Loading
 
 
 
Loading
 
Igreja perseguida na Índia continua florescendo
Loading
 
26 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Índia - Bhubaneswar (Sexta-feira, 26-01-2018, Gaudium Press) Quase dez anos após os ataques anticristãos em Kandhamal, na Índia, o distrito pertencente à Arquidiocese de Cuttack-Bhubaneswar registrou um total de 534 Confirmações. Desta forma, continua o florescimento de uma comunidade cristã duramente atingida pela discriminação.

Igreja perseguida na Índia continua florescendo.jpg

As confirmações foram realizadas em três Missas, a primeira delas reuniu 175 jovens que receberam o sacramento na Paróquia de São Pedro de Pobingia, um templo que foi destruído por radicais hindus nos ataques de 2008.

A segunda celebração foi registrada na paróquia mais distante da Diocese em Saramuli, no dia 20 de janeiro.

O Arcebispo de Cuttack Bhubaneswar, Dom John Barwa, recordou o testemunho de São Sebastião, em cuja memória litúrgica ocorreu a cerimônia: "São Sebastião foi martirizado com arcos e flechas por sua fidelidade a Jesus Cristo. Nossa Fé é reforçada com seu sacrifício. Que ele interceda e reze hoje por nós, para que possamos ser suficientemente corajosos para testemunhar Jesus até a morte", pregou, segundo informações da AsiaNews.

No dia seguinte, Dom Barwa celebrou a Confirmação de 271 jovens na Paróquia de São José de Godapur, com a presença de cerca de 4 mil fiéis. Os jovens e seus pais expressaram sua alegria ao receber o Espírito Santo em uma região na qual o testemunho cristão exige um sacrifício notável. (EPC)

Loading
Igreja perseguida na Índia continua florescendo

Índia - Bhubaneswar (Sexta-feira, 26-01-2018, Gaudium Press) Quase dez anos após os ataques anticristãos em Kandhamal, na Índia, o distrito pertencente à Arquidiocese de Cuttack-Bhubaneswar registrou um total de 534 Confirmações. Desta forma, continua o florescimento de uma comunidade cristã duramente atingida pela discriminação.

Igreja perseguida na Índia continua florescendo.jpg

As confirmações foram realizadas em três Missas, a primeira delas reuniu 175 jovens que receberam o sacramento na Paróquia de São Pedro de Pobingia, um templo que foi destruído por radicais hindus nos ataques de 2008.

A segunda celebração foi registrada na paróquia mais distante da Diocese em Saramuli, no dia 20 de janeiro.

O Arcebispo de Cuttack Bhubaneswar, Dom John Barwa, recordou o testemunho de São Sebastião, em cuja memória litúrgica ocorreu a cerimônia: "São Sebastião foi martirizado com arcos e flechas por sua fidelidade a Jesus Cristo. Nossa Fé é reforçada com seu sacrifício. Que ele interceda e reze hoje por nós, para que possamos ser suficientemente corajosos para testemunhar Jesus até a morte", pregou, segundo informações da AsiaNews.

No dia seguinte, Dom Barwa celebrou a Confirmação de 271 jovens na Paróquia de São José de Godapur, com a presença de cerca de 4 mil fiéis. Os jovens e seus pais expressaram sua alegria ao receber o Espírito Santo em uma região na qual o testemunho cristão exige um sacrifício notável. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92756-Igreja-perseguida-na-India-continua-florescendo. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Pontífice visitará o país europeu entre os dias 25 e 26 de agosto, para participar do Encontro ...
 
O emoji criado consiste em uma pequena representando o rosto sorridente do Papa, com a bandeira da I ...
 
“ (...) todos os dias somos impulsionados a uma resposta livre ao chamado amoroso de Deus”, afir ...
 
Na festa da Assunção da Virgem Maria, Cardeal Antônio Marto indica três motivos de alegria para ...
 
Em Curitiba, as irmãs combinam a melhor forma de irem até as comunidades paroquiais para falar sob ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading