Loading
 
 
 
Loading
 
Festa de Santos Reis, tempo de celebrar a amizade e a fé
Loading
 
5 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Sexta-feira, 05-01-2018, Gaudium Press) Em alguns lugares do mundo, é conhecida como Reisado ou Festa de Santo Reis. No Brasil, por ser uma festividade que também se popularizou em nossas terras, a Folia de Reis possui seu próprio caráter cultural e religioso, levando milhares de fiéis às ruas para louvar, rezar e celebrar os valores da amizade e da fé.

Festa de Santos Reis, tempo de celebrar a amizade e a fé.jpg

A festividade, que ocorre no período de 24 de dezembro a 6 de janeiro (Dia de Reis ou Dia dos Três Reis Magos), procura romper com a rotina e opacidade dos dias, marcando o tempo e o lugar com a cultura do encontro, segundo o bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre (RS), Dom Leomar Antônio Brustolin.

Em um de seus artigos, Dom Brustolin, lembra que o Terno de Reis é um patrimônio imaterial da cultura brasileira, resultado da influência portuguesa e cristã, além de traduzir importantes dimensões que estão no imaginário da fé e da cultura das pessoas.

Em 2017, o Conselho Estadual de Patrimônio de Minas Gerais declarou a Folia de Reis como Patrimônio Imaterial do Estado.

Conforme explica o prelado, após a festa do Natal, o Oriente e o Ocidente cristãos celebram, desde a antiguidade, a Epifania de Cristo. "A palavra epifania tem origem no termo grego ‘epiphaneia', que significa manifestação. É a festa de Cristo, luz do mundo, que se manifesta não apenas aos pastores de Belém, mas a toda humanidade, representada pelos magos".

Ainda segundo Dom Leomar, "com os magos de outrora, é preciso aprender a ler os sinais de nosso tempo, perceber as luzes no caminho, reconhecer a Verdade que se manifesta humilde e generosa e, enfim, oferecer nossos presentes de vida, amor e doação. Afinal, a luz de Cristo continua iluminando os caminhos da humanidade, mas é preciso sair pelas estradas guiados pela estrela da fé".

Vale ressaltar que a origem da Folia de Reis está associada a uma tradição cristã portuguesa e espanhola, que foi trazida para o Brasil muito provavelmente no século XIX.

A Folia de Reis é festejada no catolicismo durante 12 dias, desde 24 de dezembro, com o intuito de celebrar a visita dos três reis magos ao menino Jesus. Já o Dia de Reis é festejado em 6 de janeiro, uma vez que, segundo a Bíblia, foi nesse dia que eles encontraram o Filho de Deus. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações CNBB

Loading
Festa de Santos Reis, tempo de celebrar a amizade e a fé

Redação (Sexta-feira, 05-01-2018, Gaudium Press) Em alguns lugares do mundo, é conhecida como Reisado ou Festa de Santo Reis. No Brasil, por ser uma festividade que também se popularizou em nossas terras, a Folia de Reis possui seu próprio caráter cultural e religioso, levando milhares de fiéis às ruas para louvar, rezar e celebrar os valores da amizade e da fé.

Festa de Santos Reis, tempo de celebrar a amizade e a fé.jpg

A festividade, que ocorre no período de 24 de dezembro a 6 de janeiro (Dia de Reis ou Dia dos Três Reis Magos), procura romper com a rotina e opacidade dos dias, marcando o tempo e o lugar com a cultura do encontro, segundo o bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre (RS), Dom Leomar Antônio Brustolin.

Em um de seus artigos, Dom Brustolin, lembra que o Terno de Reis é um patrimônio imaterial da cultura brasileira, resultado da influência portuguesa e cristã, além de traduzir importantes dimensões que estão no imaginário da fé e da cultura das pessoas.

Em 2017, o Conselho Estadual de Patrimônio de Minas Gerais declarou a Folia de Reis como Patrimônio Imaterial do Estado.

Conforme explica o prelado, após a festa do Natal, o Oriente e o Ocidente cristãos celebram, desde a antiguidade, a Epifania de Cristo. "A palavra epifania tem origem no termo grego ‘epiphaneia', que significa manifestação. É a festa de Cristo, luz do mundo, que se manifesta não apenas aos pastores de Belém, mas a toda humanidade, representada pelos magos".

Ainda segundo Dom Leomar, "com os magos de outrora, é preciso aprender a ler os sinais de nosso tempo, perceber as luzes no caminho, reconhecer a Verdade que se manifesta humilde e generosa e, enfim, oferecer nossos presentes de vida, amor e doação. Afinal, a luz de Cristo continua iluminando os caminhos da humanidade, mas é preciso sair pelas estradas guiados pela estrela da fé".

Vale ressaltar que a origem da Folia de Reis está associada a uma tradição cristã portuguesa e espanhola, que foi trazida para o Brasil muito provavelmente no século XIX.

A Folia de Reis é festejada no catolicismo durante 12 dias, desde 24 de dezembro, com o intuito de celebrar a visita dos três reis magos ao menino Jesus. Já o Dia de Reis é festejado em 6 de janeiro, uma vez que, segundo a Bíblia, foi nesse dia que eles encontraram o Filho de Deus. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações CNBB

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92247-Festa-de-Santos-Reis--tempo-de-celebrar-a-amizade-e-a-fe. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O templo, localizado na Paróquia de São Miguel, foi consagrado a Nossa Senhora de Arandin, “Mãe ...
 
“Iniciação à Vida Cristã: perfeita sintonia entre catequese e liturgia” será a temática qu ...
 
“De onde Lhe vêm essa sabedoria e esses milagres? Não é Ele o filho do carpinteiro?” (Mt 13 ...
 
O evento acontece na réplica da Catedral, que faz parte da cenografia do Parque do Povo, durante ma ...
 
"Hoje o Senhor nos exorta a uma atitude de fé que supera nossos projetos, os nossos cálculos, as n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading