Loading
 
 
 
Loading
 
Francisco: uma “Chaga aberrante” para a humanidade: o tráfico de seres humanos
Loading
 
31 de Julho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 31-07-2017, Gaudium Press) Durante a Audiência Geral de Domingo, quando o Papa reza a oração mariana do Angelus com os fiéis, Francisco associou-se à celebração do Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas, quando considerou que o negócio com seres humanos representa uma "chaga aberrante".

Uma Chaga aberrante que se torna normal

"Desejo apelar ao compromisso de todos para que esta chaga aberrante, uma forma de escravidão moderna, seja adequadamente combatida", disse o Pontífice diante da multidão reunida sob forte calor de verão, na Praça São Pedro.

Todos os anos "milhares de homens, mulheres e crianças" são "vítimas inocentes" desta exploração "laboral e sexual", caindo também nas mãos de redes de "tráfico de órgãos", recordou Francisco: "Parece que nos habituamos a considerar tudo isso como algo normal. Isto é feio, é cruel, é criminoso", alertou.

O Papa pediu aos presentes para rezarem juntos a Nossa Senhora "para que apoie as vítimas do tráfico e converta os corações dos traficantes", antes de recitar com eles uma Ave-Maria.

Forma moderna de escravidão

A Caritas Europa também assinalou a celebração do Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas, que acontece anualmente a 30 de julho, e pediu acesso "legal e seguro" para os migrantes que chegam ao continente.

Segundo essa organização católica, este seria um modo de ajudar a agir contra o tráfico humano, que ela considera uma "chaga" à qual a Europa precisa responder com firmeza.

"Cada criança e adulto apanhados na armadilha desta forma moderna de escravatura, enjaulados no medo, abuso e medo, é uma vítima a mais", afirma a Caritas em divulgação feita através da página web da organização. (JSG)

Loading
Francisco: uma “Chaga aberrante” para a humanidade: o tráfico de seres humanos

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 31-07-2017, Gaudium Press) Durante a Audiência Geral de Domingo, quando o Papa reza a oração mariana do Angelus com os fiéis, Francisco associou-se à celebração do Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas, quando considerou que o negócio com seres humanos representa uma "chaga aberrante".

Uma Chaga aberrante que se torna normal

"Desejo apelar ao compromisso de todos para que esta chaga aberrante, uma forma de escravidão moderna, seja adequadamente combatida", disse o Pontífice diante da multidão reunida sob forte calor de verão, na Praça São Pedro.

Todos os anos "milhares de homens, mulheres e crianças" são "vítimas inocentes" desta exploração "laboral e sexual", caindo também nas mãos de redes de "tráfico de órgãos", recordou Francisco: "Parece que nos habituamos a considerar tudo isso como algo normal. Isto é feio, é cruel, é criminoso", alertou.

O Papa pediu aos presentes para rezarem juntos a Nossa Senhora "para que apoie as vítimas do tráfico e converta os corações dos traficantes", antes de recitar com eles uma Ave-Maria.

Forma moderna de escravidão

A Caritas Europa também assinalou a celebração do Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas, que acontece anualmente a 30 de julho, e pediu acesso "legal e seguro" para os migrantes que chegam ao continente.

Segundo essa organização católica, este seria um modo de ajudar a agir contra o tráfico humano, que ela considera uma "chaga" à qual a Europa precisa responder com firmeza.

"Cada criança e adulto apanhados na armadilha desta forma moderna de escravatura, enjaulados no medo, abuso e medo, é uma vítima a mais", afirma a Caritas em divulgação feita através da página web da organização. (JSG)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
“A mensagem de Fátima continua a desafiar a uma atitude de oferta da própria vida a Deus e aos ...
 
As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading