Loading
 
 
 
Loading
 
Preservação do patrimônio da Igreja é tema de seminário no Recife
Loading
 
30 de Outubro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Recife - Pernambuco (Segunda-feira, 30-10-2017, Gaudium Press) A Arquidiocese de Olinda e Recife, por meio de sua Comissão de Pastoral para a Cultura, promoveu entre 27 e 28 de outubro a 4ª edição do Seminário de Bens Culturais da Igreja.

Preservação do patrimônio da Igreja é tema de seminário no Recife.jpg

O evento aconteceu na concatedral de São Pedro dos Clérigos e na Igreja da Madre de Deus e contou com palestras, mesas redondas e oficinas para religiosos, leigos engajados, historiadores, estudantes, arquitetos, museólogos e profissionais da área de preservação do patrimônio.

De acordo com o presidente da Comissão, Padre Rinaldo Pereira, o intuito do evento foi despertar, no clero e nas comunidades, o senso de responsabilidade em preservar o patrimônio histórico e cultural da Igreja, fazendo com que essa riqueza chegue às gerações futuras. "Para isso, espaços de conhecimento como este seminário discutem a cultura da sustentabilidade, explorando potenciais que muitas vezes são colocados à margem", comentou o sacerdote.

Nos últimos tempos, a Comissão de Cultura da Arquidiocese estreitou relações e parcerias com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), a fim da preservação dos bens culturais da Igreja. Também houve o resgate de peças pertencentes que estavam espalhadas em diversos lugares, passíveis de serem subtraídas, e que agora estão sendo inventariadas e catalogadas para posterior disponibilização à sociedade.

Ainda conforme o Padre Rinaldo, quando um bem é tombado, não deixa de ser propriedade da Igreja. "Por isso não se pode isentar clero e comunidade da responsabilidade da manutenção".

Entre os avanços recentes da Comissão de Cultura estão o resgate da função pastoral do Museu de Arte Sacra de Pernambuco, que pertence à Arquidiocese e é gerido em parceria com a Fundarpe, além da reestruturação e reorganização do Arquivo Arquidiocesano Dom José Lamartine, que traz em seu acervo documentos de até 400 anos que contam a história da Igreja de Olinda e Recife. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Olinda e Recife

Loading
Preservação do patrimônio da Igreja é tema de seminário no Recife

Recife - Pernambuco (Segunda-feira, 30-10-2017, Gaudium Press) A Arquidiocese de Olinda e Recife, por meio de sua Comissão de Pastoral para a Cultura, promoveu entre 27 e 28 de outubro a 4ª edição do Seminário de Bens Culturais da Igreja.

Preservação do patrimônio da Igreja é tema de seminário no Recife.jpg

O evento aconteceu na concatedral de São Pedro dos Clérigos e na Igreja da Madre de Deus e contou com palestras, mesas redondas e oficinas para religiosos, leigos engajados, historiadores, estudantes, arquitetos, museólogos e profissionais da área de preservação do patrimônio.

De acordo com o presidente da Comissão, Padre Rinaldo Pereira, o intuito do evento foi despertar, no clero e nas comunidades, o senso de responsabilidade em preservar o patrimônio histórico e cultural da Igreja, fazendo com que essa riqueza chegue às gerações futuras. "Para isso, espaços de conhecimento como este seminário discutem a cultura da sustentabilidade, explorando potenciais que muitas vezes são colocados à margem", comentou o sacerdote.

Nos últimos tempos, a Comissão de Cultura da Arquidiocese estreitou relações e parcerias com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), a fim da preservação dos bens culturais da Igreja. Também houve o resgate de peças pertencentes que estavam espalhadas em diversos lugares, passíveis de serem subtraídas, e que agora estão sendo inventariadas e catalogadas para posterior disponibilização à sociedade.

Ainda conforme o Padre Rinaldo, quando um bem é tombado, não deixa de ser propriedade da Igreja. "Por isso não se pode isentar clero e comunidade da responsabilidade da manutenção".

Entre os avanços recentes da Comissão de Cultura estão o resgate da função pastoral do Museu de Arte Sacra de Pernambuco, que pertence à Arquidiocese e é gerido em parceria com a Fundarpe, além da reestruturação e reorganização do Arquivo Arquidiocesano Dom José Lamartine, que traz em seu acervo documentos de até 400 anos que contam a história da Igreja de Olinda e Recife. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Olinda e Recife

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/90895-Preservacao-do-patrimonio-da-Igreja-e-tema-de-seminario-no-Recife. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

...
 
A visita ocorre por ocasião dos 800 anos da fundação da Ordem Mercedária. ...
 
Dom Antônio Couto, lembrou a cada um dos presentes que evangelizar “é a graça e a vocação pr ...
 
O templo, localizado na Paróquia de São Miguel, foi consagrado a Nossa Senhora de Arandin, “Mãe ...
 
“Iniciação à Vida Cristã: perfeita sintonia entre catequese e liturgia” será a temática qu ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading