Loading
 
 
 
Loading
 
Centenário da chegada de Padre Pio a San Giovanni Rotondo: Cardeal Amato encerra Jubileu
Loading
 
27 de Julho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 27-07-2017, Gaudium Press) Nesta sexta-feira, 28 de julho, o Prefeito da Congregação das Causas do Santos, Cardeal Ângelo Amato, presidirá em San Giovanni Rotondo duas liturgias por ocasião da conclusão do Ano Jubilar do primeiro centenário da chegada do Padre Pio esta cidade do sul da Itália.

Centenário da chegada de Padre Pio a San Giovanni Rotondo Cardeal Amato encerra Jubileu.PNG

Como parte da série de eventos que marca a data, às 11h30, o Cardeal presidirá à solene concelebração Eucarística na Igreja inferior de São Pio de Pietralcina e às 19 horas irá inaugurar e abençoar o "Local da memória".

Padre Pio, Lucia Fiorentino e Local da memória


Local da Memória, de fato, trata-se de uma praça que será chamada "Largo 28 de julho de 1916". Uma lembrança da experiência espiritual vivida por Lucia Fiorentino, que teve "uma visão imaginária", como descrita no Epistolário III, p. 470:

"Na visão vi uma árvore de incomparável grandeza no átrio de nosso convento dos capuchinos e ouvi uma voz que me dizia: "Este é o símbolo de uma alma que agora está distante e virá aqui. Fará tanto bem a esta cidade. Será forte e bem radicada como esta árvore e todas as almas que vierem, serão libertadas do mal, ou seja, quem vier encontrar este digno sacerdote para ter luz e encontrar perdão e remédio para as próprias culpas"".

Lucia Fiorentino não conhecia Padre Pio, por isso associou a imagem da árvore a um grande sacerdote de San Giovanni Rotondo, mas que vivia em outra cidade.

Em 1923, em uma "locução interior" lhe foi revelado que a árvore plantada no convento simbolizava Padre Pio. Lucia Fiorentino conheceu Padre Pio no final de julho de 1916 e tornou-se, então, uma de suas primeiras filhas espirituais.
Por isso, no centro da Praça chamada de "Largo 28 de julho de 1916" será plantada uma grande árvore. Embaixo de sua copa serão instalados bancos de pedra, junto a duas inscrições que recordarão as revelações de Jesus à Filha espiritual de Padre Pio. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações RV)

Loading
Centenário da chegada de Padre Pio a San Giovanni Rotondo: Cardeal Amato encerra Jubileu

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 27-07-2017, Gaudium Press) Nesta sexta-feira, 28 de julho, o Prefeito da Congregação das Causas do Santos, Cardeal Ângelo Amato, presidirá em San Giovanni Rotondo duas liturgias por ocasião da conclusão do Ano Jubilar do primeiro centenário da chegada do Padre Pio esta cidade do sul da Itália.

Centenário da chegada de Padre Pio a San Giovanni Rotondo Cardeal Amato encerra Jubileu.PNG

Como parte da série de eventos que marca a data, às 11h30, o Cardeal presidirá à solene concelebração Eucarística na Igreja inferior de São Pio de Pietralcina e às 19 horas irá inaugurar e abençoar o "Local da memória".

Padre Pio, Lucia Fiorentino e Local da memória


Local da Memória, de fato, trata-se de uma praça que será chamada "Largo 28 de julho de 1916". Uma lembrança da experiência espiritual vivida por Lucia Fiorentino, que teve "uma visão imaginária", como descrita no Epistolário III, p. 470:

"Na visão vi uma árvore de incomparável grandeza no átrio de nosso convento dos capuchinos e ouvi uma voz que me dizia: "Este é o símbolo de uma alma que agora está distante e virá aqui. Fará tanto bem a esta cidade. Será forte e bem radicada como esta árvore e todas as almas que vierem, serão libertadas do mal, ou seja, quem vier encontrar este digno sacerdote para ter luz e encontrar perdão e remédio para as próprias culpas"".

Lucia Fiorentino não conhecia Padre Pio, por isso associou a imagem da árvore a um grande sacerdote de San Giovanni Rotondo, mas que vivia em outra cidade.

Em 1923, em uma "locução interior" lhe foi revelado que a árvore plantada no convento simbolizava Padre Pio. Lucia Fiorentino conheceu Padre Pio no final de julho de 1916 e tornou-se, então, uma de suas primeiras filhas espirituais.
Por isso, no centro da Praça chamada de "Largo 28 de julho de 1916" será plantada uma grande árvore. Embaixo de sua copa serão instalados bancos de pedra, junto a duas inscrições que recordarão as revelações de Jesus à Filha espiritual de Padre Pio. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações RV)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que seguiu o lema “Não temas Maria, pois encontras-te graça diante de Deus”, foi con ...
 
“A capela de adoração é uma iniciativa do Senhor para que tivéssemos um lugar adequado para or ...
 
Conforme o purpurado, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. ...
 
Criada em 27 de maio de 1998 pelo Papa João Paulo II, o bispado de Criciúma foi desmembrado da Dio ...
 
O sucesso vocacional do sacerdote depende das orações dos fiéis, afirma arcebispo de Malanje, no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading