Loading
 
 
 
Loading
 
Igreja perseguida na Índia continua florescendo
Loading
 
26 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Índia - Bhubaneswar (Sexta-feira, 26-01-2018, Gaudium Press) Quase dez anos após os ataques anticristãos em Kandhamal, na Índia, o distrito pertencente à Arquidiocese de Cuttack-Bhubaneswar registrou um total de 534 Confirmações. Desta forma, continua o florescimento de uma comunidade cristã duramente atingida pela discriminação.

Igreja perseguida na Índia continua florescendo.jpg

As confirmações foram realizadas em três Missas, a primeira delas reuniu 175 jovens que receberam o sacramento na Paróquia de São Pedro de Pobingia, um templo que foi destruído por radicais hindus nos ataques de 2008.

A segunda celebração foi registrada na paróquia mais distante da Diocese em Saramuli, no dia 20 de janeiro.

O Arcebispo de Cuttack Bhubaneswar, Dom John Barwa, recordou o testemunho de São Sebastião, em cuja memória litúrgica ocorreu a cerimônia: "São Sebastião foi martirizado com arcos e flechas por sua fidelidade a Jesus Cristo. Nossa Fé é reforçada com seu sacrifício. Que ele interceda e reze hoje por nós, para que possamos ser suficientemente corajosos para testemunhar Jesus até a morte", pregou, segundo informações da AsiaNews.

No dia seguinte, Dom Barwa celebrou a Confirmação de 271 jovens na Paróquia de São José de Godapur, com a presença de cerca de 4 mil fiéis. Os jovens e seus pais expressaram sua alegria ao receber o Espírito Santo em uma região na qual o testemunho cristão exige um sacrifício notável. (EPC)

Loading
Igreja perseguida na Índia continua florescendo

Índia - Bhubaneswar (Sexta-feira, 26-01-2018, Gaudium Press) Quase dez anos após os ataques anticristãos em Kandhamal, na Índia, o distrito pertencente à Arquidiocese de Cuttack-Bhubaneswar registrou um total de 534 Confirmações. Desta forma, continua o florescimento de uma comunidade cristã duramente atingida pela discriminação.

Igreja perseguida na Índia continua florescendo.jpg

As confirmações foram realizadas em três Missas, a primeira delas reuniu 175 jovens que receberam o sacramento na Paróquia de São Pedro de Pobingia, um templo que foi destruído por radicais hindus nos ataques de 2008.

A segunda celebração foi registrada na paróquia mais distante da Diocese em Saramuli, no dia 20 de janeiro.

O Arcebispo de Cuttack Bhubaneswar, Dom John Barwa, recordou o testemunho de São Sebastião, em cuja memória litúrgica ocorreu a cerimônia: "São Sebastião foi martirizado com arcos e flechas por sua fidelidade a Jesus Cristo. Nossa Fé é reforçada com seu sacrifício. Que ele interceda e reze hoje por nós, para que possamos ser suficientemente corajosos para testemunhar Jesus até a morte", pregou, segundo informações da AsiaNews.

No dia seguinte, Dom Barwa celebrou a Confirmação de 271 jovens na Paróquia de São José de Godapur, com a presença de cerca de 4 mil fiéis. Os jovens e seus pais expressaram sua alegria ao receber o Espírito Santo em uma região na qual o testemunho cristão exige um sacrifício notável. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92756-Igreja-perseguida-na-India-continua-florescendo. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A iniciativa de oração pretende unir milhares de pessoas ao redor do mundo para rezar pela paz, re ...
 
A notícia foi conhecida por meio de um edito assinado pelo Cardeal Angelo de Donatis. ...
 
Para Dom Orani Tempesta, a fortaleza para superar as várias dificuldades e situações foi uma das ...
 
Segundo o bispo de Imperatriz (MA), a Jornada nos ensina que a Igreja precisa aprender a trabalhar a ...
 
A prefeita de Roma, Virginia Raggi, assegurou que as moedas coletadas em outras fontes da capital it ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading