Loading
 
 
 
Loading
 
Cogitando sobre o calendário de realizações do Papa Francisco em 2018
Loading
 
29 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Sexta-feira, 29-12-2017, Gaudium Press) Todos os olhares se voltam para a Igreja na passagem de ano: o que poderá acontecer no interior dela em 2018? Quais as cogitações e desejos de do Papa? Fará esforço total para chegar até onde seus desejos o inspiram? Terá sucesso?

29-12Cogitando sobre o calendário de realizações do Papa Francisco em 2018.jpg

Viagens ao exterior, direitos e necessidades dos migrantes e refugiados, o Sínodo dos Bispos dedicados aos jovens já estão no calendário de 2018 do Papa Francisco. Mas, existem outras cogitações? Aliás, que desejos tem o Papa?

Bergóglio obedecerá, "tanquam cadáver", seus desejos, perseguirá suas vontades e esperanças?

Alguns pensamentos dele acabaram por se tornar familiares a todos depois de já quase cinco anos de pontificado. Mas, todos temos imprevistos. E Francisco também...

Maria e Refugiados, logo em janeiro

Com a energia de seus recém cumpridos 81 anos, Francisco iniciará 2018 com foco em Maria, uma devoção que tem sucesso entre os Papas mais modernos. Ele, porém, terá suas preocupações postas também em outro assunto, migrantes e refugiados.

Francisco será o primeiro Papa a dedicar uma celebração do Dia Mundial da Paz especificamente ao tema de migrantes e refugiados.

No dia 1 de janeiro, pela 51ª vez, a Igreja Católica começará o novo ano rezando pela paz.

O dia primeiro é a festa de Maria, Mãe de Deus, e mesmo tendo Francisco enviado uma mensagem aos Chefes de Estado em novembro, refletindo sobre o tema do dia da paz, supõe-se que sua homilia durante essa Missa, muito provavelmente, seja mais concentrada em Maria. Isso também porque, em seguida, logo no dia 14 de janeiro, ele coloca no calendário litúrgico papal normal uma Missa especial para o Dia Mundial dos Migrantes e Refugiados.

Começo das visitas

No dia 15 de janeiro, Francisco deverá iniciar sua visita de seis dias ao Chile e ao Peru.

Nos dois países vigorará seu estilo pessoal de visitas: na viagem serão incluídas reuniões com autoridades governamentais e grandes missas públicas, mas também uma visita a uma prisão de mulheres e a uma casa para crianças em risco.

Estamos vivendo os dias pós natalinos e, até o presente momento, não foi anunciada ou confirmada nenhuma outra viagem papal para 2018.

No entanto, autoridades vaticanas lançam prognósticos de uma possível viagem do Pontífice a Dublin, no final de agosto, para o Encontro Mundial das Famílias. Conjectura-se também que nesta mesma oportunidade Francisco poderia tornar-se o primeiro Papa a visitar a Irlanda do Norte.

Há ainda outras conjecturas de Visitas Apostólicas: Funcionários do Vaticano confirmam que está sendo cogitada uma viagem em setembro que incluiria a Lituânia, a Letônia e a Estônia.

E não está descartada uma viagem à África, na primavera.

Outubro: as certezas

Outubro de 2018 é o mês para o qual existem programações certas. No calendário do Papa, este mês trará acontecimentos importantes e que muitos esperam ser decisivos.

O Sínodo dos Bispos, que terá sua atenção voltada para os jovens e suas vocações, será realizado no Vaticano do dia 3 ao dia 28 de outubro.

Tem-se dado tanta importância a este Sínodo e a sua temática que, na preparação dele, o Vaticano pediu às conferências dos bispos em todo o mundo que nomeassem jovens para participarem de uma reunião pré-sinodal a ser realizada em Roma, de 19 a 24 de março. Pode-se até prognosticar com isso a possibilidade de uma Audiência desses jovens com o Pontífice.

O cardeal Lorenzo Baldisseri, secretário-geral do sínodo, disse que Francisco espera que cerca de 300 jovens -entre eles alguns não católicos- assistiriam ao encontro. Segundo informa-se, muitos dos jovens participantes deverão falar sobre as esperanças e preocupações da juventude, o que eles podem oferecer à Igreja e o que eles precisam que a Igreja lhes dê. Haverá Eles discutirão as apresentações em pequenos grupos e serão convidados a preparar um documento de resumo para os bispos presentes no sínodo.

Conselho de Cardeais e quinto ano de Francisco

Em 2018 será o quinto aniversário do papado de Francisco. E será também o quinto aniversário da criação de seu Conselho Internacional de Cardeais, além de ser o quinto ano de esforço empenhado para ser reformada a Cúria Romana.

Algumas mudanças no interior da Cúria Romana já foram realizadas, novas leis também foram aprovadas, houve mudanças na administração. Contudo, 2017 vai terminar sem que haja uma indicação clara de quando um documento oficial esteja pronto e venha apresentar uma visão global da Cúria e cada uma das mudanças na administração realizadas.

Presentes desejados

Talvez o sucesso na realização de seus empreendimentos no próximo ano e as reformas que parecem tão almejadas sejam os presentes que Francisco deseja para comemorar o quinto ano de seu Pontificado e o Natal de 2018.

Esperemos nós até o final do próximo Ano.


(João Guimarães, para a Gaudium Press)

 

Loading
Cogitando sobre o calendário de realizações do Papa Francisco em 2018

Redação (Sexta-feira, 29-12-2017, Gaudium Press) Todos os olhares se voltam para a Igreja na passagem de ano: o que poderá acontecer no interior dela em 2018? Quais as cogitações e desejos de do Papa? Fará esforço total para chegar até onde seus desejos o inspiram? Terá sucesso?

29-12Cogitando sobre o calendário de realizações do Papa Francisco em 2018.jpg

Viagens ao exterior, direitos e necessidades dos migrantes e refugiados, o Sínodo dos Bispos dedicados aos jovens já estão no calendário de 2018 do Papa Francisco. Mas, existem outras cogitações? Aliás, que desejos tem o Papa?

Bergóglio obedecerá, "tanquam cadáver", seus desejos, perseguirá suas vontades e esperanças?

Alguns pensamentos dele acabaram por se tornar familiares a todos depois de já quase cinco anos de pontificado. Mas, todos temos imprevistos. E Francisco também...

Maria e Refugiados, logo em janeiro

Com a energia de seus recém cumpridos 81 anos, Francisco iniciará 2018 com foco em Maria, uma devoção que tem sucesso entre os Papas mais modernos. Ele, porém, terá suas preocupações postas também em outro assunto, migrantes e refugiados.

Francisco será o primeiro Papa a dedicar uma celebração do Dia Mundial da Paz especificamente ao tema de migrantes e refugiados.

No dia 1 de janeiro, pela 51ª vez, a Igreja Católica começará o novo ano rezando pela paz.

O dia primeiro é a festa de Maria, Mãe de Deus, e mesmo tendo Francisco enviado uma mensagem aos Chefes de Estado em novembro, refletindo sobre o tema do dia da paz, supõe-se que sua homilia durante essa Missa, muito provavelmente, seja mais concentrada em Maria. Isso também porque, em seguida, logo no dia 14 de janeiro, ele coloca no calendário litúrgico papal normal uma Missa especial para o Dia Mundial dos Migrantes e Refugiados.

Começo das visitas

No dia 15 de janeiro, Francisco deverá iniciar sua visita de seis dias ao Chile e ao Peru.

Nos dois países vigorará seu estilo pessoal de visitas: na viagem serão incluídas reuniões com autoridades governamentais e grandes missas públicas, mas também uma visita a uma prisão de mulheres e a uma casa para crianças em risco.

Estamos vivendo os dias pós natalinos e, até o presente momento, não foi anunciada ou confirmada nenhuma outra viagem papal para 2018.

No entanto, autoridades vaticanas lançam prognósticos de uma possível viagem do Pontífice a Dublin, no final de agosto, para o Encontro Mundial das Famílias. Conjectura-se também que nesta mesma oportunidade Francisco poderia tornar-se o primeiro Papa a visitar a Irlanda do Norte.

Há ainda outras conjecturas de Visitas Apostólicas: Funcionários do Vaticano confirmam que está sendo cogitada uma viagem em setembro que incluiria a Lituânia, a Letônia e a Estônia.

E não está descartada uma viagem à África, na primavera.

Outubro: as certezas

Outubro de 2018 é o mês para o qual existem programações certas. No calendário do Papa, este mês trará acontecimentos importantes e que muitos esperam ser decisivos.

O Sínodo dos Bispos, que terá sua atenção voltada para os jovens e suas vocações, será realizado no Vaticano do dia 3 ao dia 28 de outubro.

Tem-se dado tanta importância a este Sínodo e a sua temática que, na preparação dele, o Vaticano pediu às conferências dos bispos em todo o mundo que nomeassem jovens para participarem de uma reunião pré-sinodal a ser realizada em Roma, de 19 a 24 de março. Pode-se até prognosticar com isso a possibilidade de uma Audiência desses jovens com o Pontífice.

O cardeal Lorenzo Baldisseri, secretário-geral do sínodo, disse que Francisco espera que cerca de 300 jovens -entre eles alguns não católicos- assistiriam ao encontro. Segundo informa-se, muitos dos jovens participantes deverão falar sobre as esperanças e preocupações da juventude, o que eles podem oferecer à Igreja e o que eles precisam que a Igreja lhes dê. Haverá Eles discutirão as apresentações em pequenos grupos e serão convidados a preparar um documento de resumo para os bispos presentes no sínodo.

Conselho de Cardeais e quinto ano de Francisco

Em 2018 será o quinto aniversário do papado de Francisco. E será também o quinto aniversário da criação de seu Conselho Internacional de Cardeais, além de ser o quinto ano de esforço empenhado para ser reformada a Cúria Romana.

Algumas mudanças no interior da Cúria Romana já foram realizadas, novas leis também foram aprovadas, houve mudanças na administração. Contudo, 2017 vai terminar sem que haja uma indicação clara de quando um documento oficial esteja pronto e venha apresentar uma visão global da Cúria e cada uma das mudanças na administração realizadas.

Presentes desejados

Talvez o sucesso na realização de seus empreendimentos no próximo ano e as reformas que parecem tão almejadas sejam os presentes que Francisco deseja para comemorar o quinto ano de seu Pontificado e o Natal de 2018.

Esperemos nós até o final do próximo Ano.


(João Guimarães, para a Gaudium Press)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92108-Cogitando-sobre-o-calendario-de-realizacoes-do-Papa-Francisco-em-2018. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A mostra é uma verdadeira viagem na descoberta de como a Bíblia é um texto em movimento, centrado ...
 
O anúncio foi realizado durante Missa presidida pelo Núncio Apostólico no Uruguai, Dom Martin Kre ...
 
"Nós confiamos: Deus tem um plano para Emma". Estaremos juntos na eternidade. ...
 
Ricardo Henry Marques Dip é desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo desde janeiro de 20 ...
 
O evento desembarca em solo tocantinense pela segunda vez inspirado no tema “Uma jovem chamada Mar ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading