Loading
 
 
 
Loading
 
Menino de Santo André (SP) que deseja ser padre recebe carta do Papa Francisco
Loading
 
22 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Santo André - São Paulo (Sexta-feira, 22-12-2017, Gaudium Press) A vocação sacerdotal tem sido o desejo de muitos jovens que, desde cedo, foram tocados pelo chamado de Deus para seguir a vida religiosa. Além de assumir um compromisso com a Igreja Católica, o respeito a pessoa que representa Nosso Senhor Jesus Cristo na terra, o Papa, são indispensáveis para os candidatos ao presbiterado.

Menino de Santo André (SP) que deseja ser padre recebe carta do Papa Francisco.jpg

Um desses exemplos de admiração e dedicação à vocação religiosa se encontra em Santo André, na Grande São Paulo. O jovem Murilo de Andrade Climaco, de 11 anos, é coroinha da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na Vila Curuçá, e sonha em concretizar seu maior sonho desde os quatro anos de idade: ser padre.

Além do empenho na função de coroinha, Murilo tem admiração pelo Santo Padre, o Papa Francisco. E como uma das formas de expressar seus pensamentos acerca do Pontífice, ele enviou para o Vaticano uma carta.

Para surpresa do garoto, a mensagem foi respondida. "Fiquei paralisado", contou Murilo.

Escrita em março e encaminhada ao Vaticano pelo bispo de Santo André, Dom Pedro Carlos Cipollini, a correspondência continha escrito todo o afeto que o menino sentia pelo Vigário de Cristo.

"Contei que rezo por ele, que quero ser padre e que estou sendo perseverante. Fiz também um desenho do Papa comigo", recordou o jovem.

Por semana, Francisco recebe aproximadamente 6 mil cartas escritas por milhares de fiéis de várias partes do mundo.

Apesar da demora, em vista do alto número de correspondências recebidas, e para a sorte de Murilo, o Papa leu sua carta e, nove meses depois, retornou ao garoto através de uma resposta assinada pelo assessor de assuntos gerais da Igreja, Monsenhor Paolo Borgia.

"O Papa Francisco ficou contente ao ver os bons sentimentos e generosos propósitos que lhe animam, tendo-me encarregado de agradecer a você, Murilo, por este testemunho de carinho e confiança", diz um dos trechos da mensagem, que chegou acompanhada de um terço e uma fotografia do Pontífice.

Após ler a resposta, o coroinha revelou ter ficado emocionado e, ao mesmo tempo, surpreso, uma vez que tem conhecimento de que o Santo Padre possui uma agenda repleta de compromissos.

"Ele reza pelo mundo, levando mensagens de paz. Vai onde tem guerra, conversa com políticos de vários países, faz tantas coisas, mas responde a todos", comentou o garoto, que levará isso como exemplo a ser seguido. Tanto que agora tem uma nova missão a seguir: "quero motivar as pessoas a servirem a Jesus".

Sobre a vontade de seguir a carreira religiosa, Murilo explicou que a ideia surgiu durante uma celebração na igreja.

"Em uma missa de cura e libertação, senti uma coisa maravilhosa no coração e o desejo de ser padre, para ajudar as pessoas", lembrou o jovem, que tem como inspiração os párocos Renato Aparecido da Cruz Solto, atualmente na Paróquia Santíssima Virgem, de São Bernardo, e Vanderlei Ribeiro, da igreja Nossa Senhora de Fátima.

A mãe do menino, Natalia de Andrade Climaco, é uma das testemunhas do desejo do filho. "Ele sempre diz que não será uma pessoa completa e feliz se não for padre", enfatizou. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações do portal Catholicus e Diário do Grande ABC

Loading
Menino de Santo André (SP) que deseja ser padre recebe carta do Papa Francisco

Santo André - São Paulo (Sexta-feira, 22-12-2017, Gaudium Press) A vocação sacerdotal tem sido o desejo de muitos jovens que, desde cedo, foram tocados pelo chamado de Deus para seguir a vida religiosa. Além de assumir um compromisso com a Igreja Católica, o respeito a pessoa que representa Nosso Senhor Jesus Cristo na terra, o Papa, são indispensáveis para os candidatos ao presbiterado.

Menino de Santo André (SP) que deseja ser padre recebe carta do Papa Francisco.jpg

Um desses exemplos de admiração e dedicação à vocação religiosa se encontra em Santo André, na Grande São Paulo. O jovem Murilo de Andrade Climaco, de 11 anos, é coroinha da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na Vila Curuçá, e sonha em concretizar seu maior sonho desde os quatro anos de idade: ser padre.

Além do empenho na função de coroinha, Murilo tem admiração pelo Santo Padre, o Papa Francisco. E como uma das formas de expressar seus pensamentos acerca do Pontífice, ele enviou para o Vaticano uma carta.

Para surpresa do garoto, a mensagem foi respondida. "Fiquei paralisado", contou Murilo.

Escrita em março e encaminhada ao Vaticano pelo bispo de Santo André, Dom Pedro Carlos Cipollini, a correspondência continha escrito todo o afeto que o menino sentia pelo Vigário de Cristo.

"Contei que rezo por ele, que quero ser padre e que estou sendo perseverante. Fiz também um desenho do Papa comigo", recordou o jovem.

Por semana, Francisco recebe aproximadamente 6 mil cartas escritas por milhares de fiéis de várias partes do mundo.

Apesar da demora, em vista do alto número de correspondências recebidas, e para a sorte de Murilo, o Papa leu sua carta e, nove meses depois, retornou ao garoto através de uma resposta assinada pelo assessor de assuntos gerais da Igreja, Monsenhor Paolo Borgia.

"O Papa Francisco ficou contente ao ver os bons sentimentos e generosos propósitos que lhe animam, tendo-me encarregado de agradecer a você, Murilo, por este testemunho de carinho e confiança", diz um dos trechos da mensagem, que chegou acompanhada de um terço e uma fotografia do Pontífice.

Após ler a resposta, o coroinha revelou ter ficado emocionado e, ao mesmo tempo, surpreso, uma vez que tem conhecimento de que o Santo Padre possui uma agenda repleta de compromissos.

"Ele reza pelo mundo, levando mensagens de paz. Vai onde tem guerra, conversa com políticos de vários países, faz tantas coisas, mas responde a todos", comentou o garoto, que levará isso como exemplo a ser seguido. Tanto que agora tem uma nova missão a seguir: "quero motivar as pessoas a servirem a Jesus".

Sobre a vontade de seguir a carreira religiosa, Murilo explicou que a ideia surgiu durante uma celebração na igreja.

"Em uma missa de cura e libertação, senti uma coisa maravilhosa no coração e o desejo de ser padre, para ajudar as pessoas", lembrou o jovem, que tem como inspiração os párocos Renato Aparecido da Cruz Solto, atualmente na Paróquia Santíssima Virgem, de São Bernardo, e Vanderlei Ribeiro, da igreja Nossa Senhora de Fátima.

A mãe do menino, Natalia de Andrade Climaco, é uma das testemunhas do desejo do filho. "Ele sempre diz que não será uma pessoa completa e feliz se não for padre", enfatizou. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações do portal Catholicus e Diário do Grande ABC

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92014-Menino-de-Santo-Andre--SP--que-deseja-ser-padre-recebe-carta-do-Papa-Francisco. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A cidade patagônica de Punta Arenas promoveu uma procissão Eucarística, para celebrar a data, pro ...
 
A Mensagem dos prelados conclama para que se supere as ameaças à vida. ...
 
O evento celebrou a vocação e a missão dos cristãos leigos, “Sal da Terra e Luz do Mundo” (M ...
 
Desde 2010 organizando a romaria, as Irmãs Filhas do Sagrado Coração de Jesus tem o intuito de mo ...
 
Muitos para justificar suas doutrinas transmitem ir uma visão apoucada de Jesus. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading