Loading
 
 
 
Loading
 
Católicos Iraquianos celebram festa religiosa no Santuário de Mar Behnam.
Loading
 
12 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Qaraqosh - Iraque (Terça-feira, 12-12-2017, Gaudium Press) Centenas de católicos iraquianos puderam participar neste último domingo, 10 de dezembro, das celebrações e das festas religiosas de São Behnam, no Santuário onde são guardadas as relíquias do Santo.

12-12Católicos Iraquianos celebram festa religiosa no Santuário de Mar Behnam.jpg

O Mosteiro de São Behnam, (Mar Behnam para os iraquianos) fica a poucos quilómetros da cidade de Qaraqosh, na Planície de Nínive, e atualmente está em fase de reconstrução, depois de ter sofrido grandes devastações nas mãos dos milicianos jihadistas do "Estado Islâmico", o Daesh.

O projeto de reconstrução desse importante lugar de culto está sendo patrocinado, sobretudo, pela associação francesa "Fraternité en Irak".

A participação de milhares de fiéis que participam ao ar livre das liturgias eucarísticas têm sido um sinal claro e muito importante da vontade dos católicos iraquianos de voltar a viver sua própria vida cotidiana que costumam ser marcadas por festas e celebrações do ano litúrgico nos lugares onde eles têm raízes.

Ato terrorista expulsa fiéis

Em Julho de 2014 os milicianos jihadistas do denominado "Califado Islâmico" expulsaram os três monges sírio-católicos que haviam rezavam todos os ofícios e horas litúrgicas até o dia anterior.

Algumas famílias que viviam junto ao mosteiro também foram expulsas.

A partir daí a preocupação cresceu. O destino do patrimônio religioso, cultural e histórico que é guardado no mosteiro desde o século IV e que foi dedicado ao príncipe mártir assírio Behnam e a sua irmã Sarah estava seriamente ameaçado.

Aquele lugar é dos mais antigos e venerados do cristianismo siríaco: pouco tempo depois da ocupação terrorista, em 2014, eles eliminaram as cruzes e queimaram os manuscritos antigos do Mosteiro e em 2015 eles o dinamitaram e não pouparam nem o túmulo de São Behnnam.

No último mês de julho, unidades de proteção da Planície de Nínive (NPU) prenderam alguns milicianos e os causaram de haver saqueado casas e Igrejas cristãs e o próprio Mosteiro de Mar Behnam. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com Informações FIDES)

 

Loading
Católicos Iraquianos celebram festa religiosa no Santuário de Mar Behnam.

Qaraqosh - Iraque (Terça-feira, 12-12-2017, Gaudium Press) Centenas de católicos iraquianos puderam participar neste último domingo, 10 de dezembro, das celebrações e das festas religiosas de São Behnam, no Santuário onde são guardadas as relíquias do Santo.

12-12Católicos Iraquianos celebram festa religiosa no Santuário de Mar Behnam.jpg

O Mosteiro de São Behnam, (Mar Behnam para os iraquianos) fica a poucos quilómetros da cidade de Qaraqosh, na Planície de Nínive, e atualmente está em fase de reconstrução, depois de ter sofrido grandes devastações nas mãos dos milicianos jihadistas do "Estado Islâmico", o Daesh.

O projeto de reconstrução desse importante lugar de culto está sendo patrocinado, sobretudo, pela associação francesa "Fraternité en Irak".

A participação de milhares de fiéis que participam ao ar livre das liturgias eucarísticas têm sido um sinal claro e muito importante da vontade dos católicos iraquianos de voltar a viver sua própria vida cotidiana que costumam ser marcadas por festas e celebrações do ano litúrgico nos lugares onde eles têm raízes.

Ato terrorista expulsa fiéis

Em Julho de 2014 os milicianos jihadistas do denominado "Califado Islâmico" expulsaram os três monges sírio-católicos que haviam rezavam todos os ofícios e horas litúrgicas até o dia anterior.

Algumas famílias que viviam junto ao mosteiro também foram expulsas.

A partir daí a preocupação cresceu. O destino do patrimônio religioso, cultural e histórico que é guardado no mosteiro desde o século IV e que foi dedicado ao príncipe mártir assírio Behnam e a sua irmã Sarah estava seriamente ameaçado.

Aquele lugar é dos mais antigos e venerados do cristianismo siríaco: pouco tempo depois da ocupação terrorista, em 2014, eles eliminaram as cruzes e queimaram os manuscritos antigos do Mosteiro e em 2015 eles o dinamitaram e não pouparam nem o túmulo de São Behnnam.

No último mês de julho, unidades de proteção da Planície de Nínive (NPU) prenderam alguns milicianos e os causaram de haver saqueado casas e Igrejas cristãs e o próprio Mosteiro de Mar Behnam. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com Informações FIDES)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/91773-Catolicos-Iraquianos-celebram-festa-religiosa-no-Santuario-de-Mar-Behnam-. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

As homenagens a Padroeira do Rio Grande do Sul foram inspiradas pelo tema “A jovem chamada Maria, ...
 
Curso vai ser ministrado na Pontifícia Universidade Lateranense, de Roma ...
 
Esta será a segunda visita de um Papa ao Marrocos, nação que acolheu São João Paulo II, em 1985 ...
 
Os escoteiros do Brasil têm atuado em convênios com os comitês locais da JMJ e o comitê interame ...
 
"Que esse lamentável fato em Niterói, no Ano do Leigo, possa nos aproximar mais de Deus", expresso ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading