Loading
 
 
 
Loading
 
Papa almoça com indígenas em Araucanía
Loading
 
17 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Temuco - Chile (Quarta-feira, 17-01-2018, Gaudium Press) Em sua viagem ao Chile, na cidade de Temuco, nesta quarta-feira, o Papa Francisco almoçou com oito membros da comunidade indígena mapuche, na Casa ‘Madre de la Santa Cruz', em Araucanía.

O almoço foi realizado depois que o Papa falou em sua homilia durante a Missa no aeroporto de Maquehue dos atentados aos direitos humanos cometidos contra os indígenas em território chileno.

Araucanía

A Araucania fica em uma das regiões mais pobres do Chile. Nela existe um secular conflito territorial que envolve o povo de etnia mapuche e o Governo.

Os indígenas fazem apelos de maior assistência tanto no campo social quanto no campo humano. Pedem uma nova lei de demarcação de terras e medidas que favoreçam a proteção das florestas e impeçam acordos que abrem a porta a multinacionais estrangeiras para a construção de centrais hidro eléctricas.

A situação reclamada pelos indígenas tem, em várias ocasiões, trazido atritos que degeneram em situações de violência, de parte a parte.

Participantes do almoço

Não eram só indígenas os convivas do Papa.
Estiveram participando do almoço com o Papa 11 representantes de diferentes comunidades chilenas.

Entre os convidados de Francisco estava presente uma mulher da região de Malleco que foi vítima de violência. Almoçaram com o Papa também um imigrante haitiano e um homem descendente de colonos germano-suíços.

Dom Héctor Eduardo Vargas Bastidas, Bispo de Temuco acompanhava o Papa durante o almoço.

Logo após o almoço o Pontífice rezou por alguns minutos na capela da Casa ‘Madre de la Santa Cruz', que pertence a um instituto religioso feminino fundado em 1844 e que acolhe atualmente cerca de 40 monjas e ainda alguns outros religiosos doentes e debilitados. (JSG)

 

Loading
Papa almoça com indígenas em Araucanía

Temuco - Chile (Quarta-feira, 17-01-2018, Gaudium Press) Em sua viagem ao Chile, na cidade de Temuco, nesta quarta-feira, o Papa Francisco almoçou com oito membros da comunidade indígena mapuche, na Casa ‘Madre de la Santa Cruz', em Araucanía.

O almoço foi realizado depois que o Papa falou em sua homilia durante a Missa no aeroporto de Maquehue dos atentados aos direitos humanos cometidos contra os indígenas em território chileno.

Araucanía

A Araucania fica em uma das regiões mais pobres do Chile. Nela existe um secular conflito territorial que envolve o povo de etnia mapuche e o Governo.

Os indígenas fazem apelos de maior assistência tanto no campo social quanto no campo humano. Pedem uma nova lei de demarcação de terras e medidas que favoreçam a proteção das florestas e impeçam acordos que abrem a porta a multinacionais estrangeiras para a construção de centrais hidro eléctricas.

A situação reclamada pelos indígenas tem, em várias ocasiões, trazido atritos que degeneram em situações de violência, de parte a parte.

Participantes do almoço

Não eram só indígenas os convivas do Papa.
Estiveram participando do almoço com o Papa 11 representantes de diferentes comunidades chilenas.

Entre os convidados de Francisco estava presente uma mulher da região de Malleco que foi vítima de violência. Almoçaram com o Papa também um imigrante haitiano e um homem descendente de colonos germano-suíços.

Dom Héctor Eduardo Vargas Bastidas, Bispo de Temuco acompanhava o Papa durante o almoço.

Logo após o almoço o Pontífice rezou por alguns minutos na capela da Casa ‘Madre de la Santa Cruz', que pertence a um instituto religioso feminino fundado em 1844 e que acolhe atualmente cerca de 40 monjas e ainda alguns outros religiosos doentes e debilitados. (JSG)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92516--Papa-almoca-com-indigenas-em-Araucania. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Pontífice visitará o país europeu entre os dias 25 e 26 de agosto, para participar do Encontro ...
 
O emoji criado consiste em uma pequena representando o rosto sorridente do Papa, com a bandeira da I ...
 
“ (...) todos os dias somos impulsionados a uma resposta livre ao chamado amoroso de Deus”, afir ...
 
Na festa da Assunção da Virgem Maria, Cardeal Antônio Marto indica três motivos de alegria para ...
 
Em Curitiba, as irmãs combinam a melhor forma de irem até as comunidades paroquiais para falar sob ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading