Loading
 
 
 
Loading
 
Católicos Iraquianos celebram festa religiosa no Santuário de Mar Behnam.
Loading
 
12 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Qaraqosh - Iraque (Terça-feira, 12-12-2017, Gaudium Press) Centenas de católicos iraquianos puderam participar neste último domingo, 10 de dezembro, das celebrações e das festas religiosas de São Behnam, no Santuário onde são guardadas as relíquias do Santo.

12-12Católicos Iraquianos celebram festa religiosa no Santuário de Mar Behnam.jpg

O Mosteiro de São Behnam, (Mar Behnam para os iraquianos) fica a poucos quilómetros da cidade de Qaraqosh, na Planície de Nínive, e atualmente está em fase de reconstrução, depois de ter sofrido grandes devastações nas mãos dos milicianos jihadistas do "Estado Islâmico", o Daesh.

O projeto de reconstrução desse importante lugar de culto está sendo patrocinado, sobretudo, pela associação francesa "Fraternité en Irak".

A participação de milhares de fiéis que participam ao ar livre das liturgias eucarísticas têm sido um sinal claro e muito importante da vontade dos católicos iraquianos de voltar a viver sua própria vida cotidiana que costumam ser marcadas por festas e celebrações do ano litúrgico nos lugares onde eles têm raízes.

Ato terrorista expulsa fiéis

Em Julho de 2014 os milicianos jihadistas do denominado "Califado Islâmico" expulsaram os três monges sírio-católicos que haviam rezavam todos os ofícios e horas litúrgicas até o dia anterior.

Algumas famílias que viviam junto ao mosteiro também foram expulsas.

A partir daí a preocupação cresceu. O destino do patrimônio religioso, cultural e histórico que é guardado no mosteiro desde o século IV e que foi dedicado ao príncipe mártir assírio Behnam e a sua irmã Sarah estava seriamente ameaçado.

Aquele lugar é dos mais antigos e venerados do cristianismo siríaco: pouco tempo depois da ocupação terrorista, em 2014, eles eliminaram as cruzes e queimaram os manuscritos antigos do Mosteiro e em 2015 eles o dinamitaram e não pouparam nem o túmulo de São Behnnam.

No último mês de julho, unidades de proteção da Planície de Nínive (NPU) prenderam alguns milicianos e os causaram de haver saqueado casas e Igrejas cristãs e o próprio Mosteiro de Mar Behnam. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com Informações FIDES)

 

Loading
Católicos Iraquianos celebram festa religiosa no Santuário de Mar Behnam.

Qaraqosh - Iraque (Terça-feira, 12-12-2017, Gaudium Press) Centenas de católicos iraquianos puderam participar neste último domingo, 10 de dezembro, das celebrações e das festas religiosas de São Behnam, no Santuário onde são guardadas as relíquias do Santo.

12-12Católicos Iraquianos celebram festa religiosa no Santuário de Mar Behnam.jpg

O Mosteiro de São Behnam, (Mar Behnam para os iraquianos) fica a poucos quilómetros da cidade de Qaraqosh, na Planície de Nínive, e atualmente está em fase de reconstrução, depois de ter sofrido grandes devastações nas mãos dos milicianos jihadistas do "Estado Islâmico", o Daesh.

O projeto de reconstrução desse importante lugar de culto está sendo patrocinado, sobretudo, pela associação francesa "Fraternité en Irak".

A participação de milhares de fiéis que participam ao ar livre das liturgias eucarísticas têm sido um sinal claro e muito importante da vontade dos católicos iraquianos de voltar a viver sua própria vida cotidiana que costumam ser marcadas por festas e celebrações do ano litúrgico nos lugares onde eles têm raízes.

Ato terrorista expulsa fiéis

Em Julho de 2014 os milicianos jihadistas do denominado "Califado Islâmico" expulsaram os três monges sírio-católicos que haviam rezavam todos os ofícios e horas litúrgicas até o dia anterior.

Algumas famílias que viviam junto ao mosteiro também foram expulsas.

A partir daí a preocupação cresceu. O destino do patrimônio religioso, cultural e histórico que é guardado no mosteiro desde o século IV e que foi dedicado ao príncipe mártir assírio Behnam e a sua irmã Sarah estava seriamente ameaçado.

Aquele lugar é dos mais antigos e venerados do cristianismo siríaco: pouco tempo depois da ocupação terrorista, em 2014, eles eliminaram as cruzes e queimaram os manuscritos antigos do Mosteiro e em 2015 eles o dinamitaram e não pouparam nem o túmulo de São Behnnam.

No último mês de julho, unidades de proteção da Planície de Nínive (NPU) prenderam alguns milicianos e os causaram de haver saqueado casas e Igrejas cristãs e o próprio Mosteiro de Mar Behnam. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com Informações FIDES)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/91773-Catolicos-Iraquianos-celebram-festa-religiosa-no-Santuario-de-Mar-Behnam-. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A proposta da iniciativa é contribuir para preservar a arte-sacra e outros patrimônios histórico- ...
 
A solenidade contou com a presença do Arcebispo Dom Antonio Muniz, além de autoridades civis e ecl ...
 
O intuito do mês missionário é sensibilizar e despertar vocações missionárias. ...
 
Na missa na Casa Santa Marta, o Papa recorda a sedução do escândalo e o poder destrutivo da comun ...
 
A abundância de candidatos ao sacerdócio é tão grande que muitos tem que esperar devido a falta ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading