Loading
 
 
 
Loading
 
Vaticano pede suspensão da Assembleia Constituinte na Venezuela
Loading
 
4 de Agosto de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 04-08-2017, Gaudium Press) Em nota oficial divulgada pela Sala de Imprensa da Santa Sé, a Secretaria de Estado do Vaticano apelou hoje ao governo venezuelano que seja suspensa a Assembleia Constituinte, reunida na Venezuela.

Vaticano pede suspensão da Assembleia Constituinte na Venezuela.jpg

Nota dirigida ao Governo e à oposição

A nota oficial apresentada aos jornalistas na Sala Stampa do Vaticano pede ao governo e à oposição venezuelana um "pleno respeito" aos Direitos Humanos.

O comunicado apresentado hoje, defende que "se evitem ou suspendam as iniciativas em curso, como a nova Constituinte". E isto porque: "mais do que favorecer a reconciliação e a paz, fomentam um clima de tensão e confronto", afirma.

O Vaticano dirige-se a todos os atores políticos, em particular ao governo, exigindo que assegurem "o pleno respeito pelos Direitos Humanos e as liberdades fundamentais, bem como da Constituição em vigor".

Eleição contestada

Segundo o Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela, por volta 41,5% dos eleitores do país votaram no domingo nas eleições promovidas pelo presidente Nicolás Maduro para escolha de uma Assembleia Constituinte.

A convocação da Constituinte, as eleições e seu resultado são contestados pela oposição.

Preocupação - solução negociada

A Santa Sé "manifesta de novo a sua profunda preocupação pela radicalização e o agravamento da crise na República Bolivariana da Venezuela, pelo aumento do número de mortos, feridos e presos".

Desde o último mês de abril, os protestos provocados pela crise social e política, com manifestações pró e anti-Maduro, provocaram até agora mais de 120 mortos.

O comunicado do Vaticano diz que Francisco "segue de perto esta situação e as suas implicações humanas, sociais, políticas, económicas e inclusive espirituais".

A Secretaria do Estado defende a criação de condições para uma "solução negociada" que amenize "o grave sofrimento do povo", que enfrenta dificuldades para "obter alimentos e medicamentos", e se vê às voltas com uma total "falta de segurança".

A nota faz também um apelo contra a violência. Convida as forças de segurança a "abster-se do uso excessivo e desproporcional da força". (JSG)

Loading
Vaticano pede suspensão da Assembleia Constituinte na Venezuela

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 04-08-2017, Gaudium Press) Em nota oficial divulgada pela Sala de Imprensa da Santa Sé, a Secretaria de Estado do Vaticano apelou hoje ao governo venezuelano que seja suspensa a Assembleia Constituinte, reunida na Venezuela.

Vaticano pede suspensão da Assembleia Constituinte na Venezuela.jpg

Nota dirigida ao Governo e à oposição

A nota oficial apresentada aos jornalistas na Sala Stampa do Vaticano pede ao governo e à oposição venezuelana um "pleno respeito" aos Direitos Humanos.

O comunicado apresentado hoje, defende que "se evitem ou suspendam as iniciativas em curso, como a nova Constituinte". E isto porque: "mais do que favorecer a reconciliação e a paz, fomentam um clima de tensão e confronto", afirma.

O Vaticano dirige-se a todos os atores políticos, em particular ao governo, exigindo que assegurem "o pleno respeito pelos Direitos Humanos e as liberdades fundamentais, bem como da Constituição em vigor".

Eleição contestada

Segundo o Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela, por volta 41,5% dos eleitores do país votaram no domingo nas eleições promovidas pelo presidente Nicolás Maduro para escolha de uma Assembleia Constituinte.

A convocação da Constituinte, as eleições e seu resultado são contestados pela oposição.

Preocupação - solução negociada

A Santa Sé "manifesta de novo a sua profunda preocupação pela radicalização e o agravamento da crise na República Bolivariana da Venezuela, pelo aumento do número de mortos, feridos e presos".

Desde o último mês de abril, os protestos provocados pela crise social e política, com manifestações pró e anti-Maduro, provocaram até agora mais de 120 mortos.

O comunicado do Vaticano diz que Francisco "segue de perto esta situação e as suas implicações humanas, sociais, políticas, económicas e inclusive espirituais".

A Secretaria do Estado defende a criação de condições para uma "solução negociada" que amenize "o grave sofrimento do povo", que enfrenta dificuldades para "obter alimentos e medicamentos", e se vê às voltas com uma total "falta de segurança".

A nota faz também um apelo contra a violência. Convida as forças de segurança a "abster-se do uso excessivo e desproporcional da força". (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/89039-Vaticano-pede-suspensao-da-Assembleia-Constituinte-na-Venezuela. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A iniciativa de oração pretende unir milhares de pessoas ao redor do mundo para rezar pela paz, re ...
 
A notícia foi conhecida por meio de um edito assinado pelo Cardeal Angelo de Donatis. ...
 
Para Dom Orani Tempesta, a fortaleza para superar as várias dificuldades e situações foi uma das ...
 
Segundo o bispo de Imperatriz (MA), a Jornada nos ensina que a Igreja precisa aprender a trabalhar a ...
 
A prefeita de Roma, Virginia Raggi, assegurou que as moedas coletadas em outras fontes da capital it ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading