Loading
 
 
 
Loading
 
“Quem congrega no templo obedece à Palavra”, afirma o Arcebispo de Goiânia
Loading
 
15 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Goiânia - Goiás (Segunda-feira, 15-01-2018, Gaudium Press) A Capela da Comunidade Maria de Nazaré, no Jardim Presidente, pertencente à Paróquia Santa Luzia, acolheu recentemente a dedicação do templo e do altar. Na ocasião, o Arcebispo Dom Washington Cruz presidiu o rito.

Quem congrega no templo obedece à Palavra, afirma o Arcebispo de Goiânia.jpg

"Hoje é um dia consagrado ao Senhor. É um dia de festa para nós, conforme ouvimos na Palavra", declarou Dom Washington, logo no início de sua homilia, aos presentes que lotaram a capela.

Em seguida, o prelado explicou que os fiéis estiveram reunidos na capela por terem sido convocados pela Palavra de Deus. "Quem congrega no templo obedece à Palavra", ressaltou.

O arcebispo aproveitou para parabenizar a comunidade e o administrador paroquial, Padre Elenivaldo Manoel dos Santos, pela "transformação" que passou aquele templo. "Eu sabia que ia encontrar uma igreja bonita porque as obras do Padre Elenivaldo são sempre muito belas, mas eu não sabia que ia encontrar uma igreja tão bela assim", disse.

Prosseguindo com sua reflexão, Dom Washington afirmou que Deus, com sua morte e ressurreição, salvou a humanidade. "Este é o grande anúncio deste templo. A casa do meu Pai é uma casa de oração", destacou.

Na Igreja, o altar é o corpo de Cristo, lugar no qual se apresenta o centro de todo o ato litúrgico. "O altar é como o Monte Tabor, onde devemos subir para descobrir o fulgor que sai de Cristo, assim como fizeram os apóstolos Pedro, Tiago e João. Neste altar, Cristo morre e ressuscita toda vez que celebramos".

O prelado pediu também que, na dedicação da capela, todos os fiéis presentes se lembrassem quais eram suas missões na Igreja. "Olhem cada um para si e entendam qual é o seu lugar na comunidade. Todos, sem exceção, têm uma missão a realizar".

Encerrada a homilia, houve o rito de dedicação, sendo cantada a Ladainha de Todos os Santos. Na sequência, ocorreu a deposição das relíquias do Beato Isidoro de Loor, da Congregação dos Missionários Passionistas; a unção do altar e das paredes da igreja; a incensação do altar e da igreja; e a iluminação de todo o templo.

Em 5 de dezembro passado, Dom Washington dedicou o templo e o altar da igreja matriz. No dia 30 do mesmo mês, foi a vez da Comunidade São José. Agora, no próximo dia 24 de janeiro, será a vez da Comunidade São Paulo Apóstolo, todas pertencentes à Paróquia Santa Luzia. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Goiânia

Loading
“Quem congrega no templo obedece à Palavra”, afirma o Arcebispo de Goiânia

Goiânia - Goiás (Segunda-feira, 15-01-2018, Gaudium Press) A Capela da Comunidade Maria de Nazaré, no Jardim Presidente, pertencente à Paróquia Santa Luzia, acolheu recentemente a dedicação do templo e do altar. Na ocasião, o Arcebispo Dom Washington Cruz presidiu o rito.

Quem congrega no templo obedece à Palavra, afirma o Arcebispo de Goiânia.jpg

"Hoje é um dia consagrado ao Senhor. É um dia de festa para nós, conforme ouvimos na Palavra", declarou Dom Washington, logo no início de sua homilia, aos presentes que lotaram a capela.

Em seguida, o prelado explicou que os fiéis estiveram reunidos na capela por terem sido convocados pela Palavra de Deus. "Quem congrega no templo obedece à Palavra", ressaltou.

O arcebispo aproveitou para parabenizar a comunidade e o administrador paroquial, Padre Elenivaldo Manoel dos Santos, pela "transformação" que passou aquele templo. "Eu sabia que ia encontrar uma igreja bonita porque as obras do Padre Elenivaldo são sempre muito belas, mas eu não sabia que ia encontrar uma igreja tão bela assim", disse.

Prosseguindo com sua reflexão, Dom Washington afirmou que Deus, com sua morte e ressurreição, salvou a humanidade. "Este é o grande anúncio deste templo. A casa do meu Pai é uma casa de oração", destacou.

Na Igreja, o altar é o corpo de Cristo, lugar no qual se apresenta o centro de todo o ato litúrgico. "O altar é como o Monte Tabor, onde devemos subir para descobrir o fulgor que sai de Cristo, assim como fizeram os apóstolos Pedro, Tiago e João. Neste altar, Cristo morre e ressuscita toda vez que celebramos".

O prelado pediu também que, na dedicação da capela, todos os fiéis presentes se lembrassem quais eram suas missões na Igreja. "Olhem cada um para si e entendam qual é o seu lugar na comunidade. Todos, sem exceção, têm uma missão a realizar".

Encerrada a homilia, houve o rito de dedicação, sendo cantada a Ladainha de Todos os Santos. Na sequência, ocorreu a deposição das relíquias do Beato Isidoro de Loor, da Congregação dos Missionários Passionistas; a unção do altar e das paredes da igreja; a incensação do altar e da igreja; e a iluminação de todo o templo.

Em 5 de dezembro passado, Dom Washington dedicou o templo e o altar da igreja matriz. No dia 30 do mesmo mês, foi a vez da Comunidade São José. Agora, no próximo dia 24 de janeiro, será a vez da Comunidade São Paulo Apóstolo, todas pertencentes à Paróquia Santa Luzia. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Goiânia


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Na mensagem, os prelados incentivam para que se trabalhe por “uma educação verdadeiramente human ...
 
O novo app funcionará durante as audiências gerais das quartas-feiras, ao ângelus do domingo na P ...
 
O edifício havia sido fechado em 1968, por conta da guerra entre Israel e Palestina, que converteu ...
 
Varão de fogo e conselheiro de Papas e monarcas, foi também admirável arauto da Virgem Maria e um ...
 
“A necessidade da eternidade é tão clara que estamos de acordo com a imensa maioria dos homens d ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading