Loading
 
 
 
Loading
 
Imagem de Fátima peregrinará por diocese da Coreia do Sul
Loading
 
27 de Julho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Fátima - Portugal (Quinta-feira, 27-07-2017, Gaudium Press) Até o dia 13 de outubro, com início previsto para 22 de agosto, a imagem da Virgem Peregrina de Fátima visitará 12 dioceses da Coreia do Sul.

Imagem de Fátima peregrinará por diocese da Coreia do Sul.jpg

Trata-se de uma iniciativa sem precedentes na Coreia numa promoção do Santuário de Fátima, em parceria com o Apostolado Mundial de Fátima.

Justificativa

Em uma carta dirigida ao Santuário de Fátima, os promotores da peregrinação justificam seu pedido de que a peregrinação aconteça:

"A península coreana precisa da intercessão e do cuidado maternal da Santíssima Virgem Mãe de Deus. O país foi dedicado a Nossa Senhora em 1841, quando a Santíssima Virgem Maria da Imaculada Conceição foi proclamada padroeira" desta zona do globo.

Os promotores do evento religioso ressaltam que os sul coreanos acreditam também na "força da intercessão da Virgem". Para eles "não se trata de uma simples coincidência" o fato de que no dia 15 de agosto, Festa da Assunção, seja também o dia nacional da República da Coreia, dia em que foi proclamada sua independência política.

Paz: um pedido a Nossa Senhora

A visita de Nossa Senhora de Fátima à Coreia, além de ser uma homenagem a Maria pela passagem do Centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima, será também um apelo à Virgem Peregrina "na esperança de outro milagre para o país":

"Acreditamos que Nossa Senhora de Fátima dará a verdadeira paz à península coreana e levará o amor de Deus aos corações das pessoas pela sua presença neste momento difícil para o país", destacam os organizadores em seu pedido de peregrinação da Imagem pela Coreia do Sul.

Uma Nova Visita

A Imagem da Virgem Peregrina de Fátima já esteve na Coreia do Sul, em 1978, quando foi realizada uma peregrinação por todo o Mundo.

"Crendo que Nossa Senhora do Rosário de Fátima trará paz, esperamos que a chegada da Imagem da Virgem Peregrina ofereça a presença poderosa de Deus e o cuidado maternal de Nossa Senhora ao país e ao povo que sofre".

A primeira grande celebração com a presença da Imagem será uma Missa e uma novena no Santuário da Paz de Fátima, localizado perto da fronteira entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul.

Depois, a Imagem peregrinará por 12 divisões diocesanas do Apostolado Mundial de Fátima na Coreia, mudando de lugar a cada terceiro dia.

Acompanhando esta peregrinação haverá permanentemente um sacerdote, dois voluntários e duas religiosas da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria.

A Imagem deverá participar, ainda, no " Festival para o Centenário da Aparição de Nossa Senhora de Fátima" em Busan, sede do Apostolado Mundial de Fátima na Coreia.

Antes do evento final a 13 de outubro, haverá vários eventos ao longo de treze dias para comemorar o fato de que as Aparições de Nossa Senhora de Fátima aconteceram no 13º dia de cada mês de maio a outubro de 1917, explicita ainda a organização.

Venezuela e Outros Países

Neste ano do centenário das Aparições são várias as peregrinações que acontecem, inclusive em zonas que enfrentam problemas e dificuldades.

Uma Imagem da Virgem Peregrina de Fátima está na Venezuela, desde o passado mês de abril e aí permanecerá até novembro. É a primeira peregrinação nacional da Imagem da Virgem Peregrina de Fátima a este país sul americano, numa visita que deveria estender-se até 31 de outubro, mas a pedido do reitor do Seminário de Maracay, Pe Luis Martínez, que é o coordenador nacional da visita, permanecerá até à Solenidade do Cristo Rei, a 26 de novembro.

"O alcance e o interesse que está a gerar a presença desta imagem, da qual muitos se acercam, é um sinal de esperança para todos os que vivemos neste país", diz o Padre Martinez, em carta recente, enviada ao Santuário de Fátima.

"Certamente conhecem tudo o que se está a passar no país", diz ainda o sacerdote para justificar a presença da Imagem Peregrina em seu país: "tudo isso nos deixa tristes e revoltados. Por isso, muitos encontram no rosto belo da imagem, e perante a certeza de que no fim o imaculado coração de Nossa Senhora triunfará e será o caminho e o refúgio até Deus, a esperança e o consolo para levar a vida por diante". "A ela rezamos para que se alcance a paz no país", frisou o reitor do Seminário de Maracay.

Ainda durante este ano do centenário, a Imagem da Virgem Peregrina visita também outros países como: Luxemburgo, França, Holanda, Brasil, Espanha, Angola ou República Checa, num total de 14 destinos e cerca de 30 viagens, entre as quais também se contam algumas deslocações às dioceses em Portugal.

(Da Redação Gaudium Press, com informações Serviço de Imprensa Santuário de Fátima)

Loading
Imagem de Fátima peregrinará por diocese da Coreia do Sul

Fátima - Portugal (Quinta-feira, 27-07-2017, Gaudium Press) Até o dia 13 de outubro, com início previsto para 22 de agosto, a imagem da Virgem Peregrina de Fátima visitará 12 dioceses da Coreia do Sul.

Imagem de Fátima peregrinará por diocese da Coreia do Sul.jpg

Trata-se de uma iniciativa sem precedentes na Coreia numa promoção do Santuário de Fátima, em parceria com o Apostolado Mundial de Fátima.

Justificativa

Em uma carta dirigida ao Santuário de Fátima, os promotores da peregrinação justificam seu pedido de que a peregrinação aconteça:

"A península coreana precisa da intercessão e do cuidado maternal da Santíssima Virgem Mãe de Deus. O país foi dedicado a Nossa Senhora em 1841, quando a Santíssima Virgem Maria da Imaculada Conceição foi proclamada padroeira" desta zona do globo.

Os promotores do evento religioso ressaltam que os sul coreanos acreditam também na "força da intercessão da Virgem". Para eles "não se trata de uma simples coincidência" o fato de que no dia 15 de agosto, Festa da Assunção, seja também o dia nacional da República da Coreia, dia em que foi proclamada sua independência política.

Paz: um pedido a Nossa Senhora

A visita de Nossa Senhora de Fátima à Coreia, além de ser uma homenagem a Maria pela passagem do Centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima, será também um apelo à Virgem Peregrina "na esperança de outro milagre para o país":

"Acreditamos que Nossa Senhora de Fátima dará a verdadeira paz à península coreana e levará o amor de Deus aos corações das pessoas pela sua presença neste momento difícil para o país", destacam os organizadores em seu pedido de peregrinação da Imagem pela Coreia do Sul.

Uma Nova Visita

A Imagem da Virgem Peregrina de Fátima já esteve na Coreia do Sul, em 1978, quando foi realizada uma peregrinação por todo o Mundo.

"Crendo que Nossa Senhora do Rosário de Fátima trará paz, esperamos que a chegada da Imagem da Virgem Peregrina ofereça a presença poderosa de Deus e o cuidado maternal de Nossa Senhora ao país e ao povo que sofre".

A primeira grande celebração com a presença da Imagem será uma Missa e uma novena no Santuário da Paz de Fátima, localizado perto da fronteira entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul.

Depois, a Imagem peregrinará por 12 divisões diocesanas do Apostolado Mundial de Fátima na Coreia, mudando de lugar a cada terceiro dia.

Acompanhando esta peregrinação haverá permanentemente um sacerdote, dois voluntários e duas religiosas da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria.

A Imagem deverá participar, ainda, no " Festival para o Centenário da Aparição de Nossa Senhora de Fátima" em Busan, sede do Apostolado Mundial de Fátima na Coreia.

Antes do evento final a 13 de outubro, haverá vários eventos ao longo de treze dias para comemorar o fato de que as Aparições de Nossa Senhora de Fátima aconteceram no 13º dia de cada mês de maio a outubro de 1917, explicita ainda a organização.

Venezuela e Outros Países

Neste ano do centenário das Aparições são várias as peregrinações que acontecem, inclusive em zonas que enfrentam problemas e dificuldades.

Uma Imagem da Virgem Peregrina de Fátima está na Venezuela, desde o passado mês de abril e aí permanecerá até novembro. É a primeira peregrinação nacional da Imagem da Virgem Peregrina de Fátima a este país sul americano, numa visita que deveria estender-se até 31 de outubro, mas a pedido do reitor do Seminário de Maracay, Pe Luis Martínez, que é o coordenador nacional da visita, permanecerá até à Solenidade do Cristo Rei, a 26 de novembro.

"O alcance e o interesse que está a gerar a presença desta imagem, da qual muitos se acercam, é um sinal de esperança para todos os que vivemos neste país", diz o Padre Martinez, em carta recente, enviada ao Santuário de Fátima.

"Certamente conhecem tudo o que se está a passar no país", diz ainda o sacerdote para justificar a presença da Imagem Peregrina em seu país: "tudo isso nos deixa tristes e revoltados. Por isso, muitos encontram no rosto belo da imagem, e perante a certeza de que no fim o imaculado coração de Nossa Senhora triunfará e será o caminho e o refúgio até Deus, a esperança e o consolo para levar a vida por diante". "A ela rezamos para que se alcance a paz no país", frisou o reitor do Seminário de Maracay.

Ainda durante este ano do centenário, a Imagem da Virgem Peregrina visita também outros países como: Luxemburgo, França, Holanda, Brasil, Espanha, Angola ou República Checa, num total de 14 destinos e cerca de 30 viagens, entre as quais também se contam algumas deslocações às dioceses em Portugal.

(Da Redação Gaudium Press, com informações Serviço de Imprensa Santuário de Fátima)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88846-Imagem-de-Fatima-peregrinara-por-diocese-da-Coreia-do-Sul. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Dentro do tema Sermão da Montanha, o autor trata de dois pontos: a Castidae e o Inferno. ...
 
O Cardeal apresentou Nossa Senhora como exemplo para todos os fiéis. ...
 
O Pontífice visitará o país europeu entre os dias 25 e 26 de agosto, para participar do Encontro ...
 
O emoji criado consiste em uma pequena representando o rosto sorridente do Papa, com a bandeira da I ...
 
“ (...) todos os dias somos impulsionados a uma resposta livre ao chamado amoroso de Deus”, afir ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading