Loading
 
 
 
Loading
 
Jesus ensina com autoridade e mostra poder em suas palavras e obras, diz Papa, no Angelus
Loading
 
29 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 19-01-2018, Gaudium Press) O Papa Francisco rezou a oração mariana do Angelus, neste domingo (28/01), com os fiéis e peregrinos reunidos na Praça São Pedro. O Pontífice explicou o Evangelho do dia, 28/01.

O Papa destacou que no centro desta passagem de São Marcos está o exorcismo. Através dele Jesus é apresentado como profeta poderoso em palavras e obras.

Jesus entra na sinagoga de Cafarnaum no dia de sábado e começa a ensinar. Francisco comenta que "As pessoas ficam admiradas com as suas palavras, pois não são palavras comuns, não parecem com aquelas que geralmente escutam."

Jesus fala com autoridade

"Os escribas ensinam, mas sem ter uma própria credibilidade. E Jesus ensina com autoridade", ressalta Francisco que continua seu comentário: "Jesus ensina como uma pessoa que tem autoridade, revelando-se o Enviado de Deus, e não um homem simples que deve fundar seu próprio ensinamento somente nas tradições precedentes. Jesus tem credibilidade plena. A sua doutrina é nova e o Evangelho diz que as pessoas comentavam: ‘Um ensinamento novo, dado com autoridade'. "

"Ao mesmo tempo, sublinha o Papa, Jesus revela-se poderoso também nas obras. Na sinagoga de Cafarnaum há um homem possuído por um espírito mau que se manifesta gritando estas palavras: ‘Que queres de nós, Jesus Nazareno? Vieste para nos destruir? Eu sei quem tu és: tu és o santo de Deus'".

Satanás diz a verdade...

" O diabo diz a verdade: Jesus veio para destruir o diabo, para destruir o demônio, para vencê-lo. " "Este espírito imundo conhece a potência de Jesus e proclama a sua santidade. Jesus o repreende, dizendo-lhe: «Cala-te e sai dele!» Essas poucas palavras de Jesus são suficientes para obter a vitória sobre satanás, que sai daquele homem sacudindo-o e dando um grande frito, segundo o Evangelho", explica o Papa.

Segundo o Pontífice, "esse fato impressiona muito as pessoas presentes. Todos estão cheios de temor e se perguntam: ‘O que é isso? Ele manda até mesmo nos espíritos maus e eles obedecem!'"

A força de Jesus confirma a credibilidade de seu ensinamento

" Assim, se manifesta o projeto de Deus com palavras e com a força das obras. " "No Evangelho, vemos que Jesus, em sua missão terrena, revela o amor de Deus seja com a pregação seja com os vários gestos de atenção e socorro aos doentes, necessitados, crianças e pecadores", explica Francisco, continuado sua interpretação do Evangelho:

"Jesus é o nosso Mestre, poderoso em palavras e obras. Jesus nos comunica a luz que ilumina as estradas, até mesmo escuras, de nossa existência. Ele nos comunica também a força necessária para superar as dificuldades, as provações e as tentações. Pensemos: que grande graça é para nós ter conhecido esse Deus tão poderoso e bom!"

Jesus, na verdade, afirma o Santo Padre, é "Um mestre e um amigo que nos indica o caminho e cuida de nós, especialmente quando precisamos."

Maria ensina a ouvir

"Que a Virgem Maria, mulher da escuta, nos ajude a fazer silêncio ao nosso redor e dentro de nós para ouvir, no barulho das mensagens do mundo, a palavra mais crível que existe: a de seu Filho Jesus que anuncia o sentido de nossa existência e nos liberta de toda escravidão, inclusive a do maligno", conclui o Papa.

(JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações Vatican News)

 

 

Loading
Jesus ensina com autoridade e mostra poder em suas palavras e obras, diz Papa, no Angelus

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 19-01-2018, Gaudium Press) O Papa Francisco rezou a oração mariana do Angelus, neste domingo (28/01), com os fiéis e peregrinos reunidos na Praça São Pedro. O Pontífice explicou o Evangelho do dia, 28/01.

O Papa destacou que no centro desta passagem de São Marcos está o exorcismo. Através dele Jesus é apresentado como profeta poderoso em palavras e obras.

Jesus entra na sinagoga de Cafarnaum no dia de sábado e começa a ensinar. Francisco comenta que "As pessoas ficam admiradas com as suas palavras, pois não são palavras comuns, não parecem com aquelas que geralmente escutam."

Jesus fala com autoridade

"Os escribas ensinam, mas sem ter uma própria credibilidade. E Jesus ensina com autoridade", ressalta Francisco que continua seu comentário: "Jesus ensina como uma pessoa que tem autoridade, revelando-se o Enviado de Deus, e não um homem simples que deve fundar seu próprio ensinamento somente nas tradições precedentes. Jesus tem credibilidade plena. A sua doutrina é nova e o Evangelho diz que as pessoas comentavam: ‘Um ensinamento novo, dado com autoridade'. "

"Ao mesmo tempo, sublinha o Papa, Jesus revela-se poderoso também nas obras. Na sinagoga de Cafarnaum há um homem possuído por um espírito mau que se manifesta gritando estas palavras: ‘Que queres de nós, Jesus Nazareno? Vieste para nos destruir? Eu sei quem tu és: tu és o santo de Deus'".

Satanás diz a verdade...

" O diabo diz a verdade: Jesus veio para destruir o diabo, para destruir o demônio, para vencê-lo. " "Este espírito imundo conhece a potência de Jesus e proclama a sua santidade. Jesus o repreende, dizendo-lhe: «Cala-te e sai dele!» Essas poucas palavras de Jesus são suficientes para obter a vitória sobre satanás, que sai daquele homem sacudindo-o e dando um grande frito, segundo o Evangelho", explica o Papa.

Segundo o Pontífice, "esse fato impressiona muito as pessoas presentes. Todos estão cheios de temor e se perguntam: ‘O que é isso? Ele manda até mesmo nos espíritos maus e eles obedecem!'"

A força de Jesus confirma a credibilidade de seu ensinamento

" Assim, se manifesta o projeto de Deus com palavras e com a força das obras. " "No Evangelho, vemos que Jesus, em sua missão terrena, revela o amor de Deus seja com a pregação seja com os vários gestos de atenção e socorro aos doentes, necessitados, crianças e pecadores", explica Francisco, continuado sua interpretação do Evangelho:

"Jesus é o nosso Mestre, poderoso em palavras e obras. Jesus nos comunica a luz que ilumina as estradas, até mesmo escuras, de nossa existência. Ele nos comunica também a força necessária para superar as dificuldades, as provações e as tentações. Pensemos: que grande graça é para nós ter conhecido esse Deus tão poderoso e bom!"

Jesus, na verdade, afirma o Santo Padre, é "Um mestre e um amigo que nos indica o caminho e cuida de nós, especialmente quando precisamos."

Maria ensina a ouvir

"Que a Virgem Maria, mulher da escuta, nos ajude a fazer silêncio ao nosso redor e dentro de nós para ouvir, no barulho das mensagens do mundo, a palavra mais crível que existe: a de seu Filho Jesus que anuncia o sentido de nossa existência e nos liberta de toda escravidão, inclusive a do maligno", conclui o Papa.

(JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações Vatican News)

 

 


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Na mensagem, os prelados incentivam para que se trabalhe por “uma educação verdadeiramente human ...
 
O novo app funcionará durante as audiências gerais das quartas-feiras, ao ângelus do domingo na P ...
 
O edifício havia sido fechado em 1968, por conta da guerra entre Israel e Palestina, que converteu ...
 
Varão de fogo e conselheiro de Papas e monarcas, foi também admirável arauto da Virgem Maria e um ...
 
“A necessidade da eternidade é tão clara que estamos de acordo com a imensa maioria dos homens d ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading