Loading
 
 
 
Loading
 
Arquidiocese de Florianópolis ganha dois novos diáconos transitórios
Loading
 
21 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Florianópolis - Santa Catarina (Quinta-feira, 21-12-2017, Gaudium Press) "Eis-me aqui, faça-se!" foi o lema que inspirou os seminaristas Eduardo Cardozo de Senna e Jair José Pereira, ordenados diáconos transitórios na manhã do último dia 16 de dezembro, na Igreja Matriz da Paróquia São Joaquim, em Garopaba, região sul da Arquidiocese de Florianópolis.

Arquidiocese de Florianópolis ganha dois novos diáconos transitórios.jpg

A cerimônia foi presidida pelo Arcebispo Dom Wilson Tadeu Jönck e concelebrada pelo bispo auxiliar emérito, Dom Vito Schlickmann, e por diversos sacerdotes.

Em sua homilia, Dom Wilson afirmou que a vocação é um chamado próprio. "O diácono é alguém que é chamado a abençoar as pessoas, que está ao serviço da caridade, da ajuda ao necessitado. A ajuda pode ser no sentido de amizade, de dar um conselho. Eduardo e Jair se colocam à serviço da santificação das pessoas da comunidade", disse.

Na sequência, Eduardo disse que aquele momento era de alegria, "até porque o caminho vocacional é longo, de espera e, também, de esperança". "Fico muito feliz da nossa ordenação ter sido realizada no Advento, que também é esse tempo de espera e de esperança e se concretizou, porque a espera jamais pode matar a nossa esperança", explicou.

O novo diácono continuou dizendo que ao longo da ordenação, "pude sentir a presença de Jesus, que é o exemplo do serviço, já que o diaconato tem, como palavra-chave, o serviço". "Então, nos colocamos à serviço da Igreja e do povo de Deus com essa alegria, com esse olhar fixo no grande modelo de serviço, o servo de Deus, que é o próprio Jesus. Também tendo como modelo e espelho Maria, uma vez que nosso lema foi ‘Eis-me aqui, faça-se'. Nossa Senhora também é esse modelo de serviço e se colocou nas mãos de Deus para que o projeto Dele fosse cumprido".

Após a homilia, houve o Rito de Ordenação Diaconal, marcado pela imposição das mãos e Ladainha dos Santos. Naquele momento, os neo-diáconos se prostram diante do altar, em total rendição à Deus.

"Queremos agradecer, louvar e bendizer a Deus, pela graça recebida. Louvar e agradecer a Deus pelos nossos familiares, meus pais que já se encontram no paraíso e o pai do Dudu, e a todos vocês, queridos irmãos e irmãs, parentes e amigos. Louvar e bendizer a Deus pelos nossos benfeitores que nos ajudaram, contribuíram com a nossa formação, seja material e espiritualmente. Louvar e agradecer a Deus pelos nossos padrinhos de ordenação aqui presentes. Louvar e agradecer a Deus pelo nosso clero, pelo dom da vida, a todos vocês. Louvar a Deus pelas vocações sacerdotais e religiosas", finalizou o Diácono Jair. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Florianópolis

Loading
Arquidiocese de Florianópolis ganha dois novos diáconos transitórios

Florianópolis - Santa Catarina (Quinta-feira, 21-12-2017, Gaudium Press) "Eis-me aqui, faça-se!" foi o lema que inspirou os seminaristas Eduardo Cardozo de Senna e Jair José Pereira, ordenados diáconos transitórios na manhã do último dia 16 de dezembro, na Igreja Matriz da Paróquia São Joaquim, em Garopaba, região sul da Arquidiocese de Florianópolis.

Arquidiocese de Florianópolis ganha dois novos diáconos transitórios.jpg

A cerimônia foi presidida pelo Arcebispo Dom Wilson Tadeu Jönck e concelebrada pelo bispo auxiliar emérito, Dom Vito Schlickmann, e por diversos sacerdotes.

Em sua homilia, Dom Wilson afirmou que a vocação é um chamado próprio. "O diácono é alguém que é chamado a abençoar as pessoas, que está ao serviço da caridade, da ajuda ao necessitado. A ajuda pode ser no sentido de amizade, de dar um conselho. Eduardo e Jair se colocam à serviço da santificação das pessoas da comunidade", disse.

Na sequência, Eduardo disse que aquele momento era de alegria, "até porque o caminho vocacional é longo, de espera e, também, de esperança". "Fico muito feliz da nossa ordenação ter sido realizada no Advento, que também é esse tempo de espera e de esperança e se concretizou, porque a espera jamais pode matar a nossa esperança", explicou.

O novo diácono continuou dizendo que ao longo da ordenação, "pude sentir a presença de Jesus, que é o exemplo do serviço, já que o diaconato tem, como palavra-chave, o serviço". "Então, nos colocamos à serviço da Igreja e do povo de Deus com essa alegria, com esse olhar fixo no grande modelo de serviço, o servo de Deus, que é o próprio Jesus. Também tendo como modelo e espelho Maria, uma vez que nosso lema foi ‘Eis-me aqui, faça-se'. Nossa Senhora também é esse modelo de serviço e se colocou nas mãos de Deus para que o projeto Dele fosse cumprido".

Após a homilia, houve o Rito de Ordenação Diaconal, marcado pela imposição das mãos e Ladainha dos Santos. Naquele momento, os neo-diáconos se prostram diante do altar, em total rendição à Deus.

"Queremos agradecer, louvar e bendizer a Deus, pela graça recebida. Louvar e agradecer a Deus pelos nossos familiares, meus pais que já se encontram no paraíso e o pai do Dudu, e a todos vocês, queridos irmãos e irmãs, parentes e amigos. Louvar e bendizer a Deus pelos nossos benfeitores que nos ajudaram, contribuíram com a nossa formação, seja material e espiritualmente. Louvar e agradecer a Deus pelos nossos padrinhos de ordenação aqui presentes. Louvar e agradecer a Deus pelo nosso clero, pelo dom da vida, a todos vocês. Louvar a Deus pelas vocações sacerdotais e religiosas", finalizou o Diácono Jair. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Florianópolis

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/91966-Arquidiocese-de-Florianopolis-ganha-dois-novos-diaconos-transitorios. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

As homenagens a Padroeira do Rio Grande do Sul foram inspiradas pelo tema “A jovem chamada Maria, ...
 
Curso vai ser ministrado na Pontifícia Universidade Lateranense, de Roma ...
 
Esta será a segunda visita de um Papa ao Marrocos, nação que acolheu São João Paulo II, em 1985 ...
 
Os escoteiros do Brasil têm atuado em convênios com os comitês locais da JMJ e o comitê interame ...
 
"Que esse lamentável fato em Niterói, no Ano do Leigo, possa nos aproximar mais de Deus", expresso ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading