Loading
 
 
 
Loading
 
Papa convida alunos do Colégio Ucraniano a estudar a Doutrina Social da Igreja
Loading
 
10 de Novembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 10-11-2017, Gaudium Press) Cento e trinta membros do Pontifício Colégio Ucraniano de São Josafá, em Roma, foram recebidos pelo Papa Francisco na quinta-feira, 09/11, na Sala Clementina, no Vaticano.

Pio XI pediu construção do Colégio

Dirigindo-se aos participantes da Audiência, logo no início de suas palavras, Francisco recordou que o encontro estava sendo realizado 85 anos depois da construção do colégio que foi fruto de um pedido do Papa Pio XI.

Pio XI "foi o promotor de uma iniciativa que mostrava a atenção especial e concreta dos Sucessores de Pedro pelos fiéis da Igreja provenientes daquela área de sofrimento e perseguição, que desta forma podiam sentir-se aqui, em Roma, como filhos amados que moram e crescem numa casa, preparando-se para a missão apostólica como diáconos e sacerdotes."

Recordando que Pio XI, durante os anos de seu pontificado, enfrentou vários desafios da época e que sempre levantou a sua voz firme na defesa da fé, da liberdade da Igreja e da dignidade de cada pessoa humana, o Pontífice afirmou:

Futuros Sacerdotes

Ele "condenou claramente, através de discursos e cartas, as ideologias ateias e desumanas que ensanguentaram o século XX. Evidenciou suas contradições, indicando à Igreja o caminho mestre do Evangelho, também colocado em prática na busca da justiça social, dimensão imprescindível do resgate humano de povos e nações. 

Como futuros sacerdotes, os convido a estudar a Doutrina Social da Igreja a fim de amadurecerem no discernimento e julgamento das realidades sociais em que vocês serão chamados a trabalhar."

Francisco destacou ainda que o mundo atual está ferido por guerras e violência, e que a Ucrânia vive esse drama que traz sofrimentos enormes, sobretudo nas áreas atingidas que se tornaram ainda mais vulneráveis devido ao inverno rigoroso que se aproxima.

10-11-Zarvanytsya Santuário.jpg

Santuário Nacional de Zarvanytsya

O Pontífice recordou em seu discurso o Santuário Nacional de Zarvanytsya e disse que Maria deseja que os sacerdotes de seu Filho sejam como as velas acesas nas noites de vigília neste santuário, para recordar a todos, especialmente aos pobres, aos sofredores, e aos que fazem o mal e semeiam violência e destruição, que "o povo que andava nas trevas viu uma grande luz, e uma luz brilhou para os que habitavam um país tenebroso". (JSG)

 

 

Loading
Papa convida alunos do Colégio Ucraniano a estudar a Doutrina Social da Igreja

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 10-11-2017, Gaudium Press) Cento e trinta membros do Pontifício Colégio Ucraniano de São Josafá, em Roma, foram recebidos pelo Papa Francisco na quinta-feira, 09/11, na Sala Clementina, no Vaticano.

Pio XI pediu construção do Colégio

Dirigindo-se aos participantes da Audiência, logo no início de suas palavras, Francisco recordou que o encontro estava sendo realizado 85 anos depois da construção do colégio que foi fruto de um pedido do Papa Pio XI.

Pio XI "foi o promotor de uma iniciativa que mostrava a atenção especial e concreta dos Sucessores de Pedro pelos fiéis da Igreja provenientes daquela área de sofrimento e perseguição, que desta forma podiam sentir-se aqui, em Roma, como filhos amados que moram e crescem numa casa, preparando-se para a missão apostólica como diáconos e sacerdotes."

Recordando que Pio XI, durante os anos de seu pontificado, enfrentou vários desafios da época e que sempre levantou a sua voz firme na defesa da fé, da liberdade da Igreja e da dignidade de cada pessoa humana, o Pontífice afirmou:

Futuros Sacerdotes

Ele "condenou claramente, através de discursos e cartas, as ideologias ateias e desumanas que ensanguentaram o século XX. Evidenciou suas contradições, indicando à Igreja o caminho mestre do Evangelho, também colocado em prática na busca da justiça social, dimensão imprescindível do resgate humano de povos e nações. 

Como futuros sacerdotes, os convido a estudar a Doutrina Social da Igreja a fim de amadurecerem no discernimento e julgamento das realidades sociais em que vocês serão chamados a trabalhar."

Francisco destacou ainda que o mundo atual está ferido por guerras e violência, e que a Ucrânia vive esse drama que traz sofrimentos enormes, sobretudo nas áreas atingidas que se tornaram ainda mais vulneráveis devido ao inverno rigoroso que se aproxima.

10-11-Zarvanytsya Santuário.jpg

Santuário Nacional de Zarvanytsya

O Pontífice recordou em seu discurso o Santuário Nacional de Zarvanytsya e disse que Maria deseja que os sacerdotes de seu Filho sejam como as velas acesas nas noites de vigília neste santuário, para recordar a todos, especialmente aos pobres, aos sofredores, e aos que fazem o mal e semeiam violência e destruição, que "o povo que andava nas trevas viu uma grande luz, e uma luz brilhou para os que habitavam um país tenebroso". (JSG)

 

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/91155-Papa-convida-alunos-do-Colegio-Ucraniano-a-estudar-a-Doutrina-Social-da-Igreja. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

No próximo domingo, 24 de junho, a Catedral de Turim celebrará a festa do seu Padroeiro, São Joã ...
 
A proximidade dos Salesianos aos iemenitas fez com que a ordem religiosa promova neste sábado, 23, ...
 
Encontrar apoio na própria família é uma grande ajuda para os que dão este passo, e é uma grand ...
 
Conferência Episcopal do Peru comunica abertura de Centro de Auxílio a migrantes venezuelanos. ...
 
Confiança, Anúncio e Fraternidade: três palavras sobre as quais o Papa propôs aos verbitas uma r ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading