Loading
 
 
 
Loading
 
Liberdade Religiosa: representante do Papa desafia governo do Vietnam
Loading
 
17 de Agosto de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

La Vang - Vietnam (Quinta,feira, 17-08-2017, Gaudium Press) O enviado do Vaticano ao Vietnã desafiou o governo comunista vietnamita a respeitar a liberdade religiosa.

Dom Leopoldo Girelli, arcebispo representante não-residente do Vaticano no Vietnã, no dia 13 de agosto, apresidindo a Missa de abertura do Congresso Mariano, realizada no Santuário Nacional de Nossa Senhora de La Vang, na província de Quang Tri, no centro do Vietnã, falou em sua homilia sobre o estado atual da liberdade religiosa no país, informou o ucanews.com.

Na misa onde estiveram presentes bispos vietnamitas e por volta de 200 sacerdote, o arcebispo afirmou que "Em algumas províncias, as autoridades civis estão ansiosas e reclamam dos católicos e suas ações".

Dom Girelli aconselhou a assembleia a seguir a sabedoria das palavras de São Pedro: "Devemos obedecer a Deus e não aos homens" e a "Restituir a César o que é de César e a Deus o que é de Deus".

Ele foi bastante aplaudido quando na homilia disse que "gostaria de dizer aos Céus vietnamitas que deem a Deus o que é de Deus".

Lei de Crenças e Religiões

No início deste ano, os bispos vietnamitas criticaram a nova Lei sobre Crenças e Religiões, que entrará em vigor em 1º de janeiro. Na nova lei foram iescritas frases abstratas que podem ser "facilmente abusados ??para transferir responsabilidades e condenar as organizações religiosas quando o governo está insatisfeito".

A Igreja Católica local, disse Dom Girelli, "deve ser vista como algo positivo, e não como algo problemático para o país". E ele pediu ainda que à congregação que passasse um bom tempo em oração durante o congresso para que pudessem adquirir a presença de Deus em suas vidas:

"Somente quando seguimos a Jesus e permanecemos nele, estamos realmente felizes", afirmou, então.

Representante, não residente

O arcebispo, representante não residente tem sua sede em Singapura. Ele visita periodicamente o Vietnam e presta serviços às dioceses do País. Cada visita tem a duração de aproximadamente um mês. Todas as suas atividades devem ser aprovadas pelo governo, informou também a ucanews.com.

Por volta de 100 mil peregrinos -incluindo pessoas do exterior- participaram do congresso de três dias para comemorar a Solenidade da Assunção de Maria, 15 de agosto.

Durante o evento, os peregrinos participaram de missas, foram confessar, rezaram o rosário e assistiram a apresentações culturais. (JSG)

Loading
Liberdade Religiosa: representante do Papa desafia governo do Vietnam

La Vang - Vietnam (Quinta,feira, 17-08-2017, Gaudium Press) O enviado do Vaticano ao Vietnã desafiou o governo comunista vietnamita a respeitar a liberdade religiosa.

Dom Leopoldo Girelli, arcebispo representante não-residente do Vaticano no Vietnã, no dia 13 de agosto, apresidindo a Missa de abertura do Congresso Mariano, realizada no Santuário Nacional de Nossa Senhora de La Vang, na província de Quang Tri, no centro do Vietnã, falou em sua homilia sobre o estado atual da liberdade religiosa no país, informou o ucanews.com.

Na misa onde estiveram presentes bispos vietnamitas e por volta de 200 sacerdote, o arcebispo afirmou que "Em algumas províncias, as autoridades civis estão ansiosas e reclamam dos católicos e suas ações".

Dom Girelli aconselhou a assembleia a seguir a sabedoria das palavras de São Pedro: "Devemos obedecer a Deus e não aos homens" e a "Restituir a César o que é de César e a Deus o que é de Deus".

Ele foi bastante aplaudido quando na homilia disse que "gostaria de dizer aos Céus vietnamitas que deem a Deus o que é de Deus".

Lei de Crenças e Religiões

No início deste ano, os bispos vietnamitas criticaram a nova Lei sobre Crenças e Religiões, que entrará em vigor em 1º de janeiro. Na nova lei foram iescritas frases abstratas que podem ser "facilmente abusados ??para transferir responsabilidades e condenar as organizações religiosas quando o governo está insatisfeito".

A Igreja Católica local, disse Dom Girelli, "deve ser vista como algo positivo, e não como algo problemático para o país". E ele pediu ainda que à congregação que passasse um bom tempo em oração durante o congresso para que pudessem adquirir a presença de Deus em suas vidas:

"Somente quando seguimos a Jesus e permanecemos nele, estamos realmente felizes", afirmou, então.

Representante, não residente

O arcebispo, representante não residente tem sua sede em Singapura. Ele visita periodicamente o Vietnam e presta serviços às dioceses do País. Cada visita tem a duração de aproximadamente um mês. Todas as suas atividades devem ser aprovadas pelo governo, informou também a ucanews.com.

Por volta de 100 mil peregrinos -incluindo pessoas do exterior- participaram do congresso de três dias para comemorar a Solenidade da Assunção de Maria, 15 de agosto.

Durante o evento, os peregrinos participaram de missas, foram confessar, rezaram o rosário e assistiram a apresentações culturais. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/89330-Liberdade-Religiosa--representante-do-Papa-desafia-governo-do-Vietnam. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

No Sermão da Montanha, o Divino Mestre, além de ensinar o Pai-Nosso, mostrou a necessidade da ora ...
 
Jovem de pouco mais de vinte anos: preferiu ser morta antes que renunciar à sua castidade. ...
 
Afirma São Tomás de Aqui¬no que o homem tem toda a liberdade para a prática do bem, mas não, ev ...
 
A presença de uma colônia de italianos, à qual pertencem numerosos pescadores, possibilita essa e ...
 
O evento é organizado pela Congregação de Missionárias de Maria Imaculada e Santa Catarina de Se ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading