Loading
 
 
 
Loading
 
Quando o Menino Jesus apareceu para o Padre Pio
Loading
 
27 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Quarta-feira, 27-12-2017, Gaudium Press) Sobre a visita da imagem do Menino Jesus, relíquia do Padre Pio, o "Bambinello dei baci" -"Menino dos beijos"-, que acontece entre os dias 24 de dezembro a 07 de janeiro na Igreja Romana de San Salvatore in Lauro, há vários episódios pouco conhecidos da vida do Santo de Pietrelcina, entre eles os eventos extraordinários quando o Menino Jesus foi apresentado ao sacerdote capuchinho.

Quando o Menino Jesus apareceu para o Padre Pio 1.jpg
Esses eventos foram tão importantes para Padre Pio, que o santo manteve com grande zelo evitando que eles se tornassem públicos, mas três deles ficaram documentados em sua biografia.

O primeiro ocorreu em 1911, quando o padre vivia no convento de Venafro, na Itália. Dizem que o Santo, de maneira repentina, caiu em um profundo êxtase quando o Menino Jesus apareceu para ele; mas o fez de uma maneira muito particular, já que apareceu com os estigmas da crucifixição. Para alguns esta era uma mensagem especial para Padre Pio, já que ele sempre se referia às relação que existia entre a festa de Natal e a Páscoa da Ressurreição.

O segundo momento conhecido, foi em setembro de 1919, e foi documentado pelo Padre Raffaele de Sant'lia a Pianisi, que em um de seus manuscritos narrou quando em uma noite viu como o Santo capuchinho levava consigo o Menino Jesus: "Dormia em um cela estreita, quase oposta ao número 5, que era do Padre Pio. A noite entre 19 e 20 não podia dormir. À meia-noite me levantei, assustado. O corredor estava submerso na escuridão, quebrado apenas pela luz tênue de um candelabro. Enquanto eu estava na porta para sair, vejo passar o Padre Pio, todo luminoso, com o Menino Jesus em seus braços. Avançava lentamente murmurando orações. Passando diante de mim, todo radiante de luz, sem perceber a minha presença. Somente alguns anos depois soube que 20 de setembro era o primeiro aniversário de suas chagas".

Quando o Menino Jesus apareceu para o Padre Pio 2.jpg
O terceiro acontecimento ocorreu na véspera do Natal de 1922, sendo testemunha de tal evento Lucia Lazanda, filha espiritual do Padre Pio, que narrou como naquela noite, quando o santo estava se preparando para a Vigília de Natal, o sacerdote capuchinho se deteve junto a uma janela e com um raio de luz muito brilhante apareceu o Menino Jesus entre os seus braços.

A devoção do Padre Pio à santa infância de Jesus era muito especial, assim o fez saber o frade em várias de suas epístolas de Natal. Em um delas, ele escreveu: "Esteja muito perto do berço desta graciosa criança (...) se amas as riquezas, aqui encontrarás o ouro que os reis magos deixaram; se amas a fumaça das honras, aqui encontrarás a do incenso; e se amas a delicadeza dos sentidos, sentirás o odor de mirra perfumada por inteiro a santa gruta. Seja rico de amor para com esta criança celestial, respeitoso na atitude que tomes diante dele na oração e plenamente ditoso de sentimento às santas inspirações e as afeições de ser singularmente seu".

Mesmo quando criança, o Santo de Pietrelcina costumava moldar pequenas imagens do nascimento que colocava em uma gruta e decorava com luzes coloridas, ali rezava o Rosário e passava horas cantando canções de ninar para o Menino Jesus.

Já em San Giovanni Rotondo tinha junto à sua cela uma preciosa imagem de Jesus Infante, que aparece abençoando com sua mão direita e com a esquerda tocando seu coração. Esta imagem é a relíquia que todos os anos durante o Natal, visita o templo de San Salvatore in Lauro, em Roma. (EPC)

Loading
Quando o Menino Jesus apareceu para o Padre Pio

Redação (Quarta-feira, 27-12-2017, Gaudium Press) Sobre a visita da imagem do Menino Jesus, relíquia do Padre Pio, o "Bambinello dei baci" -"Menino dos beijos"-, que acontece entre os dias 24 de dezembro a 07 de janeiro na Igreja Romana de San Salvatore in Lauro, há vários episódios pouco conhecidos da vida do Santo de Pietrelcina, entre eles os eventos extraordinários quando o Menino Jesus foi apresentado ao sacerdote capuchinho.

Quando o Menino Jesus apareceu para o Padre Pio 1.jpg
Esses eventos foram tão importantes para Padre Pio, que o santo manteve com grande zelo evitando que eles se tornassem públicos, mas três deles ficaram documentados em sua biografia.

O primeiro ocorreu em 1911, quando o padre vivia no convento de Venafro, na Itália. Dizem que o Santo, de maneira repentina, caiu em um profundo êxtase quando o Menino Jesus apareceu para ele; mas o fez de uma maneira muito particular, já que apareceu com os estigmas da crucifixição. Para alguns esta era uma mensagem especial para Padre Pio, já que ele sempre se referia às relação que existia entre a festa de Natal e a Páscoa da Ressurreição.

O segundo momento conhecido, foi em setembro de 1919, e foi documentado pelo Padre Raffaele de Sant'lia a Pianisi, que em um de seus manuscritos narrou quando em uma noite viu como o Santo capuchinho levava consigo o Menino Jesus: "Dormia em um cela estreita, quase oposta ao número 5, que era do Padre Pio. A noite entre 19 e 20 não podia dormir. À meia-noite me levantei, assustado. O corredor estava submerso na escuridão, quebrado apenas pela luz tênue de um candelabro. Enquanto eu estava na porta para sair, vejo passar o Padre Pio, todo luminoso, com o Menino Jesus em seus braços. Avançava lentamente murmurando orações. Passando diante de mim, todo radiante de luz, sem perceber a minha presença. Somente alguns anos depois soube que 20 de setembro era o primeiro aniversário de suas chagas".

Quando o Menino Jesus apareceu para o Padre Pio 2.jpg
O terceiro acontecimento ocorreu na véspera do Natal de 1922, sendo testemunha de tal evento Lucia Lazanda, filha espiritual do Padre Pio, que narrou como naquela noite, quando o santo estava se preparando para a Vigília de Natal, o sacerdote capuchinho se deteve junto a uma janela e com um raio de luz muito brilhante apareceu o Menino Jesus entre os seus braços.

A devoção do Padre Pio à santa infância de Jesus era muito especial, assim o fez saber o frade em várias de suas epístolas de Natal. Em um delas, ele escreveu: "Esteja muito perto do berço desta graciosa criança (...) se amas as riquezas, aqui encontrarás o ouro que os reis magos deixaram; se amas a fumaça das honras, aqui encontrarás a do incenso; e se amas a delicadeza dos sentidos, sentirás o odor de mirra perfumada por inteiro a santa gruta. Seja rico de amor para com esta criança celestial, respeitoso na atitude que tomes diante dele na oração e plenamente ditoso de sentimento às santas inspirações e as afeições de ser singularmente seu".

Mesmo quando criança, o Santo de Pietrelcina costumava moldar pequenas imagens do nascimento que colocava em uma gruta e decorava com luzes coloridas, ali rezava o Rosário e passava horas cantando canções de ninar para o Menino Jesus.

Já em San Giovanni Rotondo tinha junto à sua cela uma preciosa imagem de Jesus Infante, que aparece abençoando com sua mão direita e com a esquerda tocando seu coração. Esta imagem é a relíquia que todos os anos durante o Natal, visita o templo de San Salvatore in Lauro, em Roma. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92074-Quando-o-Menino-Jesus-apareceu-para-o-Padre-Pio. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, foi enviado para Luanda, por ocasião ...
 
O Equador se tornou o primeiro país na América do Sul a receber a visita da imagem peregrina de No ...
 
Ele lhe disse: ‘Filha, a tua fé te curou. Vai em paz e fica curada dessa doença’” (Mc 5, 22 ...
 
Após 11 anos de trabalhos, a nova versão da Bíblia será apresentada durante a reunião do Consel ...
 
Uma perseguição religiosa anti-cristã ensanguentou a Espanha entre 1936 e 1937. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading