Loading
 
 
 
Loading
 
Pietrelcina e San Giovanni Rotondo receberão visita do Papa, em março 2018
Loading
 
20 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 20-12-2017, Gaudium Press) Foi anunciada nesta terça-feira pelo Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Greg Burke, a primeira viagem do Papa Francisco, na Itália, no ano de 2018: no dia 17 de março o Papa visitará Pietrelcina e San Giovanni Rotondo.

Como se sabe, a cidade de Pietrelcina faz parte da Diocese de Benevento e a visita de Francisco se prende às comemorações do centenário da aparição dos estigmas da Paixão de Cristo no Corpo de São Pio no corpo de São Pio.

Já a visita do Pontífice à cidade de San Giovanni Rotondo, que está localizada na Diocese de Manfredonia-Vieste-San Giovanni Rotondo, é devida às comemorações a serem realizadas por ocasião dos 50 anos da morte de São Pio de Pietrelcina.

Programação e Roteiro

A viagem de Francisco terá início logo pelas 7 horas da manhã do dia 17 de março próximo. Partindo do heliporto do Vaticano, uma hora depois o Papa chega Pietrelcina, no heliporto de Piana Romana quando será recebido pelo Arcebispo de Benevento, Dom Felice Accrocca, e pelo Prefeito de Pietrelcina, Domenico Masone.

O Papa rezará por alguns instantes na Capela dos Estígmas construída em Piana Romana para marcar o local onde São Pio recebeu os estigmas invisíveis enquanto rezava debaixo de um olmo.

No átrio da Igreja, haverá o encontro com os fiéis, a saudação do Arcebispo de Benevento e o discurso do Papa Francisco. Depois, o Pontífice saudará a Comunidade dos Capuchinhos e um grupo de representantes dos fiéis.

O Papa Francisco deixa Piana Romana às 9 horas seguindo em direção a um ginásio esportivo de San Giovanni Rotondo, onde será acolhido por Dom Michele Castoro, Arcebispo de Manfredonia-Vieste-San Giovanni Rotondo, e pelo Prefeito de San Giovanni Rotondo, Costanzo Cascavilla.

Às 10horas, o Santo Padre visitará a repartição pediátrica de oncologia e às 11horas, celebrará a missa no átrio da Igreja de São Pio de Pietrelcina, ocasião em que, no final da celebração eucarística, haverá a saudação do arcebispo de San Giovanni Rotondo.
A seguir, o Papa irá cumprimentar a Comunidade dos Capuchinhos e um grupo de representantes dos fiéis.

Para as 12h45, está programado que o Santo Padre decolará do campo esportivo de San Giovanni Rotondo em direção a Roma e estando prevista sua chegará ao heliporto Vaticano para as 13h45.

São Pio de Pietrelcina

20-12 Padre-Pio.jpeg

Nasceu no dia 25 de maio de 1887 em Pietrelcina (Itália). Seu nome de batismo era Francesco Forgione.
Com quinze anos entrou no Noviciado da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, em Morcone, quando recebeu o nome de Frei Pio. Foi ordenado sacerdote em 10 de agosto de 1910 na Arquidiocese de Benevento.

Após a ordenação, o santo precisou ficar com sua família até 1916, por motivos de saúde. Em setembro deste ano foi enviado para o convento de San Giovanni Rotondo, onde permaneceu até a morte.

Ainda criança era muito assíduo nas coisas de Deus, com uma extraordinária devoção a Nossa Senhora e amor inigualável a Nosso Senhor Jesus Cristo.

Com dons extraordinários, tinha visões de Jesus e Maria e, desde pequeno tornou-se amigo de seu Anjo da Guarda, a quem recorria muitas vezes para auxiliá-lo em seu apostolado.

Conta a história que ele recomendava muitas vezes as pessoas a recorrerem ao seu Anjo da Guarda.
Abrasado pelo amor de Deus, marcado pelo sofrimento e profundamente imerso nas realidades sobrenaturais, Padre Pio recebeu os estigmas, sinais da Paixão de Jesus Cristo, em seu próprio corpo.

Entregando-se inteiramente ao Ministério da Confissão, buscava por meio desse sacramento aliviar os sofrimentos atrozes do coração de seus fiéis e libertá-los, assim, das garras do demônio.

Torturado, tentado e testado muitas vezes pelo maligno, esse grande santo sabia muito da sua astúcia no afã de desviar os filhos de Deus do caminho da fé.

Era madrugada do dia 23 de setembro de 1968, no seu quarto conventual com o terço entre os dedos repetindo o nome de Jesus e Maria, descansa em paz aquele que tinha abraçado a Cruz de Cristo, fazendo desta a ponte de ligação entre a terra e o céu.

Foi beatificado no dia 2 de maio de 1999 pelo Papa João Paulo II e canonizado no dia 16 de junho de 2002 também pelo saudoso Pontífice. Padre Pio dizia: "Ficarei na porta do Paraíso até o último dos meus filhos entrar!"  (JSG)

 

Loading
Pietrelcina e San Giovanni Rotondo receberão visita do Papa, em março 2018

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 20-12-2017, Gaudium Press) Foi anunciada nesta terça-feira pelo Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Greg Burke, a primeira viagem do Papa Francisco, na Itália, no ano de 2018: no dia 17 de março o Papa visitará Pietrelcina e San Giovanni Rotondo.

Como se sabe, a cidade de Pietrelcina faz parte da Diocese de Benevento e a visita de Francisco se prende às comemorações do centenário da aparição dos estigmas da Paixão de Cristo no Corpo de São Pio no corpo de São Pio.

Já a visita do Pontífice à cidade de San Giovanni Rotondo, que está localizada na Diocese de Manfredonia-Vieste-San Giovanni Rotondo, é devida às comemorações a serem realizadas por ocasião dos 50 anos da morte de São Pio de Pietrelcina.

Programação e Roteiro

A viagem de Francisco terá início logo pelas 7 horas da manhã do dia 17 de março próximo. Partindo do heliporto do Vaticano, uma hora depois o Papa chega Pietrelcina, no heliporto de Piana Romana quando será recebido pelo Arcebispo de Benevento, Dom Felice Accrocca, e pelo Prefeito de Pietrelcina, Domenico Masone.

O Papa rezará por alguns instantes na Capela dos Estígmas construída em Piana Romana para marcar o local onde São Pio recebeu os estigmas invisíveis enquanto rezava debaixo de um olmo.

No átrio da Igreja, haverá o encontro com os fiéis, a saudação do Arcebispo de Benevento e o discurso do Papa Francisco. Depois, o Pontífice saudará a Comunidade dos Capuchinhos e um grupo de representantes dos fiéis.

O Papa Francisco deixa Piana Romana às 9 horas seguindo em direção a um ginásio esportivo de San Giovanni Rotondo, onde será acolhido por Dom Michele Castoro, Arcebispo de Manfredonia-Vieste-San Giovanni Rotondo, e pelo Prefeito de San Giovanni Rotondo, Costanzo Cascavilla.

Às 10horas, o Santo Padre visitará a repartição pediátrica de oncologia e às 11horas, celebrará a missa no átrio da Igreja de São Pio de Pietrelcina, ocasião em que, no final da celebração eucarística, haverá a saudação do arcebispo de San Giovanni Rotondo.
A seguir, o Papa irá cumprimentar a Comunidade dos Capuchinhos e um grupo de representantes dos fiéis.

Para as 12h45, está programado que o Santo Padre decolará do campo esportivo de San Giovanni Rotondo em direção a Roma e estando prevista sua chegará ao heliporto Vaticano para as 13h45.

São Pio de Pietrelcina

20-12 Padre-Pio.jpeg

Nasceu no dia 25 de maio de 1887 em Pietrelcina (Itália). Seu nome de batismo era Francesco Forgione.
Com quinze anos entrou no Noviciado da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, em Morcone, quando recebeu o nome de Frei Pio. Foi ordenado sacerdote em 10 de agosto de 1910 na Arquidiocese de Benevento.

Após a ordenação, o santo precisou ficar com sua família até 1916, por motivos de saúde. Em setembro deste ano foi enviado para o convento de San Giovanni Rotondo, onde permaneceu até a morte.

Ainda criança era muito assíduo nas coisas de Deus, com uma extraordinária devoção a Nossa Senhora e amor inigualável a Nosso Senhor Jesus Cristo.

Com dons extraordinários, tinha visões de Jesus e Maria e, desde pequeno tornou-se amigo de seu Anjo da Guarda, a quem recorria muitas vezes para auxiliá-lo em seu apostolado.

Conta a história que ele recomendava muitas vezes as pessoas a recorrerem ao seu Anjo da Guarda.
Abrasado pelo amor de Deus, marcado pelo sofrimento e profundamente imerso nas realidades sobrenaturais, Padre Pio recebeu os estigmas, sinais da Paixão de Jesus Cristo, em seu próprio corpo.

Entregando-se inteiramente ao Ministério da Confissão, buscava por meio desse sacramento aliviar os sofrimentos atrozes do coração de seus fiéis e libertá-los, assim, das garras do demônio.

Torturado, tentado e testado muitas vezes pelo maligno, esse grande santo sabia muito da sua astúcia no afã de desviar os filhos de Deus do caminho da fé.

Era madrugada do dia 23 de setembro de 1968, no seu quarto conventual com o terço entre os dedos repetindo o nome de Jesus e Maria, descansa em paz aquele que tinha abraçado a Cruz de Cristo, fazendo desta a ponte de ligação entre a terra e o céu.

Foi beatificado no dia 2 de maio de 1999 pelo Papa João Paulo II e canonizado no dia 16 de junho de 2002 também pelo saudoso Pontífice. Padre Pio dizia: "Ficarei na porta do Paraíso até o último dos meus filhos entrar!"  (JSG)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/91929-Pietrelcina-e-San-Giovanni-Rotondo-receberao-visita-do-Papa--em-marco-2018. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A lei ultrapassa a relação entre Igreja e Estado, pois “os símbolos e as imagens que expressam ...
 
Dom Charles Jude Scicluna, será Secretário Adjunto da Congregação para a Doutrina da Fé. ...
 
Para o purpurado, foi uma oportunidade de aprender a partir da escuta, acolhida e discernimento dian ...
 
No ano de 2021, Santiago de Compostela celebrará mais um Ano Santo, acontecimento que ocorre sempre ...
 
A cerimônia de lançamento do Congresso aconteceu na Igreja do Santíssimo Coração Eucarístico d ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading