Loading
 
 
 
Loading
 
Papa se dirige a autoridades governamentais e corpo diplomático em Myanmar
Loading
 
28 de Novembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Myanmar - Naiyipdó (Terça-feira, 28-11-2017, Gaudium Press) Hoje às 17h locais, o Papa Francisco se dirigiu às autoridades governamentais, sociedade civil e Corpo Diplomático creditado em Myanmar, em alocução que ocorreu no 'International Convention Center' da capital do país. Em primeiro lugar, o Pontífice agradeceu o amável convite feito pelas autoridades nacionais para visitar sua pátria, e o fez também com as amáveis palavras que lhe foram dirigidas pela Conselheira de Estado, Aung San Suu Kyi, que é Chefe de Estado.

"Estou muito contente de que minha visita se realize após o estabelecimento de relações diplomáticas formais entre Myanmar e a Santa Sé. Quero ver esta decisão como um sinal do compromisso da nação para continuar buscando o diálogo e a cooperação construtiva dentro da comunidade internacional, assim como também para seguir esforçando-se em renovar o tecido da sociedade civil", expressou o Pontífice.

O Papa manifestou igualmente, o desejo que sua visita anime a todos aqueles que trabalham para construir uma "ordem social justa, reconciliadora e inclusiva".

"Myanmar tem sido abençoado com o dom de uma beleza extraordinária e de numerosos recursos naturais, mas seu maior tesouro é sem dúvida sua gente, que sofreu e segue sofrendo por causa dos conflitos civis e das hostilidades que durante muito tempo criaram profundas divisões", disse.

O Pontífice teve também especiais palavras para os jovens, dos quais depende o futuro da nação. São eles um "presente que temos que apreciar e alentar, um investimento que produzirá um fruto abundante se lhes forem oferecidas oportunidades reais de emprego e uma educação de qualidade", educação que não deve ser somente técnica mas "sobretudo nos valores éticos da honestidade, a integridade e a solidariedade humana".

Igualmente o Papa Francisco teve particulares expressões à comunidade católica que habita o país, a quem instou a "perseverar em sua Fé e a seguir anunciando sua mensagem de reconciliação e fraternidade através de obras de caridade e humanitárias, que beneficiem a toda a sociedade em seu conjunto". (EPC)

Loading
Papa se dirige a autoridades governamentais e corpo diplomático em Myanmar

Myanmar - Naiyipdó (Terça-feira, 28-11-2017, Gaudium Press) Hoje às 17h locais, o Papa Francisco se dirigiu às autoridades governamentais, sociedade civil e Corpo Diplomático creditado em Myanmar, em alocução que ocorreu no 'International Convention Center' da capital do país. Em primeiro lugar, o Pontífice agradeceu o amável convite feito pelas autoridades nacionais para visitar sua pátria, e o fez também com as amáveis palavras que lhe foram dirigidas pela Conselheira de Estado, Aung San Suu Kyi, que é Chefe de Estado.

"Estou muito contente de que minha visita se realize após o estabelecimento de relações diplomáticas formais entre Myanmar e a Santa Sé. Quero ver esta decisão como um sinal do compromisso da nação para continuar buscando o diálogo e a cooperação construtiva dentro da comunidade internacional, assim como também para seguir esforçando-se em renovar o tecido da sociedade civil", expressou o Pontífice.

O Papa manifestou igualmente, o desejo que sua visita anime a todos aqueles que trabalham para construir uma "ordem social justa, reconciliadora e inclusiva".

"Myanmar tem sido abençoado com o dom de uma beleza extraordinária e de numerosos recursos naturais, mas seu maior tesouro é sem dúvida sua gente, que sofreu e segue sofrendo por causa dos conflitos civis e das hostilidades que durante muito tempo criaram profundas divisões", disse.

O Pontífice teve também especiais palavras para os jovens, dos quais depende o futuro da nação. São eles um "presente que temos que apreciar e alentar, um investimento que produzirá um fruto abundante se lhes forem oferecidas oportunidades reais de emprego e uma educação de qualidade", educação que não deve ser somente técnica mas "sobretudo nos valores éticos da honestidade, a integridade e a solidariedade humana".

Igualmente o Papa Francisco teve particulares expressões à comunidade católica que habita o país, a quem instou a "perseverar em sua Fé e a seguir anunciando sua mensagem de reconciliação e fraternidade através de obras de caridade e humanitárias, que beneficiem a toda a sociedade em seu conjunto". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/91514-Papa-se-dirige-a-autoridades-governamentais-e-corpo-diplomatico-em-Myanmar. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

No próximo domingo, 24 de junho, a Catedral de Turim celebrará a festa do seu Padroeiro, São Joã ...
 
A proximidade dos Salesianos aos iemenitas fez com que a ordem religiosa promova neste sábado, 23, ...
 
Encontrar apoio na própria família é uma grande ajuda para os que dão este passo, e é uma grand ...
 
Conferência Episcopal do Peru comunica abertura de Centro de Auxílio a migrantes venezuelanos. ...
 
Confiança, Anúncio e Fraternidade: três palavras sobre as quais o Papa propôs aos verbitas uma r ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading