Loading
 
 
 
Loading
 
Mensagem de Natal de Dom Antônio Marto recorda que Deus se fez pequeno para aproximar-se mais de nós
Loading
 
19 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Fátima - Portugal (Terça-feira, 19-12-2017, Gaudium Press) O bispo de Leiria-Fátima, em Portugal, Dom Antônio Marto, tornou pública a Mensagem de Natal ,2017 dirigida a seus diocesanos.

19-12Dom Antonio Marto.jpg


O prelado português afirma que o Natal é um convite dirigido a todos à alegria, à fraternidade e à esperança e desafiou as comunidades diocesanas a não ficarem indiferentes e a deixarem-se surpreender por um Deus que é amor.

"Não deixemos que nos roubem o autêntico Natal"

"O verdadeiro Natal de Cristo gera um novo despertar de fraternidade, partilha e solidariedade com os que à nossa volta conhecem a solidão, a pobreza, a precariedade", afirma Dom Antônio Marto na mensagem de Natal 2017 que tem como título: "Não deixemos que nos roubem o autêntico Natal".

Recorrendo à simbologia do presépio e à figura dos pastores "a quem foi feito o primeiro anúncio do Natal de Jesus" e que "estão lá como representantes dos mais pobres, frágeis, necessitados e descartados da nossa sociedade", Dom António desenvolve seu pensamento:

"Neste Natal não podemos faltar-lhes com a nossa solidariedade generosa", "de modo particular as vítimas dos incêndios", que trouxeram muito sofrimento para as comunidades diocesanas de Leiria-Fátima.

Mãos que acolhem

"Benditas as mãos que se abrem para acolher os pobres e socorrê-los: são mãos que levam esperança". Benditas as mãos que derramam óleo de consolação nas chagas da humanidade, diz o bispo recordando palavras do Papa.

Deus se faz pequeno para não termos medo dele

"Deus faz-se pequeno para que não tenhamos medo de O receber nos braços; faz-se pequeno para que os mais pobres e humilhados não tenham medo Dele e Nele encontrem acolhimento como os pastores de Belém; faz-se pequeno para tocar o coração dos poderosos deste mundo. É este o rosto que nós contemplamos no Natal! ", afirma o bispo de Leiria-Fátima.

Apelo

O prelado diocesano apela também para uma adesão massiva dos cristãos à campanha "10 milhões de estrelas, um gesto pela Paz", promovida pela Cáritas Internacional e levada a cabo pela Caritas diocesana e cujas receitas este ano serão destinadas também para as dos incêndios.

Autêntico Natal: vivido na Fé, alegria, esperança

"Nesta festa de Natal, em que celebramos o centésimo aniversário da restauração da nossa querida diocese de Leiria-Fátima, não deixemos que nos roubem o autêntico Natal celebrado e vivido na fé, na alegria, na partilha, na generosidade e na esperança! ", enfatiza Dom Antônio Marto encerrando sua Mensagem natalina 2017. (JSG)

 

Loading
Mensagem de Natal de Dom Antônio Marto recorda que Deus se fez pequeno para aproximar-se mais de nós

Fátima - Portugal (Terça-feira, 19-12-2017, Gaudium Press) O bispo de Leiria-Fátima, em Portugal, Dom Antônio Marto, tornou pública a Mensagem de Natal ,2017 dirigida a seus diocesanos.

19-12Dom Antonio Marto.jpg


O prelado português afirma que o Natal é um convite dirigido a todos à alegria, à fraternidade e à esperança e desafiou as comunidades diocesanas a não ficarem indiferentes e a deixarem-se surpreender por um Deus que é amor.

"Não deixemos que nos roubem o autêntico Natal"

"O verdadeiro Natal de Cristo gera um novo despertar de fraternidade, partilha e solidariedade com os que à nossa volta conhecem a solidão, a pobreza, a precariedade", afirma Dom Antônio Marto na mensagem de Natal 2017 que tem como título: "Não deixemos que nos roubem o autêntico Natal".

Recorrendo à simbologia do presépio e à figura dos pastores "a quem foi feito o primeiro anúncio do Natal de Jesus" e que "estão lá como representantes dos mais pobres, frágeis, necessitados e descartados da nossa sociedade", Dom António desenvolve seu pensamento:

"Neste Natal não podemos faltar-lhes com a nossa solidariedade generosa", "de modo particular as vítimas dos incêndios", que trouxeram muito sofrimento para as comunidades diocesanas de Leiria-Fátima.

Mãos que acolhem

"Benditas as mãos que se abrem para acolher os pobres e socorrê-los: são mãos que levam esperança". Benditas as mãos que derramam óleo de consolação nas chagas da humanidade, diz o bispo recordando palavras do Papa.

Deus se faz pequeno para não termos medo dele

"Deus faz-se pequeno para que não tenhamos medo de O receber nos braços; faz-se pequeno para que os mais pobres e humilhados não tenham medo Dele e Nele encontrem acolhimento como os pastores de Belém; faz-se pequeno para tocar o coração dos poderosos deste mundo. É este o rosto que nós contemplamos no Natal! ", afirma o bispo de Leiria-Fátima.

Apelo

O prelado diocesano apela também para uma adesão massiva dos cristãos à campanha "10 milhões de estrelas, um gesto pela Paz", promovida pela Cáritas Internacional e levada a cabo pela Caritas diocesana e cujas receitas este ano serão destinadas também para as dos incêndios.

Autêntico Natal: vivido na Fé, alegria, esperança

"Nesta festa de Natal, em que celebramos o centésimo aniversário da restauração da nossa querida diocese de Leiria-Fátima, não deixemos que nos roubem o autêntico Natal celebrado e vivido na fé, na alegria, na partilha, na generosidade e na esperança! ", enfatiza Dom Antônio Marto encerrando sua Mensagem natalina 2017. (JSG)

 


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Cardeal Arcebispo de Valência, Antonio Cañizares, afirmou aos poloneses que eles são “exemplo ...
 
As imagens peregrinas são réplicas fiéis da imagem venerada na Capela das Aparições do Santuár ...
 
O sangue do Papa João Paulo II deve chegar à Paróquia Sagrada Família em 26 de novembro próximo ...
 
Os exemplares de 1962 a 1979 do jornal Folha do Norte do Paraná estavam na Catedral Basílica Menor ...
 
Nos próximos dias serão iniciadas as instalações do presépio e da Árvore de Natal na Praça de ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading