Loading
 
 
 
Loading
 
Jovens da geração menos religiosa dos EUA produzem onda de vocações sacerdotais
Loading
 
4 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Estados Unidos - Ohio (Quinta-feira, 04-01-2018, Gaudium Press) A geração atual de jovens nos Estados Unidos, conhecida como os 'Millennials' por seu nascimento ser perto do final do milênio, está produzindo um aumento nas vocações sacerdotais. Esse fato contrasta com os estudos que identificam essa geração como a menos religiosa, com menor assistência à Eucaristia, menor possibilidade de se unirem em matrimônio sacramental ou identificar-se como católicos. E, no entanto, são justamente os jovens que estão transformando as estatísticas sobre vocações.

Jovens da geração menos religiosa dos EUA produzem onda de vocações sacerdotais.jpg
Um exemplo desta realidade é o Seminário de Santa Maria em 'El Ateneo' de Ohio, que realiza atualmente sua primeira expansão em 60 anos e cujo crescimento chamou a atenção da imprensa secular. De mais de 200 seminaristas na década de 60, o seminário chegou a um número de 40 em 2011, um panorama obscuro para a Igreja local. No entanto, atualmente o Seminário registra 82 estudantes, de idades entre 18 e 35 anos, que segundo as estatísticas, seriam os menos prováveis.

"Eu admiro sua coragem", comentou o Arcebispo de Cincinnati, Dom Dennis Schnurr segundo informou 'Crux'. "É uma sociedade muito mais secular. É mais difícil do que quando eu estava contemplando o sacerdócio". É possível que justamente a contradição tenha encorajado os fiéis a assumirem um compromisso mais decidido na rejeição da forte pressão cultural. "Eles vieram dessa cultura. Eles viveram nessa cultura", comentou o Padre Benedict O'Cinnsealaigh, Presidente do Seminário de Santa Maria. "Eles sabem que a cultura não tem as respostas que eles estavam procurando".

Os seminaristas se tornam um exemplo de transformação e novidade apesar de pertencer a uma instituição com dois mil anos de história, porque a sociedade mudou tanto que são eles que vivem fora das convenções. "Vamos pregar o Evangelho à uma cultura que necessita desesperadamente", afirmou Jarred Kohn, um dos seminaristas. "Tratar de vencer uma cultura será difícil, mas podemos recuperá-la". (EPC)

Loading
Jovens da geração menos religiosa dos EUA produzem onda de vocações sacerdotais

Estados Unidos - Ohio (Quinta-feira, 04-01-2018, Gaudium Press) A geração atual de jovens nos Estados Unidos, conhecida como os 'Millennials' por seu nascimento ser perto do final do milênio, está produzindo um aumento nas vocações sacerdotais. Esse fato contrasta com os estudos que identificam essa geração como a menos religiosa, com menor assistência à Eucaristia, menor possibilidade de se unirem em matrimônio sacramental ou identificar-se como católicos. E, no entanto, são justamente os jovens que estão transformando as estatísticas sobre vocações.

Jovens da geração menos religiosa dos EUA produzem onda de vocações sacerdotais.jpg
Um exemplo desta realidade é o Seminário de Santa Maria em 'El Ateneo' de Ohio, que realiza atualmente sua primeira expansão em 60 anos e cujo crescimento chamou a atenção da imprensa secular. De mais de 200 seminaristas na década de 60, o seminário chegou a um número de 40 em 2011, um panorama obscuro para a Igreja local. No entanto, atualmente o Seminário registra 82 estudantes, de idades entre 18 e 35 anos, que segundo as estatísticas, seriam os menos prováveis.

"Eu admiro sua coragem", comentou o Arcebispo de Cincinnati, Dom Dennis Schnurr segundo informou 'Crux'. "É uma sociedade muito mais secular. É mais difícil do que quando eu estava contemplando o sacerdócio". É possível que justamente a contradição tenha encorajado os fiéis a assumirem um compromisso mais decidido na rejeição da forte pressão cultural. "Eles vieram dessa cultura. Eles viveram nessa cultura", comentou o Padre Benedict O'Cinnsealaigh, Presidente do Seminário de Santa Maria. "Eles sabem que a cultura não tem as respostas que eles estavam procurando".

Os seminaristas se tornam um exemplo de transformação e novidade apesar de pertencer a uma instituição com dois mil anos de história, porque a sociedade mudou tanto que são eles que vivem fora das convenções. "Vamos pregar o Evangelho à uma cultura que necessita desesperadamente", afirmou Jarred Kohn, um dos seminaristas. "Tratar de vencer uma cultura será difícil, mas podemos recuperá-la". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92227-Jovens-da-geracao-menos-religiosa-dos-EUA-produzem-onda-de-vocacoes-sacerdotais. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

As homenagens a Padroeira do Rio Grande do Sul foram inspiradas pelo tema “A jovem chamada Maria, ...
 
Curso vai ser ministrado na Pontifícia Universidade Lateranense, de Roma ...
 
Esta será a segunda visita de um Papa ao Marrocos, nação que acolheu São João Paulo II, em 1985 ...
 
Os escoteiros do Brasil têm atuado em convênios com os comitês locais da JMJ e o comitê interame ...
 
"Que esse lamentável fato em Niterói, no Ano do Leigo, possa nos aproximar mais de Deus", expresso ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading