Loading
 
 
 
Loading
 
Bispos auxiliares de Porto Alegre comemoram 25 anos de vida presbiteral
Loading
 
27 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Porto Alegre - Rio Grande do Sul (Quarta-feira, 27-12-2017, Gaudium Press) Dom Adilson Pedro Busin, Dom Aparecido Donizeti de Souza e Dom Leomar Antônio Brustolin, bispos auxiliares da Arquidiocese de Porto Alegre, possuem uma característica em comum: o fato de celebrarem este ano seus 25 anos de vida presbiteral.

 Bispos auxiliares de Porto Alegre comemoram 25 anos de vida presbiteral.png
Dom Adilson, Dom Donizeti e Dom Leomar celebraram
o jubileu na Catedral Metropolitana
Foto: Amanda Fetzner Efrom

"São 25 anos vividos pela bondade e pelo amor que (sic) Deus nos concede", afirmou o primeiro prelado, durante a homilia da celebração eucarística na qual ele e os outros dois bispos festejaram a marca significativa para a Igreja gaúcha.

A missa foi presidida por Dom Donizeti e reuniu na Catedral Metropolitana bispos, padres, diáconos, seminaristas, religiosos e leigos, que após a cerimônia, confraternizaram no Salão Nobre da Catedral.

Segundo Dom Adilson, a vocação é a encarnação de Jesus, o filho amado, em cada um. "Ser padre é conceber a vocação e viver a encarnação no dia a dia do ministério. Celebrar o jubileu de prata sacerdotal é fazer memória da graça de Deus agindo e se encarnando em cada um de nós", disse.

Assim como os apóstolos Pedro, João, Tiago e tantos outros, o prelado lembrou que tanto ele quanto Dom Donizeti e Dom Leomar também deixaram suas redes e seguiram Deus, que os conduziu por caminhos nunca vistos e não calculados pela razão ou projetos humanos: "na sua palavra fomos lago à dentro para a lida da pesca do Reino. O amor de Deus é imprevisto por nós, mas é sempre providente porque sabe ser amor, sabedoria a conduzir a nossa vida".

Dom Adilson enfatizou ainda que eles, como bispos, se alegravam não por próprios méritos, mas porque Deus os enche com sua graça, como fez com Maria Santíssima.

No final, Dom Leomar agradeceu, primeiramente a Deus, e depois, à Arquidiocese, na pessoa do arcebispo, do clero, religiosos e ao laicato, bem como os bispos do regional, que amparam e fortalecem a missão, à comunidade da Catedral que os recebeu para a celebração, à Cúria Metropolitana, amigos e familiares. "Pedimos à Mãe de Deus que nos acompanhe e suscite santas e novas vocações", concluiu. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Porto Alegre

Loading
Bispos auxiliares de Porto Alegre comemoram 25 anos de vida presbiteral

Porto Alegre - Rio Grande do Sul (Quarta-feira, 27-12-2017, Gaudium Press) Dom Adilson Pedro Busin, Dom Aparecido Donizeti de Souza e Dom Leomar Antônio Brustolin, bispos auxiliares da Arquidiocese de Porto Alegre, possuem uma característica em comum: o fato de celebrarem este ano seus 25 anos de vida presbiteral.

 Bispos auxiliares de Porto Alegre comemoram 25 anos de vida presbiteral.png
Dom Adilson, Dom Donizeti e Dom Leomar celebraram
o jubileu na Catedral Metropolitana
Foto: Amanda Fetzner Efrom

"São 25 anos vividos pela bondade e pelo amor que (sic) Deus nos concede", afirmou o primeiro prelado, durante a homilia da celebração eucarística na qual ele e os outros dois bispos festejaram a marca significativa para a Igreja gaúcha.

A missa foi presidida por Dom Donizeti e reuniu na Catedral Metropolitana bispos, padres, diáconos, seminaristas, religiosos e leigos, que após a cerimônia, confraternizaram no Salão Nobre da Catedral.

Segundo Dom Adilson, a vocação é a encarnação de Jesus, o filho amado, em cada um. "Ser padre é conceber a vocação e viver a encarnação no dia a dia do ministério. Celebrar o jubileu de prata sacerdotal é fazer memória da graça de Deus agindo e se encarnando em cada um de nós", disse.

Assim como os apóstolos Pedro, João, Tiago e tantos outros, o prelado lembrou que tanto ele quanto Dom Donizeti e Dom Leomar também deixaram suas redes e seguiram Deus, que os conduziu por caminhos nunca vistos e não calculados pela razão ou projetos humanos: "na sua palavra fomos lago à dentro para a lida da pesca do Reino. O amor de Deus é imprevisto por nós, mas é sempre providente porque sabe ser amor, sabedoria a conduzir a nossa vida".

Dom Adilson enfatizou ainda que eles, como bispos, se alegravam não por próprios méritos, mas porque Deus os enche com sua graça, como fez com Maria Santíssima.

No final, Dom Leomar agradeceu, primeiramente a Deus, e depois, à Arquidiocese, na pessoa do arcebispo, do clero, religiosos e ao laicato, bem como os bispos do regional, que amparam e fortalecem a missão, à comunidade da Catedral que os recebeu para a celebração, à Cúria Metropolitana, amigos e familiares. "Pedimos à Mãe de Deus que nos acompanhe e suscite santas e novas vocações", concluiu. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Porto Alegre

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92071-Bispos-auxiliares-de-Porto-Alegre-comemoram-25-anos-de-vida-presbiteral-. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Dom Manuel afirmou que a Igreja “é sempre o rosto visível de algo invisível” e destaca contri ...
 
O templo em Manama será o segundo lugar de culto cristão ativo no país e terá capacidade para ac ...
 
Na noite de segunda-feira desconhecidos atearam fogo a um centro da Caritas, em Sébado, norte do pa ...
 
A 51 ª edição dos festejos da paróquia dedicada ao Padroeiro é inspirada no tema “Como Igreja ...
 
Aos olhos de Deus, os mártires são os melhores evangelizadores. Dizia Tertuliano: “Sangue de má ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading