Loading
 
 
 
Loading
 
The New York Times registra grande número de fiéis visitando as relíquias do Padre Pio
Loading
 
21 de Setembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Estados Unidos - Nova York (Quinta-feira, 21-09-2017, Gaudium Press) A visita das relíquias de São Pio de Pietrelcina, conhecido sob o familiar título de Padre Pio, à Catedral de São Patrício em Nova York, Estados Unidos, foi reportada pelo 'The New York Times', que comparou a grande afluência de devotos às multidões convocadas aos concertos, que ao invés de chegar a um estádio chegaram ao importante templo para venerar as relíquias de uma capa e um guante impregnado com seu sangue.

The New York Times registra grande número de fiéis visitando as relíquias do Padre Pio.jpg

Os fiéis formaram grandes filas para poder venerar pessoalmente as relíquias e alguns deles vestiam camisetas com mensagens católicas que chamaram a atenção dos repórteres. Entre os testemunhos dos devotos se encontram descendentes de fiéis que conheceram pessoalmente ao Santo na Itália. Um deles era Jackie Brown, cuja avó visitou San Giovanni Rotondo e pode encontrar-se com o religioso. "Ela o tocou e ele saltou distanciando-se como se trata-se de fogo", recordou a devota. "Era assim de Santo". Sua filha, também presente na Catedral, padece câncer e se aproximou para pedir a intercessão do Santo em seu favor.

Outro dos peregrinos nasceu na 'Casa Sollievo della Sofferenza', o hospital fundado pelo Santo, e explicou ao 'The New York Times' os sentidos que para ele tem venerar uma relíquia. "Quando você vive de certa maneira e chega a ter certa quantidade de Deus, em tudo o que tocas deixa uma essência", indicou. "A relíquia é quase como um portal, como uma porta". A doutrina católica não ensina que as relíquias tenham um valor em si mesmas, mas que se veneram em relação aos Santos, que por sua vez se veneram em relação a Deus, como um culto de honra e respeito que ajuda a viver melhor a vida cristã, sem que chegue ao autêntico culto de adoração exclusivo de Deus.

As relíquias de São Pio percorrem os Estados Unidos pela segunda vez no ano, depois de uma grande resposta dos fiéis na primeira peregrinação no mês de maio. Desde o dia 16 de setembro até 1º de outubro, as relíquias visitarão Nova York, La Crosse, Milwaukee, Bridgeport e Saginaw. A visita faz parte das celebrações pelo 130º aniversário de nascimento do Santo e o 15º de sua canonização. (EPC)

Loading
The New York Times registra grande número de fiéis visitando as relíquias do Padre Pio

Estados Unidos - Nova York (Quinta-feira, 21-09-2017, Gaudium Press) A visita das relíquias de São Pio de Pietrelcina, conhecido sob o familiar título de Padre Pio, à Catedral de São Patrício em Nova York, Estados Unidos, foi reportada pelo 'The New York Times', que comparou a grande afluência de devotos às multidões convocadas aos concertos, que ao invés de chegar a um estádio chegaram ao importante templo para venerar as relíquias de uma capa e um guante impregnado com seu sangue.

The New York Times registra grande número de fiéis visitando as relíquias do Padre Pio.jpg

Os fiéis formaram grandes filas para poder venerar pessoalmente as relíquias e alguns deles vestiam camisetas com mensagens católicas que chamaram a atenção dos repórteres. Entre os testemunhos dos devotos se encontram descendentes de fiéis que conheceram pessoalmente ao Santo na Itália. Um deles era Jackie Brown, cuja avó visitou San Giovanni Rotondo e pode encontrar-se com o religioso. "Ela o tocou e ele saltou distanciando-se como se trata-se de fogo", recordou a devota. "Era assim de Santo". Sua filha, também presente na Catedral, padece câncer e se aproximou para pedir a intercessão do Santo em seu favor.

Outro dos peregrinos nasceu na 'Casa Sollievo della Sofferenza', o hospital fundado pelo Santo, e explicou ao 'The New York Times' os sentidos que para ele tem venerar uma relíquia. "Quando você vive de certa maneira e chega a ter certa quantidade de Deus, em tudo o que tocas deixa uma essência", indicou. "A relíquia é quase como um portal, como uma porta". A doutrina católica não ensina que as relíquias tenham um valor em si mesmas, mas que se veneram em relação aos Santos, que por sua vez se veneram em relação a Deus, como um culto de honra e respeito que ajuda a viver melhor a vida cristã, sem que chegue ao autêntico culto de adoração exclusivo de Deus.

As relíquias de São Pio percorrem os Estados Unidos pela segunda vez no ano, depois de uma grande resposta dos fiéis na primeira peregrinação no mês de maio. Desde o dia 16 de setembro até 1º de outubro, as relíquias visitarão Nova York, La Crosse, Milwaukee, Bridgeport e Saginaw. A visita faz parte das celebrações pelo 130º aniversário de nascimento do Santo e o 15º de sua canonização. (EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

No próximo domingo, 24 de junho, a Catedral de Turim celebrará a festa do seu Padroeiro, São Joã ...
 
A proximidade dos Salesianos aos iemenitas fez com que a ordem religiosa promova neste sábado, 23, ...
 
Encontrar apoio na própria família é uma grande ajuda para os que dão este passo, e é uma grand ...
 
Conferência Episcopal do Peru comunica abertura de Centro de Auxílio a migrantes venezuelanos. ...
 
Confiança, Anúncio e Fraternidade: três palavras sobre as quais o Papa propôs aos verbitas uma r ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading