Loading
 
 
 
Loading
 
Papa batiza 34 crianças na Festa do Batismo do Senhor
Loading
 
8 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 08-01-2018, Gaudium Press) A Igreja celebra neste domingo (07/01) a festa do Batismo do Senhor, que encerra o tempo do Natal.


O Papa presidiu na Capela Sistina, do Vaticano, o Batismo de 34 crianças, 18 meninas e 16 meninos. Em sua maioria filhos de funcionários do Vaticano. Francisco disse aos padrinhos: "A transmissão da fé só se pode fazer em dialeto, no dialeto da família, no dialeto do papai e da mamãe, do vovô e da vovó".

O Papa falou de improviso aos pais e padrinhos que,  no crescimento da fé destas crianças, chegará um tempo para a catequese, com "ideias e explicações", mas só será possível um verdadeiro desenvolvimento se em casa "os pais falarem o dialeto do amor" e o transmitirem.

Na tradicional Missa da festa do Batismo do Senhor, que encerra o tempo litúrgico do Natal, o Papa traçou o sinal da cruz na fronte de cada criança, gesto repetido pelos pais e, a pedido do pontífice, pelos irmãos dos meninos e meninas.

Palavras do Papa

"Caros pais, trazeis os vossos filhos ao Batismo e este é o primeiro passo. Cumpristes a missão da transmissão da fé", disse, insistindo na necessidade de transmitir esta fé "com o dialeto do amor" em cada casa e em cada família.

O Papa gracejou com o choro e o barulho habitual dos bebés, sublinhando que "basta que um dê o tom para que a orquestra prossiga"

"Não nos podemos esquecer desta língua das crianças, que falam como podem. É a língua de que Jesus gosta muito. E, nas vossas orações, sede simples como elas", recomendou o Santo Padre.

Esta foi a quinta vez no atual pontificado que Francisco presidiu à Missa na Capela Sistina na festa do Batismo do Senhor.

Após a Missa

O rito do Batismo prosseguiu depois da homilia, prolongando-se por vários minutos.
Após a Missa, o Papa presidiu desde a janela do apartamento pontifício à recitação do Angelus, convidando os peregrinos e visitantes reunidos na Praça de São Pedro a pensar no seu próprio Batismo.

"A festa do Batismo de Jesus convida cada cristão a fazer memória do seu próprio Batismo. Esquecê-lo seria expor-se ao risco de perder a memória do que o Senhor fez por nós", advertiu.

"É a data do grande perdão. Não se esqueçam", relembrou.

"Desejo a todos um bom domingo e um bom caminho no ano agora iniciado, graças à luz que Jesus nos deu no seu Natal", disse, ao despedir-se dos peregrinos. (JSG)

 

Loading
Papa batiza 34 crianças na Festa do Batismo do Senhor

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 08-01-2018, Gaudium Press) A Igreja celebra neste domingo (07/01) a festa do Batismo do Senhor, que encerra o tempo do Natal.


O Papa presidiu na Capela Sistina, do Vaticano, o Batismo de 34 crianças, 18 meninas e 16 meninos. Em sua maioria filhos de funcionários do Vaticano. Francisco disse aos padrinhos: "A transmissão da fé só se pode fazer em dialeto, no dialeto da família, no dialeto do papai e da mamãe, do vovô e da vovó".

O Papa falou de improviso aos pais e padrinhos que,  no crescimento da fé destas crianças, chegará um tempo para a catequese, com "ideias e explicações", mas só será possível um verdadeiro desenvolvimento se em casa "os pais falarem o dialeto do amor" e o transmitirem.

Na tradicional Missa da festa do Batismo do Senhor, que encerra o tempo litúrgico do Natal, o Papa traçou o sinal da cruz na fronte de cada criança, gesto repetido pelos pais e, a pedido do pontífice, pelos irmãos dos meninos e meninas.

Palavras do Papa

"Caros pais, trazeis os vossos filhos ao Batismo e este é o primeiro passo. Cumpristes a missão da transmissão da fé", disse, insistindo na necessidade de transmitir esta fé "com o dialeto do amor" em cada casa e em cada família.

O Papa gracejou com o choro e o barulho habitual dos bebés, sublinhando que "basta que um dê o tom para que a orquestra prossiga"

"Não nos podemos esquecer desta língua das crianças, que falam como podem. É a língua de que Jesus gosta muito. E, nas vossas orações, sede simples como elas", recomendou o Santo Padre.

Esta foi a quinta vez no atual pontificado que Francisco presidiu à Missa na Capela Sistina na festa do Batismo do Senhor.

Após a Missa

O rito do Batismo prosseguiu depois da homilia, prolongando-se por vários minutos.
Após a Missa, o Papa presidiu desde a janela do apartamento pontifício à recitação do Angelus, convidando os peregrinos e visitantes reunidos na Praça de São Pedro a pensar no seu próprio Batismo.

"A festa do Batismo de Jesus convida cada cristão a fazer memória do seu próprio Batismo. Esquecê-lo seria expor-se ao risco de perder a memória do que o Senhor fez por nós", advertiu.

"É a data do grande perdão. Não se esqueçam", relembrou.

"Desejo a todos um bom domingo e um bom caminho no ano agora iniciado, graças à luz que Jesus nos deu no seu Natal", disse, ao despedir-se dos peregrinos. (JSG)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92284-Papa-batiza-34-criancas-na-Festa-do-Batismo-do-Senhor. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Cardeal Arcebispo de Valência, Antonio Cañizares, afirmou aos poloneses que eles são “exemplo ...
 
As imagens peregrinas são réplicas fiéis da imagem venerada na Capela das Aparições do Santuár ...
 
O sangue do Papa João Paulo II deve chegar à Paróquia Sagrada Família em 26 de novembro próximo ...
 
Os exemplares de 1962 a 1979 do jornal Folha do Norte do Paraná estavam na Catedral Basílica Menor ...
 
Nos próximos dias serão iniciadas as instalações do presépio e da Árvore de Natal na Praça de ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading