Loading
 
 
 
Loading
 
A história de como Nossa Senhora salvou um futuro sacerdote no Cazaquistão
Loading
 
5 de Setembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Almaty - Cazaquistão (Terça-feira, 05-09-2017, Gaudium Press) Dom José Luis Mumbiela, Bispo da Santíssima Trindade em Almaty, no Cazaquistão, relatou para o boletim da Fundação do Centro Acadêmico Romano a história do Padre Vadim Bielakapitof, sacerdote nascido no que era então a União Soviética, no qual Nossa Senhora teve um papel protagônico, que o salvou de morrer congelado em uma tempestade de neve após sua conversão ao catolicismo.

Em meio de uma sociedade contrária à religião, ele teve um primeiro contato com a Fé aos 12 anos, quando uma propaganda de jornal ofereceu bíblias gratuitas aos entrevistados. Sua mãe pediu um exemplar, que foi ansiosamente aguardado, mas acabou por estar escrito em alemão. Para poder lê-lo, Bielakapitof procurou a um sacerdote na aldeia vizinha, o Padre Lorenz Gabold -que ao chegar à idade de aposentadoria em Berlim, se mudou para o Cazaquistão para atender aos crentes exilados-, e caminhou os cinco quilômetros de ida e volta necessários para assistir as aulas de alemão e ser capaz de ler a Bíblia para sua família.

A história de como Nossa Senhora salvou um futuro sacerdote no Cazaquistão.jpg

"Com o tempo, o menino foi da letra ao espírito e pediu o Batismo, tornando-se membro do coro e ajudante do sacerdote", relatou o prelado, segundo informou Alfa e Omega. Em uma Véspera de Natal, o jovem Vadim se arriscou ao atravessar o caminho em meio da neve para participar da Eucaristia, mas, no caminho de volta, uma tempestade de neve o surpreendeu na estrada com temperaturas de até 35 graus Celsius abaixo de zero. "Ia notando o gélido frio, as forças lhe faltavam, a neve era cada vez mais intensa", relatou Dom Mumbiela. "Pensou na morte e em seu pai. Mas com a lembrança da Noite de Natal, ele começou a rezar para a Mãe da Criança que foi adorar, a Senhora das Neves".

De forma providencial, um veículo militar passou por esse caminho e um dos soldados identificou algo vermelho que se movia na neve. Ao aproximar-se descobriram o jovem que perdeu o conhecimento ao saber que foi resgatado, não sem antes dizer saudar aos soldados: "Hoje é Natal. Que Deus os abençoe! Feliz Natal". Dois anos depois do seu resgate, ele conseguiu entrar no pré-seminário de Karaganda, de onde foi enviado para completar sua formação em São Petersburgo. No dia da sua ordenação, recebeu um cálice como um presente póstumo do Padre Lorenz, que havia falecido nove anos antes. (EPC)

Loading
A história de como Nossa Senhora salvou um futuro sacerdote no Cazaquistão

Almaty - Cazaquistão (Terça-feira, 05-09-2017, Gaudium Press) Dom José Luis Mumbiela, Bispo da Santíssima Trindade em Almaty, no Cazaquistão, relatou para o boletim da Fundação do Centro Acadêmico Romano a história do Padre Vadim Bielakapitof, sacerdote nascido no que era então a União Soviética, no qual Nossa Senhora teve um papel protagônico, que o salvou de morrer congelado em uma tempestade de neve após sua conversão ao catolicismo.

Em meio de uma sociedade contrária à religião, ele teve um primeiro contato com a Fé aos 12 anos, quando uma propaganda de jornal ofereceu bíblias gratuitas aos entrevistados. Sua mãe pediu um exemplar, que foi ansiosamente aguardado, mas acabou por estar escrito em alemão. Para poder lê-lo, Bielakapitof procurou a um sacerdote na aldeia vizinha, o Padre Lorenz Gabold -que ao chegar à idade de aposentadoria em Berlim, se mudou para o Cazaquistão para atender aos crentes exilados-, e caminhou os cinco quilômetros de ida e volta necessários para assistir as aulas de alemão e ser capaz de ler a Bíblia para sua família.

A história de como Nossa Senhora salvou um futuro sacerdote no Cazaquistão.jpg

"Com o tempo, o menino foi da letra ao espírito e pediu o Batismo, tornando-se membro do coro e ajudante do sacerdote", relatou o prelado, segundo informou Alfa e Omega. Em uma Véspera de Natal, o jovem Vadim se arriscou ao atravessar o caminho em meio da neve para participar da Eucaristia, mas, no caminho de volta, uma tempestade de neve o surpreendeu na estrada com temperaturas de até 35 graus Celsius abaixo de zero. "Ia notando o gélido frio, as forças lhe faltavam, a neve era cada vez mais intensa", relatou Dom Mumbiela. "Pensou na morte e em seu pai. Mas com a lembrança da Noite de Natal, ele começou a rezar para a Mãe da Criança que foi adorar, a Senhora das Neves".

De forma providencial, um veículo militar passou por esse caminho e um dos soldados identificou algo vermelho que se movia na neve. Ao aproximar-se descobriram o jovem que perdeu o conhecimento ao saber que foi resgatado, não sem antes dizer saudar aos soldados: "Hoje é Natal. Que Deus os abençoe! Feliz Natal". Dois anos depois do seu resgate, ele conseguiu entrar no pré-seminário de Karaganda, de onde foi enviado para completar sua formação em São Petersburgo. No dia da sua ordenação, recebeu um cálice como um presente póstumo do Padre Lorenz, que havia falecido nove anos antes. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/89721-A-historia-de-como-Nossa-Senhora-salvou-um-futuro-sacerdote-no-Cazaquistao. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading