Loading
 
 
 
Loading
 
Jerusalém: Papa faz apelo contra a violência
Loading
 
24 de Julho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 24-07-2017, Gaudium Press) Depois de rezar na Praça São Pedro com os milhares de fiéis e peregrinos ali presentes na manhã de domingo, o Papa Francisco fez um apelo pelo fim da violência em Jerusalém, convidando as partes envolvidas a trilharem o caminho da moderação e do diálogo.

Disse Francisco:

Jerusalém Papa faz apelo contra a violência.jpg

"Acompanho com preocupação as graves tensões e as violências destes dias em Jerusalém. Sinto a necessidade de expressar um premente apelo à moderação e ao diálogo. Convido vocês a vos unirem a mim na oração, para que o Senhor inspire em todos, propósitos de reconciliação e de paz".

Os fatos

Os atuais conflitos foram iniciados na última sexta-feira, depois que o Estado de Israel, em resposta ao ataque perpetrado por três palestinos, em 14 de julho, perto da Cidade Velha, no qual dois policiais israelenses foram mortos.

A resposta de Israel consistiu em limitar o acesso à Esplanada das Mesquitas apenas para pessoas com idade superior a 50 anos e instalou detectores de metais para controlar a entrada na Esplanada.

Nos choques entre a polícia e manifestantes já morreram cinco palestinos e por outro lado, três colonos israelenses morreram após terem sido esfaqueados em um assentamento próximo a Ramallah.

Na manhã deste domingo, os serviços secretos israelenses prenderam por volta de 25 pessoas na Cisjordânia, dado continuidade à luta. (JSG)

Loading
Jerusalém: Papa faz apelo contra a violência

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 24-07-2017, Gaudium Press) Depois de rezar na Praça São Pedro com os milhares de fiéis e peregrinos ali presentes na manhã de domingo, o Papa Francisco fez um apelo pelo fim da violência em Jerusalém, convidando as partes envolvidas a trilharem o caminho da moderação e do diálogo.

Disse Francisco:

Jerusalém Papa faz apelo contra a violência.jpg

"Acompanho com preocupação as graves tensões e as violências destes dias em Jerusalém. Sinto a necessidade de expressar um premente apelo à moderação e ao diálogo. Convido vocês a vos unirem a mim na oração, para que o Senhor inspire em todos, propósitos de reconciliação e de paz".

Os fatos

Os atuais conflitos foram iniciados na última sexta-feira, depois que o Estado de Israel, em resposta ao ataque perpetrado por três palestinos, em 14 de julho, perto da Cidade Velha, no qual dois policiais israelenses foram mortos.

A resposta de Israel consistiu em limitar o acesso à Esplanada das Mesquitas apenas para pessoas com idade superior a 50 anos e instalou detectores de metais para controlar a entrada na Esplanada.

Nos choques entre a polícia e manifestantes já morreram cinco palestinos e por outro lado, três colonos israelenses morreram após terem sido esfaqueados em um assentamento próximo a Ramallah.

Na manhã deste domingo, os serviços secretos israelenses prenderam por volta de 25 pessoas na Cisjordânia, dado continuidade à luta. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88769-Jerusalem--Papa-faz-apelo-contra-a-violencia. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A cerimônia foi presidida por Dom José Carlos de Oliveira, bispo emérito de Rubiataba, em Goiás. ...
 
100 anos se passaram, mas, em todo o mundo a Igreja o reverencia celebrando sua memória litúrgica. ...
 
Na mensagem, os prelados incentivam para que se trabalhe por “uma educação verdadeiramente human ...
 
O novo app funcionará durante as audiências gerais das quartas-feiras, ao ângelus do domingo na P ...
 
O edifício havia sido fechado em 1968, por conta da guerra entre Israel e Palestina, que converteu ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading