Loading
 
 
 
Loading
 
Cardeal Rocha reflete o valor religioso do Dia de Finados
Loading
 
3 de Novembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Brasília (Sexta-feira, 03-11-2017, Gaudium Press) "Manifestamos o amor e a gratidão pelos falecidos e, de modo especial, expressamos a fé em Cristo Ressuscitado, a fé na ressurreição dos mortos e na vida eterna", expressou o Cardeal Sérgio da Rocha, Arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, sobre a comemoração de Todos os Fiéis Defuntos, chamada popularmente de Dia de Finados, celebrada pela Igreja no Brasil nesta quinta-feira, 2 de novembro.

Cardeal Rocha reflete o valor religioso do Dia de Finados.jpg

A Comemoração dos Fiéis Defuntos é um período dedicado às orações pelos amigos e familiares falecidos. Gesto este que, para Dom Sergio, não se reduz ao sinal de amor e gratidão, pois "é acima de tudo, um gesto de fé e esperança".

De acordo com o cardeal, o Dia de Finados também é ocasião para refletir "sobre o modo como estamos caminhando neste mundo rumo à morada eterna que o Senhor preparou para nós", uma vez que "é importante dar passos de conversão sincera rumo à vida eterna".

Sabendo que esta é uma tradição da Igreja, de honrar a memória dos defuntos, o que remete aos primeiros tempos do cristianismo, Dom Sergio recordou que o Catecismo também ensina este costume e destacou que, de modo especial, era oferecido o sacrifício eucarístico, a fim de que, purificados, os falecidos pudessem chegar à visão beatífica de Deus.

Ainda segundo Dom Sérgio, "a Palavra de Deus vem iluminar e trazer esperança para todos diante da morte. O Evangelho nos assegura que a vontade do Pai, cumprida plenamente por Jesus, é que ninguém se perca, mas que alcance a ressurreição". (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações CNBB

 

Loading
Cardeal Rocha reflete o valor religioso do Dia de Finados

Brasília (Sexta-feira, 03-11-2017, Gaudium Press) "Manifestamos o amor e a gratidão pelos falecidos e, de modo especial, expressamos a fé em Cristo Ressuscitado, a fé na ressurreição dos mortos e na vida eterna", expressou o Cardeal Sérgio da Rocha, Arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, sobre a comemoração de Todos os Fiéis Defuntos, chamada popularmente de Dia de Finados, celebrada pela Igreja no Brasil nesta quinta-feira, 2 de novembro.

Cardeal Rocha reflete o valor religioso do Dia de Finados.jpg

A Comemoração dos Fiéis Defuntos é um período dedicado às orações pelos amigos e familiares falecidos. Gesto este que, para Dom Sergio, não se reduz ao sinal de amor e gratidão, pois "é acima de tudo, um gesto de fé e esperança".

De acordo com o cardeal, o Dia de Finados também é ocasião para refletir "sobre o modo como estamos caminhando neste mundo rumo à morada eterna que o Senhor preparou para nós", uma vez que "é importante dar passos de conversão sincera rumo à vida eterna".

Sabendo que esta é uma tradição da Igreja, de honrar a memória dos defuntos, o que remete aos primeiros tempos do cristianismo, Dom Sergio recordou que o Catecismo também ensina este costume e destacou que, de modo especial, era oferecido o sacrifício eucarístico, a fim de que, purificados, os falecidos pudessem chegar à visão beatífica de Deus.

Ainda segundo Dom Sérgio, "a Palavra de Deus vem iluminar e trazer esperança para todos diante da morte. O Evangelho nos assegura que a vontade do Pai, cumprida plenamente por Jesus, é que ninguém se perca, mas que alcance a ressurreição". (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações CNBB

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/90993-Cardeal-Rocha-reflete-o-valor-religioso-do-Dia-de-Finados. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, foi enviado para Luanda, por ocasião ...
 
Ele lhe disse: ‘Filha, a tua fé te curou. Vai em paz e fica curada dessa doença’” (Mc 5, 22 ...
 
Após 11 anos de trabalhos, a nova versão da Bíblia será apresentada durante a reunião do Consel ...
 
Uma perseguição religiosa anti-cristã ensanguentou a Espanha entre 1936 e 1937. ...
 
Após a Santa Missa, diante da capela de San Cristoforo, Dom Francesco Moraglia, abençoou as coroas ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading