Loading
 
 
 
Loading
 
“Todos os Santos” expressa Esperança Católica, Halloween a “festa do medo”, dizem Bispos da França
Loading
 
31 de Outubro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Paris - França (Terça-feira, 31-10-2017,Gaudium Press) No site da Conferência Episcopal Francesa (CEF) foi divulgado um conjunto de trabalhos feitos a propósito da solenidade católica de "Todos os Santos", que é comemorada no primeiro dia de novembro. Os trabalhos divulgados contrapõem a festa da Esperança Católica à "festa do medo", o Halloween, ou festa das bruxas, que é incentivada a ser realizada na última noite de outubro.

31-10?Todos os Santos? expressa Esperança Católica, Halloween a ?festa do medo?, dizem Bispos da França.jpg

Medo contra a Esperança

O texto publicado pela Conferência Episcopal Francesa afirma que "Enquanto o ‘Halloween' é uma festa do medo, com as crianças (e também adultos) procurando divertir-se causando medo aos outros e a elas próprias, a comemoração católica (de Todos os Santos) é uma festa de comunhão. Comunhão com os santos, em 1º de novembro, e com os ‘fiéis defuntos', no dia seguinte".

O Dia das Bruxas

Há mais de 2500 anos que os celtas celebram, a 31 de outubro, o seu novo ano, o fim das colheitas, a mudança de estação e a chegada do inverno.
Esta cerimónia pagã era realizada em honra da divindade Samhain (deus da morte) e permitiria comunicar com o espírito dos mortos. Nesse dia, abriam-se as portas entre o mundo dos vivos e dos mortos.
De acordo com a tradição, nessa noite os fantasmas dos mortos visitavam os vivos. Para acalmar os espíritos, a população depositava ofertas diante das portas das casas.
A folia foi conservada no calendário irlandês após a cristianização do país como um elemento de folclore. Mais tarde implanta-se nos EUA com os emigrantes irlandeses do final do século XIX.
O Halloween volta a atravessar o Atlântico, em sentido contrário, em direção à Europa, essencialmente por razões comerciais, mas sem dúvida com um incentivo que traz todas as conotações para fomentar um culto não cristão.

Cristo a verdadeira luz

Recorda a nota do Episcopado Francês que para além das crenças primordiais das origens, o "Halloween" é um pretexto para esquecer as longas noites outonais, muitas vezes chuvosas, tristes e sem esperança.
Já a solenidade de Todos os Santos é uma festa mais "interior", nascida no fundo da alma e carregada de esperança: a Igreja liberta do medo da morte ao insistir, no primeiro dia de novembro, na esperança da ressurreição e na alegria daqueles que colocaram as Bem-aventuranças no centro da sua vida.
O centro de Todos os Santos é Cristo, vencedor da morte (cf. João 1, 9; Mateus 5, 14; Salmo 139, v. 12).

Esperança e medo

Enquanto que o "Halloween" é uma festa do medo, a festa católica de Todos os Santos é uma festa de comunhão, comunhão com os santos, a 1 de novembro, e com os "fiéis defuntos", no dia seguinte.
Comunhão de todos por e com um Deus de amor. Estar em comunhão pela oração, é estar em ligação, em relação, em simpatia com os outros. Ao contrário, cultivar o medo, como no Halloween é afastar-se dos outros, isolar-se deles, recolher-se nos seus próprios medos, recordam os bispos da França.

O "Halloween" é uma festa do negativo: o medo, o susto, a morte anónima, a angústia. A solenidade de Todos os Santos é uma festa do positivo: a proximidade com os mortos da família, a memória dos outros. Os santos foram pessoas que, desejosas de seguir o Evangelho, amaram os outros, devotaram-se em corpo e alma pela humanidade sofredora. São modelos de vida.

31-10?Todos os Santos? expressa Esperança Católica, Halloween a ?festa do medo?, dizem Bispos da França a.jpg

Sugestões dos Bispos: Viver Todos os Santos em família

Algumas sugestões: viver Todos os Santos em Família, rezar com os santos padroeiros ou com um santo particularmente querido à família; a visita aos cemitérios, que muitas vezes se realiza a 1 de novembro, é uma oportunidade para falar da esperança cristã e da fé na ressurreição; ler a história ou a vida de um santo e comentar.
Ao sugerir que vá à missa de Todos os Santos, os Bispos Franceses recordam que nesse dia é proclamado o Evangelho das Bem-aventuranças. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações www.eglise.catholique.fr)

 

Loading
“Todos os Santos” expressa Esperança Católica, Halloween a “festa do medo”, dizem Bispos da França

Paris - França (Terça-feira, 31-10-2017,Gaudium Press) No site da Conferência Episcopal Francesa (CEF) foi divulgado um conjunto de trabalhos feitos a propósito da solenidade católica de "Todos os Santos", que é comemorada no primeiro dia de novembro. Os trabalhos divulgados contrapõem a festa da Esperança Católica à "festa do medo", o Halloween, ou festa das bruxas, que é incentivada a ser realizada na última noite de outubro.

31-10?Todos os Santos? expressa Esperança Católica, Halloween a ?festa do medo?, dizem Bispos da França.jpg

Medo contra a Esperança

O texto publicado pela Conferência Episcopal Francesa afirma que "Enquanto o ‘Halloween' é uma festa do medo, com as crianças (e também adultos) procurando divertir-se causando medo aos outros e a elas próprias, a comemoração católica (de Todos os Santos) é uma festa de comunhão. Comunhão com os santos, em 1º de novembro, e com os ‘fiéis defuntos', no dia seguinte".

O Dia das Bruxas

Há mais de 2500 anos que os celtas celebram, a 31 de outubro, o seu novo ano, o fim das colheitas, a mudança de estação e a chegada do inverno.
Esta cerimónia pagã era realizada em honra da divindade Samhain (deus da morte) e permitiria comunicar com o espírito dos mortos. Nesse dia, abriam-se as portas entre o mundo dos vivos e dos mortos.
De acordo com a tradição, nessa noite os fantasmas dos mortos visitavam os vivos. Para acalmar os espíritos, a população depositava ofertas diante das portas das casas.
A folia foi conservada no calendário irlandês após a cristianização do país como um elemento de folclore. Mais tarde implanta-se nos EUA com os emigrantes irlandeses do final do século XIX.
O Halloween volta a atravessar o Atlântico, em sentido contrário, em direção à Europa, essencialmente por razões comerciais, mas sem dúvida com um incentivo que traz todas as conotações para fomentar um culto não cristão.

Cristo a verdadeira luz

Recorda a nota do Episcopado Francês que para além das crenças primordiais das origens, o "Halloween" é um pretexto para esquecer as longas noites outonais, muitas vezes chuvosas, tristes e sem esperança.
Já a solenidade de Todos os Santos é uma festa mais "interior", nascida no fundo da alma e carregada de esperança: a Igreja liberta do medo da morte ao insistir, no primeiro dia de novembro, na esperança da ressurreição e na alegria daqueles que colocaram as Bem-aventuranças no centro da sua vida.
O centro de Todos os Santos é Cristo, vencedor da morte (cf. João 1, 9; Mateus 5, 14; Salmo 139, v. 12).

Esperança e medo

Enquanto que o "Halloween" é uma festa do medo, a festa católica de Todos os Santos é uma festa de comunhão, comunhão com os santos, a 1 de novembro, e com os "fiéis defuntos", no dia seguinte.
Comunhão de todos por e com um Deus de amor. Estar em comunhão pela oração, é estar em ligação, em relação, em simpatia com os outros. Ao contrário, cultivar o medo, como no Halloween é afastar-se dos outros, isolar-se deles, recolher-se nos seus próprios medos, recordam os bispos da França.

O "Halloween" é uma festa do negativo: o medo, o susto, a morte anónima, a angústia. A solenidade de Todos os Santos é uma festa do positivo: a proximidade com os mortos da família, a memória dos outros. Os santos foram pessoas que, desejosas de seguir o Evangelho, amaram os outros, devotaram-se em corpo e alma pela humanidade sofredora. São modelos de vida.

31-10?Todos os Santos? expressa Esperança Católica, Halloween a ?festa do medo?, dizem Bispos da França a.jpg

Sugestões dos Bispos: Viver Todos os Santos em família

Algumas sugestões: viver Todos os Santos em Família, rezar com os santos padroeiros ou com um santo particularmente querido à família; a visita aos cemitérios, que muitas vezes se realiza a 1 de novembro, é uma oportunidade para falar da esperança cristã e da fé na ressurreição; ler a história ou a vida de um santo e comentar.
Ao sugerir que vá à missa de Todos os Santos, os Bispos Franceses recordam que nesse dia é proclamado o Evangelho das Bem-aventuranças. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações www.eglise.catholique.fr)

 


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A mostra é uma verdadeira viagem na descoberta de como a Bíblia é um texto em movimento, centrado ...
 
O anúncio foi realizado durante Missa presidida pelo Núncio Apostólico no Uruguai, Dom Martin Kre ...
 
"Nós confiamos: Deus tem um plano para Emma". Estaremos juntos na eternidade. ...
 
Ricardo Henry Marques Dip é desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo desde janeiro de 20 ...
 
O evento desembarca em solo tocantinense pela segunda vez inspirado no tema “Uma jovem chamada Mar ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading