Loading
 
 
 
Loading
 
Igreja em Malawi reabre Seminário Maior fechado por falta de formadores
Loading
 
27 de Novembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Malawi - Kachebere (Segunda-feira, 27-11-2017, Gaudium Press) O Bispo de Karonga, Malawi, Dom Martin Mtumbuka, anunciou em uma coletiva de imprensa no Seminário Maior de Kachebere em Mchinji a notícia da reabertura deste, após uma decisão tomada pela Conferência de Bispos que resolveu as dificuldades que levaram ao encerramento das atividades no centro de formação desde abril de 2017.

Igreja em Malawi reabre Seminário Maior fechado por falta de formadores.jpg

"O propósito do Seminário é formar seminaristas para que sejam bons sacerdotes no futuro", expôs o prelado. "Um sacerdote não é mais uma pessoa para si mesmo, mas uma pessoa da Igreja e dos cristãos. Não queremos sacerdotes que não estejam bem informados". Os Bispos convocaram formadores de várias Dioceses para concluir o ciclo anterior, e enviaram sacerdotes a realizar estudos para que possam tornar-se formadores. Enquanto isto avança, a formação foi encomendada em um período de cinco anos à Companhia de Sacerdotes de São Sulpício.

Dom Mtumbuka explicou que a congregação escolhida se dedica especialmente à formação de sacerdotes e que viajarão desde a Zâmbia para encarregar-se da educação dos seminaristas desde o mês de março. Aos aspirantes ao sacerdócio lhes pediu ser obedientes como soldados de Cristo e trabalhar duro em suas aulas.

"Os Bispos queremos bons sacerdotes e isto é o que deve ser feito", acrescentou o Bispo. "Quando os cristãos não tem um sacerdote, se queixam, mas quando lhes dá um mal sacerdote, vão chorar. Por isso necessitamos somente de bons sacerdotes". (EPC)

Loading
Igreja em Malawi reabre Seminário Maior fechado por falta de formadores

Malawi - Kachebere (Segunda-feira, 27-11-2017, Gaudium Press) O Bispo de Karonga, Malawi, Dom Martin Mtumbuka, anunciou em uma coletiva de imprensa no Seminário Maior de Kachebere em Mchinji a notícia da reabertura deste, após uma decisão tomada pela Conferência de Bispos que resolveu as dificuldades que levaram ao encerramento das atividades no centro de formação desde abril de 2017.

Igreja em Malawi reabre Seminário Maior fechado por falta de formadores.jpg

"O propósito do Seminário é formar seminaristas para que sejam bons sacerdotes no futuro", expôs o prelado. "Um sacerdote não é mais uma pessoa para si mesmo, mas uma pessoa da Igreja e dos cristãos. Não queremos sacerdotes que não estejam bem informados". Os Bispos convocaram formadores de várias Dioceses para concluir o ciclo anterior, e enviaram sacerdotes a realizar estudos para que possam tornar-se formadores. Enquanto isto avança, a formação foi encomendada em um período de cinco anos à Companhia de Sacerdotes de São Sulpício.

Dom Mtumbuka explicou que a congregação escolhida se dedica especialmente à formação de sacerdotes e que viajarão desde a Zâmbia para encarregar-se da educação dos seminaristas desde o mês de março. Aos aspirantes ao sacerdócio lhes pediu ser obedientes como soldados de Cristo e trabalhar duro em suas aulas.

"Os Bispos queremos bons sacerdotes e isto é o que deve ser feito", acrescentou o Bispo. "Quando os cristãos não tem um sacerdote, se queixam, mas quando lhes dá um mal sacerdote, vão chorar. Por isso necessitamos somente de bons sacerdotes". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/91494-Igreja-em-Malawi-reabre-Seminario-Maior-fechado-por-falta-de-formadores. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Reportagem exclusiva à Gaudium Press traz esclarecimentos sobre o comissariado dos Arautos do Evan ...
 
"Não envelhecemos por termos vivido um certo número de anos. Ficamos velhos porque desertamos de n ...
 
Nascida na Itália, Santa Francisca Xavier Cabrini adotou a cidadania estado-unidense, realizando um ...
 
O Papa Francisco visitará o Japão de 23 a 26 de novembro e se encontrará os 440.893 católicos do ...
 
A fama de santidade de Beata Benigna começou logo após o seu martírio, há mais de 70 anos. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading