Loading
 
 
 
Loading
 
Cidade de São Paulo ganha santuário dedicado a Padroeira do Brasil
Loading
 
13 de Outubro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

São Paulo (Sexta-feira, 13-10-2017, Gaudium Press) Assim como as demais localidades brasileiras, a cidade de São Paulo festejou os 300 anos da descoberta da Imagem de Nossa Senhora Aparecida neste dia 12 de outubro.

Cidade de São Paulo ganha santuário dedicado a Padroeira do Brasil.jpg

Contudo, as celebrações na capital paulista tornaram-se ainda mais especiais com a elevação da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, na região do Ipiranga, à condição de santuário arquidiocesano.

Nesta quinta-feira, o Cardeal Odilo Pedro Scherer presidiu às 16h uma missa solene para marcar a elevação do novo templo da Arquidiocese de São Paulo.

No decreto de aprovação do Santuário, Dom Odilo destacou que "o Santuário possui um grande valor simbólico e a piedade popular, verdadeira ação missionária espontânea do povo de Deus, encontra nele um espaço privilegiado para sua manifestação".

"Determinamos que nesse Santuário, para fortalecer a fé e a piedade do povo, sejam divulgadas e promovidas a Palavra de Deus, a fé católica, a vida litúrgica, principalmente por meio da celebração da Eucaristia (cânon 1234§1) e a devoção a Nossa Senhora Aparecida. Seja propiciado aos fiéis o encontro com a misericórdia de Deus através do Sacramento da Penitência, com confessores disponíveis para os penitentes (cânon 1234§1)", continua o decreto.

Por sua vez, o pároco, Padre Anísio Hilário, afirmou que ele e os paroquianos receberam a notícia da elevação da igreja a santuário com muita alegria e estão conscientes da responsabilidade que lhes foi confiada de acolher os inúmeros peregrinos que visitarão o novo templo.

Há 75 anos, a paróquia se tornava a casa da Padroeira do Brasil. Durante a realização do IV Congresso Eucarístico Nacional, em 1942, o então Arcebispo de São Paulo, Dom José Gaspar d'Afonseca e Silva, elegeu Nossa Senhora Aparecida como a primeira peregrina do evento.

Na época, uma réplica da Imagem da Padroeira do Brasil veio de Aparecida, sendo acolhida pelos fiéis na Praça da Sé.

Cidade de São Paulo ganha santuário dedicado a Padroeira do Brasil (2).jpg

A mesma imagem acompanhou todas as celebrações do Congresso realizado entre os dias 4 e 7 de setembro daquele ano.

Após aquele evento, em 13 de setembro, a imagem foi levada em procissão com destino a Várzea do Ipiranga. Lá, Dom José Gaspar abençoou a pedra fundamental da futura igreja dedicada a Mãe Aparecida.

Em 19 de setembro, foi criada oficialmente a nova paróquia, tendo como primeiro pároco o Padre Mário Marques e Serra.
Para que as obras no templo não ficassem paradas, foram realizadas campanhas, rifas e festas para a arrecadação de recursos.

No mês de outubro de 1949, a nova igreja, ainda em construção, recebeu sua primeira celebração eucarística.

A nave central do templo foi inaugurada em 1955, e cinco anos depois, foi levada a Imagem da Padroeira para a matriz-paroquial.

Na década de 1970, os sinos da torre começam a ser içados, mas a obra só teria encerramento em 1991 durante a administração do segundo pároco, Cônego Cosmo Maestri, que em 2012, após completar 81 anos, foi sucedido pelo Padre Anísio Hilário. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de São Paulo

Loading
Cidade de São Paulo ganha santuário dedicado a Padroeira do Brasil

São Paulo (Sexta-feira, 13-10-2017, Gaudium Press) Assim como as demais localidades brasileiras, a cidade de São Paulo festejou os 300 anos da descoberta da Imagem de Nossa Senhora Aparecida neste dia 12 de outubro.

Cidade de São Paulo ganha santuário dedicado a Padroeira do Brasil.jpg

Contudo, as celebrações na capital paulista tornaram-se ainda mais especiais com a elevação da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, na região do Ipiranga, à condição de santuário arquidiocesano.

Nesta quinta-feira, o Cardeal Odilo Pedro Scherer presidiu às 16h uma missa solene para marcar a elevação do novo templo da Arquidiocese de São Paulo.

No decreto de aprovação do Santuário, Dom Odilo destacou que "o Santuário possui um grande valor simbólico e a piedade popular, verdadeira ação missionária espontânea do povo de Deus, encontra nele um espaço privilegiado para sua manifestação".

"Determinamos que nesse Santuário, para fortalecer a fé e a piedade do povo, sejam divulgadas e promovidas a Palavra de Deus, a fé católica, a vida litúrgica, principalmente por meio da celebração da Eucaristia (cânon 1234§1) e a devoção a Nossa Senhora Aparecida. Seja propiciado aos fiéis o encontro com a misericórdia de Deus através do Sacramento da Penitência, com confessores disponíveis para os penitentes (cânon 1234§1)", continua o decreto.

Por sua vez, o pároco, Padre Anísio Hilário, afirmou que ele e os paroquianos receberam a notícia da elevação da igreja a santuário com muita alegria e estão conscientes da responsabilidade que lhes foi confiada de acolher os inúmeros peregrinos que visitarão o novo templo.

Há 75 anos, a paróquia se tornava a casa da Padroeira do Brasil. Durante a realização do IV Congresso Eucarístico Nacional, em 1942, o então Arcebispo de São Paulo, Dom José Gaspar d'Afonseca e Silva, elegeu Nossa Senhora Aparecida como a primeira peregrina do evento.

Na época, uma réplica da Imagem da Padroeira do Brasil veio de Aparecida, sendo acolhida pelos fiéis na Praça da Sé.

Cidade de São Paulo ganha santuário dedicado a Padroeira do Brasil (2).jpg

A mesma imagem acompanhou todas as celebrações do Congresso realizado entre os dias 4 e 7 de setembro daquele ano.

Após aquele evento, em 13 de setembro, a imagem foi levada em procissão com destino a Várzea do Ipiranga. Lá, Dom José Gaspar abençoou a pedra fundamental da futura igreja dedicada a Mãe Aparecida.

Em 19 de setembro, foi criada oficialmente a nova paróquia, tendo como primeiro pároco o Padre Mário Marques e Serra.
Para que as obras no templo não ficassem paradas, foram realizadas campanhas, rifas e festas para a arrecadação de recursos.

No mês de outubro de 1949, a nova igreja, ainda em construção, recebeu sua primeira celebração eucarística.

A nave central do templo foi inaugurada em 1955, e cinco anos depois, foi levada a Imagem da Padroeira para a matriz-paroquial.

Na década de 1970, os sinos da torre começam a ser içados, mas a obra só teria encerramento em 1991 durante a administração do segundo pároco, Cônego Cosmo Maestri, que em 2012, após completar 81 anos, foi sucedido pelo Padre Anísio Hilário. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de São Paulo

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/90497-Cidade-de-Sao-Paulo-ganha-santuario-dedicado-a-Padroeira-do-Brasil. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O anúncio foi realizado durante Missa presidida pelo Núncio Apostólico no Uruguai, Dom Martin Kre ...
 
"Nós confiamos: Deus tem um plano para Emma". Estaremos juntos na eternidade. ...
 
Ricardo Henry Marques Dip é desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo desde janeiro de 20 ...
 
O evento desembarca em solo tocantinense pela segunda vez inspirado no tema “Uma jovem chamada Mar ...
 
"Semana dos Seminários" realça responsabilidade das famílias na formação dos seminaristas. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading