Loading
 
 
 
Loading
 
A Visita do Papa ao Peru: roteiro, programa, perspectivas
Loading
 
16 de Agosto de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Lima - Peru (Quarta-feira, 16-08-2017, Gaudium Press) Em um comunicado, a Conferência Episcopal Peruana anunciou o roteiro, o programa e as atividades do Papa Francisco na viagem que ele realizará ao Peru de 18 a 21 de janeiro de 2018.

O roteiro confirmado para visita apostólica inclui as cidades de Puerto Maldonado, Trujillo e a capital Lima.

A Visita do Papa ao Peru roteiro, programa, perspectivas.jpg

O comunicado informa o motivo da inclusão de cada uma das cidades: Puerto Maldonado por ser o símbolo dos povos pré-colombianos, a Amazônia e os aspectos ambientais. Trujillo foi escolhida por localizar-se no que se pode chamar de coração do norte peruano e por ser uma vítima constante dos flagelos que lhe deixam o fenômeno do chamado "Niño Costero". Lima será visitada não só por ser a capital do país mas, por ser o berço de muitos santos que a Igreja gerou no Peru.

Segundo informa Dom Strotmann, Bispo de Chosica, Secretário Geral da Conferência Episcopal Peruana e Coordenador Geral da visita pontifícia, "a decisão de Sua Santidade de visitar as citadas cidades deve-se, entre outros motivos, a sua grande preocupação para com as populações que vivem na Amazônia, por causa do meio ambiente e para poder estar próximo das populações afetadas pelo fenômeno "El Niño Costero" no início deste ano".

Trujillos

Dom Cabrejos, Arcebispo de Trujillo e Primeiro vice-presidente da Conferência Episcopal Peruana, e também Coordenador dos Meios para visita papal, explicou que Trujillo foi declarada cidade Eucarística por causa da grande devoção ao Santíssimo Sacramento.
"Convém destacar que, nesta visita, o Papa Francisco visitará uma das zonas danificadas (pelo ‘El Niño) como símbolo de todos os lugares afetados no norte peruano", completou Dom Cabrejos.

Lima

O Cardeal Juan Luis Cipriani, Arcebispo de Lima, anunciou que a capital peruana receberá o Santo Padre no dia 18 de janeiro à noite.

O Papa Francisco será recebido pelo presidente da República, Pedro Pablo Kuczynski e, em seguida, dirige-se à Nunciatura. No percurso à Nunciatura, os fiéis poderão saudá-lo durante o seu translado no papamóvel.

Francisco voltará a Lima no último dia de sua estada no país. Na capital, o Papa Francisco terá um intenso programa no dia 21 de janeiro onde está previsto um encontro com religiosas de vida contemplativa no Santuário do Senhor dos Milagres; a veneração das relíquias do santos peruanos na Catedral de Lima; um encontro com todo o episcopado peruano no Arcebispado, a recitação da oração mariana do Angelus, na Plaza de Armas, e pela tarde haverá a celebração da Santa Missa, na Costa Verde.

Cardeal Cipriani

O Cardeal Juan Luis Cipriani disse que a visita apostólica do Papa Francisco ao Peru "confirmará as pessoas na fé".

Haverá um antes e um depois: "antes da visita, pretendemos criar um clima de oração e uma unidade maior no país".

"A Igreja participa com a sua oração, com as suas mensagens, e a preparação da visita já está criando um clima diferente, um clima como na época de São João Paulo II na qual todos esperavam o Papa com muito entusiasmo", narrou o Cardeal.

O "depois" da viagem, disse Dom Cilriani, está relacionado com a mensagem do Pontífice. "Marcará, como no caso do Papa São João Paulo II, e que deixou uma marca muito grande. Acredito que haverá um antes e depois na alma e na sociedade peruana". (JSG)

Loading
A Visita do Papa ao Peru: roteiro, programa, perspectivas

Lima - Peru (Quarta-feira, 16-08-2017, Gaudium Press) Em um comunicado, a Conferência Episcopal Peruana anunciou o roteiro, o programa e as atividades do Papa Francisco na viagem que ele realizará ao Peru de 18 a 21 de janeiro de 2018.

O roteiro confirmado para visita apostólica inclui as cidades de Puerto Maldonado, Trujillo e a capital Lima.

A Visita do Papa ao Peru roteiro, programa, perspectivas.jpg

O comunicado informa o motivo da inclusão de cada uma das cidades: Puerto Maldonado por ser o símbolo dos povos pré-colombianos, a Amazônia e os aspectos ambientais. Trujillo foi escolhida por localizar-se no que se pode chamar de coração do norte peruano e por ser uma vítima constante dos flagelos que lhe deixam o fenômeno do chamado "Niño Costero". Lima será visitada não só por ser a capital do país mas, por ser o berço de muitos santos que a Igreja gerou no Peru.

Segundo informa Dom Strotmann, Bispo de Chosica, Secretário Geral da Conferência Episcopal Peruana e Coordenador Geral da visita pontifícia, "a decisão de Sua Santidade de visitar as citadas cidades deve-se, entre outros motivos, a sua grande preocupação para com as populações que vivem na Amazônia, por causa do meio ambiente e para poder estar próximo das populações afetadas pelo fenômeno "El Niño Costero" no início deste ano".

Trujillos

Dom Cabrejos, Arcebispo de Trujillo e Primeiro vice-presidente da Conferência Episcopal Peruana, e também Coordenador dos Meios para visita papal, explicou que Trujillo foi declarada cidade Eucarística por causa da grande devoção ao Santíssimo Sacramento.
"Convém destacar que, nesta visita, o Papa Francisco visitará uma das zonas danificadas (pelo ‘El Niño) como símbolo de todos os lugares afetados no norte peruano", completou Dom Cabrejos.

Lima

O Cardeal Juan Luis Cipriani, Arcebispo de Lima, anunciou que a capital peruana receberá o Santo Padre no dia 18 de janeiro à noite.

O Papa Francisco será recebido pelo presidente da República, Pedro Pablo Kuczynski e, em seguida, dirige-se à Nunciatura. No percurso à Nunciatura, os fiéis poderão saudá-lo durante o seu translado no papamóvel.

Francisco voltará a Lima no último dia de sua estada no país. Na capital, o Papa Francisco terá um intenso programa no dia 21 de janeiro onde está previsto um encontro com religiosas de vida contemplativa no Santuário do Senhor dos Milagres; a veneração das relíquias do santos peruanos na Catedral de Lima; um encontro com todo o episcopado peruano no Arcebispado, a recitação da oração mariana do Angelus, na Plaza de Armas, e pela tarde haverá a celebração da Santa Missa, na Costa Verde.

Cardeal Cipriani

O Cardeal Juan Luis Cipriani disse que a visita apostólica do Papa Francisco ao Peru "confirmará as pessoas na fé".

Haverá um antes e um depois: "antes da visita, pretendemos criar um clima de oração e uma unidade maior no país".

"A Igreja participa com a sua oração, com as suas mensagens, e a preparação da visita já está criando um clima diferente, um clima como na época de São João Paulo II na qual todos esperavam o Papa com muito entusiasmo", narrou o Cardeal.

O "depois" da viagem, disse Dom Cilriani, está relacionado com a mensagem do Pontífice. "Marcará, como no caso do Papa São João Paulo II, e que deixou uma marca muito grande. Acredito que haverá um antes e depois na alma e na sociedade peruana". (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/89297-A-Visita-do-Papa-ao-Peru--roteiro--programa--perspectivas. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
“A mensagem de Fátima continua a desafiar a uma atitude de oferta da própria vida a Deus e aos ...
 
As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading