Loading
 
 
 
Loading
 
Milhares de fiéis celebram encerramento da Festa de São Sebastião, no Rio
Loading
 
22 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Rio de Janeiro (Segunda-feira, 22-01-2018, Gaudium Press) O Padroeiro da Cidade Maravilhosa, São Sebastião, foi celebrado por milhares de fiéis na tarde do último dia 20 de janeiro, durante a tradicional procissão em honra ao Santo. A concentração teve início às 15h, com a Oração do Terço da Misericórdia, no Santuário Basílica de São Sebastião, na Tijuca.

Milhares de fiéis celebram encerramento da Festa de São Sebastião, no Rio.jpg

Uma hora depois, deu-se início ao cortejo, que teve como destino a Catedral Metropolitana de São Sebastião, localizada no Centro da cidade. Ao longo de duas horas de peregrinação, o público prestou momentos de louvor, agradecimento e súplica ao Padroeiro.

Já a Santa Missa do encerramento da festividade ocorreu na Catedral Metropolitana, presidida pelo Cardeal Orani João Tempesta e concelebrada pelos demais sacerdotes e religiosos.

Em sua homilia, o purpurado recordou os mártires dos dias atuais. Segundo Dom Orani, "duas visões se completam neste dia: de um lado, São Sebastião, exemplo de cristão, e a história da cidade, desde o início dedicada ao mártir. Enquanto cristãos, saímos pelas ruas para expressar nossa alegria em tê-lo como padroeiro. Essa questão do martírio nós vemos sempre, até mesmo nos dias atuais, tal como os cristãos que são perseguidos, expulsos de suas terras, torturados e mortos".

"São Sebastião nos inspira a sermos cariocas que não desanimam com as flechadas da vida, mas perseveram enquanto cristãos. Só em 2016, foram 60 mil mortes. Que nossa sociedade possa ter, cada dia mais, Cristo em seu coração, seguido o exemplo de nosso padroeiro. O tema deste ano 'São Sebastião superou tudo com amor' vem ao encontro das necessidades de nossa sociedade. Enquanto cristãos, somos chamados a encontrar caminhos", destacou o cardeal.

O Arcebispo do Rio de Janeiro ainda pediu para que Frei Paulo Batista, diretor geral do Hospital São Francisco na Providência de Deus, na Tijuca, e fundador da missão "Amor que Cura" fizesse um panorama sobre o trabalho. "A missão tem três ações: nas ruas, no cárcere e no lixão, cujo principal objetivo é evangelizar, não só com palavras, mas com ações. No ano passado, assistimos mais de 5 mil presos, em sete presídios, além de 4 mil refeições no lixão", relatou.

Por sua vez, o reitor do Seminário Arquidiocesano de São José, Cônego Leandro Câmara, agradeceu as orações dos católicos cariocas pelas vocações. "Muitos jovens têm sido tocados para a vocação sacerdotal, agradeço as orações do povo de Deus. Os três seminários iniciam as aulas no dia 14 de fevereiro com, ao todo, mais de 200 seminaristas. Esse é um sinal de esperança de novos pastores para a arquidiocese. Que vocês possam acolhê-los em suas paróquias com o mesmo zelo com que nos acolhem".

Também houve o momento em que o Cardeal Tempesta fez o lançamento oficial da Carta Pastoral, que será trabalhada durante o Tempo da Quaresma na Arquidiocese do Rio de Janeiro.

Na benção final, o cardeal concedeu a indulgência plenária a todos os fiéis que estavam preparados através dos sacramentos da Confissão, Eucaristia e verdadeiramente arrependidos de seus pecados. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese do Rio de Janeiro

Loading
Milhares de fiéis celebram encerramento da Festa de São Sebastião, no Rio

Rio de Janeiro (Segunda-feira, 22-01-2018, Gaudium Press) O Padroeiro da Cidade Maravilhosa, São Sebastião, foi celebrado por milhares de fiéis na tarde do último dia 20 de janeiro, durante a tradicional procissão em honra ao Santo. A concentração teve início às 15h, com a Oração do Terço da Misericórdia, no Santuário Basílica de São Sebastião, na Tijuca.

Milhares de fiéis celebram encerramento da Festa de São Sebastião, no Rio.jpg

Uma hora depois, deu-se início ao cortejo, que teve como destino a Catedral Metropolitana de São Sebastião, localizada no Centro da cidade. Ao longo de duas horas de peregrinação, o público prestou momentos de louvor, agradecimento e súplica ao Padroeiro.

Já a Santa Missa do encerramento da festividade ocorreu na Catedral Metropolitana, presidida pelo Cardeal Orani João Tempesta e concelebrada pelos demais sacerdotes e religiosos.

Em sua homilia, o purpurado recordou os mártires dos dias atuais. Segundo Dom Orani, "duas visões se completam neste dia: de um lado, São Sebastião, exemplo de cristão, e a história da cidade, desde o início dedicada ao mártir. Enquanto cristãos, saímos pelas ruas para expressar nossa alegria em tê-lo como padroeiro. Essa questão do martírio nós vemos sempre, até mesmo nos dias atuais, tal como os cristãos que são perseguidos, expulsos de suas terras, torturados e mortos".

"São Sebastião nos inspira a sermos cariocas que não desanimam com as flechadas da vida, mas perseveram enquanto cristãos. Só em 2016, foram 60 mil mortes. Que nossa sociedade possa ter, cada dia mais, Cristo em seu coração, seguido o exemplo de nosso padroeiro. O tema deste ano 'São Sebastião superou tudo com amor' vem ao encontro das necessidades de nossa sociedade. Enquanto cristãos, somos chamados a encontrar caminhos", destacou o cardeal.

O Arcebispo do Rio de Janeiro ainda pediu para que Frei Paulo Batista, diretor geral do Hospital São Francisco na Providência de Deus, na Tijuca, e fundador da missão "Amor que Cura" fizesse um panorama sobre o trabalho. "A missão tem três ações: nas ruas, no cárcere e no lixão, cujo principal objetivo é evangelizar, não só com palavras, mas com ações. No ano passado, assistimos mais de 5 mil presos, em sete presídios, além de 4 mil refeições no lixão", relatou.

Por sua vez, o reitor do Seminário Arquidiocesano de São José, Cônego Leandro Câmara, agradeceu as orações dos católicos cariocas pelas vocações. "Muitos jovens têm sido tocados para a vocação sacerdotal, agradeço as orações do povo de Deus. Os três seminários iniciam as aulas no dia 14 de fevereiro com, ao todo, mais de 200 seminaristas. Esse é um sinal de esperança de novos pastores para a arquidiocese. Que vocês possam acolhê-los em suas paróquias com o mesmo zelo com que nos acolhem".

Também houve o momento em que o Cardeal Tempesta fez o lançamento oficial da Carta Pastoral, que será trabalhada durante o Tempo da Quaresma na Arquidiocese do Rio de Janeiro.

Na benção final, o cardeal concedeu a indulgência plenária a todos os fiéis que estavam preparados através dos sacramentos da Confissão, Eucaristia e verdadeiramente arrependidos de seus pecados. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese do Rio de Janeiro

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92600-Milhares-de-fieis-celebram-encerramento-da-Festa-de-Sao-Sebastiao--no-Rio. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Pontífice visitará o país europeu entre os dias 25 e 26 de agosto, para participar do Encontro ...
 
O emoji criado consiste em uma pequena representando o rosto sorridente do Papa, com a bandeira da I ...
 
“ (...) todos os dias somos impulsionados a uma resposta livre ao chamado amoroso de Deus”, afir ...
 
Na festa da Assunção da Virgem Maria, Cardeal Antônio Marto indica três motivos de alegria para ...
 
Em Curitiba, as irmãs combinam a melhor forma de irem até as comunidades paroquiais para falar sob ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading