Loading
 
 
 
Loading
 
Cardeal Osoro escreve mensagem aos fiéis por ocasião do ano novo
Loading
 
29 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Espanha - Madri (Sexta-feira, 29-12-2017, Gaudium Press) Após a celebração do Natal e antes do início do ano novo, o Cardeal Carlos Osoro, Arcebispo de Madri, em sua mais recente carta semanal, fez um chamado a colocar o olhar no amor de Deus que nos conduz a amar.

Cardeal Carlos Osoro.jpg

"O nascimento de Jesus Cristo nos convida a deixar-nos envolver por essa força de amor que vem de Deus que se fez presente entre nós, que assumiu um rosto, que caminhou entre nós, que nos salva e nos devolve a dignidade aos homens. Seu amor nos leva a amar: sejamos conscientes de que somos filhos de Deus e, por isso, irmãos de todos os homens", escreve o purpurado.

Então acrescenta: "Viver assim significa ter a dignidade do Senhor, do Filho de Deus. Uma dignidade que cresce e se desenvolve à medida que vamos nos encontramos mais e mais com Ele: salvos pelo Amor, nós salvamos e vivemos de seu amor".

Nesse sentido, o Cardeal oferece diretrizes sobre como podemos nos aproximar para viver o amor de Deus e manter viva o que ele chama, "a revolução que nos leva a amar", especialmente antes da chegada do novo ano.

Diz que "adorar a Jesus nos leva a amar", por isso é necessário "cultivar nestes momentos da vida e da história dos homens a vida interior". Aqui, o Arcebispo nos convida a falar com confiança a Deus: "façamo-nos filhos, rezemos, falemos de nós mesmos, dos homens, das situações nas quais é o amor o que precisamente se destaca, e abramos também nosso coração (...) Falemos ao Senhor de coração".

Assinala, por sua vez, que "acolher a Jesus nos leva a amar", e quem acolhe "renuncia ao 'eu' e faz entrar na vida ao 'teu' e ao 'nós'". E começa a entender que Jesus veio a este mundo para acolher e acompanhar sem queixar-se, para criar paz e concórdia, dar a comunhão, semear a vida de generosidade e paz mesmo quando não é correspondida, assim devemos viver".

Conclui afirmando que "sair como Jesus nos leva a amar", uma vez que o amor "é sempre dinâmico, sai de si mesmo (...) nos faz que disponhamos nossa vida para ir, para sair".

"Contemplai Maria e José no silêncio, aos pastores anunciando a Jesus com suas canções, aos Magos retornando por outro caminho pois haviam sido levados pelo amor do Senhor e não quiseram voltar para Herodes, que era o caminho da morte. Situar-nos junto a Belém é nos encher de amor e sair em busca de todos os homens para anunciá-lo", finaliza o Cardeal Osoro. (EPC)

Loading
Cardeal Osoro escreve mensagem aos fiéis por ocasião do ano novo

Espanha - Madri (Sexta-feira, 29-12-2017, Gaudium Press) Após a celebração do Natal e antes do início do ano novo, o Cardeal Carlos Osoro, Arcebispo de Madri, em sua mais recente carta semanal, fez um chamado a colocar o olhar no amor de Deus que nos conduz a amar.

Cardeal Carlos Osoro.jpg

"O nascimento de Jesus Cristo nos convida a deixar-nos envolver por essa força de amor que vem de Deus que se fez presente entre nós, que assumiu um rosto, que caminhou entre nós, que nos salva e nos devolve a dignidade aos homens. Seu amor nos leva a amar: sejamos conscientes de que somos filhos de Deus e, por isso, irmãos de todos os homens", escreve o purpurado.

Então acrescenta: "Viver assim significa ter a dignidade do Senhor, do Filho de Deus. Uma dignidade que cresce e se desenvolve à medida que vamos nos encontramos mais e mais com Ele: salvos pelo Amor, nós salvamos e vivemos de seu amor".

Nesse sentido, o Cardeal oferece diretrizes sobre como podemos nos aproximar para viver o amor de Deus e manter viva o que ele chama, "a revolução que nos leva a amar", especialmente antes da chegada do novo ano.

Diz que "adorar a Jesus nos leva a amar", por isso é necessário "cultivar nestes momentos da vida e da história dos homens a vida interior". Aqui, o Arcebispo nos convida a falar com confiança a Deus: "façamo-nos filhos, rezemos, falemos de nós mesmos, dos homens, das situações nas quais é o amor o que precisamente se destaca, e abramos também nosso coração (...) Falemos ao Senhor de coração".

Assinala, por sua vez, que "acolher a Jesus nos leva a amar", e quem acolhe "renuncia ao 'eu' e faz entrar na vida ao 'teu' e ao 'nós'". E começa a entender que Jesus veio a este mundo para acolher e acompanhar sem queixar-se, para criar paz e concórdia, dar a comunhão, semear a vida de generosidade e paz mesmo quando não é correspondida, assim devemos viver".

Conclui afirmando que "sair como Jesus nos leva a amar", uma vez que o amor "é sempre dinâmico, sai de si mesmo (...) nos faz que disponhamos nossa vida para ir, para sair".

"Contemplai Maria e José no silêncio, aos pastores anunciando a Jesus com suas canções, aos Magos retornando por outro caminho pois haviam sido levados pelo amor do Senhor e não quiseram voltar para Herodes, que era o caminho da morte. Situar-nos junto a Belém é nos encher de amor e sair em busca de todos os homens para anunciá-lo", finaliza o Cardeal Osoro. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92116-Cardeal-Osoro-escreve-mensagem-aos-fieis-por-ocasiao-do-ano-novo. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Cardeal Arcebispo de Valência, Antonio Cañizares, afirmou aos poloneses que eles são “exemplo ...
 
As imagens peregrinas são réplicas fiéis da imagem venerada na Capela das Aparições do Santuár ...
 
O sangue do Papa João Paulo II deve chegar à Paróquia Sagrada Família em 26 de novembro próximo ...
 
Os exemplares de 1962 a 1979 do jornal Folha do Norte do Paraná estavam na Catedral Basílica Menor ...
 
Nos próximos dias serão iniciadas as instalações do presépio e da Árvore de Natal na Praça de ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading