11 mil crianças faleceram por falta de medicamentos e a mortalidade materna aumentou cerca de 70%, informa a Cáritas.

Mais de 90 pessoas foram assassinadas na Venezuela desde o último mês de abril, durante protestos a favor e contra o Governo do presidente Maduro.

Secretário de Estado do Vaticano

O secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, enviou uma mensagem ao arcebispo de Caracas, cardeal Jorge Urosa Savino, condenando um ataque levado a cabo contra uma igreja e desejando que o executivo venezuelano escute o pedido de "liberdade, reconciliação e bem-estar" do povo. (JSG)

Loading
Venezuela: Igreja Católica promove dia de jejum e oração

Caracas - Venezuela (Sexta-feira, 21-07-2017, Gaudium Press) Esta sexta-feira promete ser um dia especial para a Venezuela: a Conferência Episcopal Venezuelana (CEV) convocou, para hoje, um dia de oração e de jejum a fim de "pedir a Deus que abençoe os esforços dos venezuelanos" em seu intento de alcançar para o país: liberdade, justiça e paz.

Venezuela Igreja Católica promove dia de jejum e oração.jpg

Em sua convocatória, os bispos católicos recordam que a nível diocesano e paroquial foram realizadas outras iniciativas deste tipo, durante as quais "milhares de pessoas manifestaram a sua fé através de procissões, vigílias de oração, terços, para pedir a Deus o seu apoio neste momento crucial".

A CEV lançou também um apelo "urgente" ao Governo onde exige que a "repressão desumana" promovida pelo governo a fim de impedir as manifestações de protesto que correm atualmente no país sejam suspensas.

Assembleia Constituinte

Os bispos também pediram a anulação da convocação da Assembleia Nacional Constituinte. Os prelados consideram que esta proposta do Governo, que tem minoria no Parlamento, além de ser "indigna", é "desnecessária".

L'Osservatore Romano

O jornal ‘L'Osservatore Romano', órgão oficioso do Vaticano, destaca em sua edição de hoje o que ele considera como "gravíssima crise política e social" que tem obrigado a "dezenas de milhares de pessoas" a deixar o país, refugiando-se em países fronteiriços.

No último domingo, foi realizada uma consulta popular promovida pela Assembleia Nacional da Venezuela -casa legislativa onde o governo é minoria- que contou com a adesão de cerca de sete milhões venezuelanos que se pronunciaram contra a revisão da Constituição atual.

Os "Não Ouvidos"

A Cáritas Italiana decidiu enviar um donativo de 500 mil euros para a Venezuela e denunciou a "dramática" situação da população que se defronta com uma crise económica e política sem precedentes.

A denúncia-alerta foi lançado pela organização católica num dossier intitulado ‘Não ouvidos. Um povo exausto pede os seus direitos fundamentais'.

A ação atual da Cáritas concentra-se na ajuda para bens alimentares, de higiene e saúde a favor de 4800 famílias residentes em dez dioceses venezuelanas.

Números

De acordo com dados do Observatório da Cáritas Venezuela, com uma inflação já acumulada de 700 por cento, a pobreza já afetou 82 por cento da população. Em 2016, mais de 11 mil crianças faleceram por falta de medicamentos e a mortalidade materna aumentou cerca de 70%, informa a Cáritas.

Mais de 90 pessoas foram assassinadas na Venezuela desde o último mês de abril, durante protestos a favor e contra o Governo do presidente Maduro.

Secretário de Estado do Vaticano

O secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, enviou uma mensagem ao arcebispo de Caracas, cardeal Jorge Urosa Savino, condenando um ataque levado a cabo contra uma igreja e desejando que o executivo venezuelano escute o pedido de "liberdade, reconciliação e bem-estar" do povo. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88735-Venezuela--Igreja-Catolica-promove-dia-de-jejum-e-oracao-. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Cardeal apresentou Nossa Senhora como exemplo para todos os fiéis. ...
 
O Pontífice visitará o país europeu entre os dias 25 e 26 de agosto, para participar do Encontro ...
 
O emoji criado consiste em uma pequena representando o rosto sorridente do Papa, com a bandeira da I ...
 
“ (...) todos os dias somos impulsionados a uma resposta livre ao chamado amoroso de Deus”, afir ...
 
Na festa da Assunção da Virgem Maria, Cardeal Antônio Marto indica três motivos de alegria para ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading