Loading
 
 
 
Loading
 
Canção Nova acolhe missa presidida por Custódio da Terra Santa
Loading
 
30 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

São Paulo (Quarta-feira, 30-01-2018, Gaudium Press) Em visita a sede da Comunidade Canção Nova em Cachoeira Paulista, São Paulo, nesta segunda-feira, 29, o Custódio da Terra Santa, Frei Francesco Patton, presidiu a Santa Missa das 7h, no Santuário do Pai das Misericórdias.

Canção Nova acolhe missa presidida por Custódio da Terra Santa.jpgSuperior principal dos Frades Menores que vivem em todo o Oriente Médio, Frei Francesco, que permanece no Brasil até 2 de fevereiro, possui jurisdição sobre os territórios de Israel, Palestina, Jordânia, Líbano, Egito (parcialmente), Chipre e Rodi. É considerado uma das principais autoridades religiosas cristãs no país.

Ao acolher o frade e os dois conselheiros que o acompanham na visita, Frei Bruno e Frei Marcelo, o vice-reitor do Santuário do Pai das Misericórdias, Padre Márcio Prado, declarou: "nossa admiração e nossa oração pelo custódio, por aqueles que ele cuida, pelos templos sagrados, onde as pessoas podem ter um encontro com Cristo".

Ao iniciar sua homilia, o Custódio invocou sobre todos o dom da paz, necessário, conforme ressaltou, não só para as terras do Oriente Médio, mas para todo o mundo. "Creio que nunca como hoje necessitamos dessa saudação e que este desejo de paz se realize", disse Frei Francesco.

Em seguida, Frei Patton manifestou sua alegria de poder celebrar uma missa no Brasil. "Para mim, é uma experiência significativa poder celebrar a Santa Eucaristia em terras brasileiras, especialmente aqui em Cachoeira Paulista, sede da Comunidade Canção Nova, neste Santuário do Pai das Misericórdias".

O custódio ainda destacou a importância de que o sonho de Deus, que é o sonho da paz, se realiza quando há um profundo movimento de conversão, de mudança de mentalidade e de vida. "A mensagem de igualdade da Virgem Mãe Aparecida foi fundamental para aquele momento da história do Brasil e continua sendo até os nossos dias. É atual para a nossa realidade conflituosa da Terra Santa e continua sendo para o Brasil neste delicado momento da política brasileira".

Frei Patton não deixou de recordar que, recentemente, a presença franciscana completou 800 anos na Terra Santa, sendo aberta para a dimensão da missão universal, enviando frades ao mundo inteiro como testemunhas de fraternidade e paz.

"Nossos frades continuam uma presença mesmo na difícil situação atual, onde os cristãos que ali vivem perderam e ainda perdem todos os dias as próprias casas, a segurança, muitas vezes até o mínimo necessário para viverem com dignidade, mas não perderam a fé. Os frades que ali vivem o fazem com fé nas palavras e nos gestos de Jesus de Nazaré, como nos ilumina o Evangelho desta segunda-feira. Esta é a fonte de uma nova evangelização seja para a nossa Igreja no Oriente Médio, mas também para a América Latina e para o Brasil", explicou.

No final, o custódio fez um pedido de oração: "peço a todos vocês irmãos e irmãs que rezem pela nossa missão da Terra Santa a fim de que o Senhor da Messe possa suscitar vocações para a vida missionária. Roguemos à Virgem Mãe Nossa Senhora Aparecida que interceda por cada um de nós para que sejamos fiéis anunciadores do Evangelho de seu Filho, missionários da misericórdia do Pai", concluiu. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Canção Nova

Loading
Canção Nova acolhe missa presidida por Custódio da Terra Santa

São Paulo (Quarta-feira, 30-01-2018, Gaudium Press) Em visita a sede da Comunidade Canção Nova em Cachoeira Paulista, São Paulo, nesta segunda-feira, 29, o Custódio da Terra Santa, Frei Francesco Patton, presidiu a Santa Missa das 7h, no Santuário do Pai das Misericórdias.

Canção Nova acolhe missa presidida por Custódio da Terra Santa.jpgSuperior principal dos Frades Menores que vivem em todo o Oriente Médio, Frei Francesco, que permanece no Brasil até 2 de fevereiro, possui jurisdição sobre os territórios de Israel, Palestina, Jordânia, Líbano, Egito (parcialmente), Chipre e Rodi. É considerado uma das principais autoridades religiosas cristãs no país.

Ao acolher o frade e os dois conselheiros que o acompanham na visita, Frei Bruno e Frei Marcelo, o vice-reitor do Santuário do Pai das Misericórdias, Padre Márcio Prado, declarou: "nossa admiração e nossa oração pelo custódio, por aqueles que ele cuida, pelos templos sagrados, onde as pessoas podem ter um encontro com Cristo".

Ao iniciar sua homilia, o Custódio invocou sobre todos o dom da paz, necessário, conforme ressaltou, não só para as terras do Oriente Médio, mas para todo o mundo. "Creio que nunca como hoje necessitamos dessa saudação e que este desejo de paz se realize", disse Frei Francesco.

Em seguida, Frei Patton manifestou sua alegria de poder celebrar uma missa no Brasil. "Para mim, é uma experiência significativa poder celebrar a Santa Eucaristia em terras brasileiras, especialmente aqui em Cachoeira Paulista, sede da Comunidade Canção Nova, neste Santuário do Pai das Misericórdias".

O custódio ainda destacou a importância de que o sonho de Deus, que é o sonho da paz, se realiza quando há um profundo movimento de conversão, de mudança de mentalidade e de vida. "A mensagem de igualdade da Virgem Mãe Aparecida foi fundamental para aquele momento da história do Brasil e continua sendo até os nossos dias. É atual para a nossa realidade conflituosa da Terra Santa e continua sendo para o Brasil neste delicado momento da política brasileira".

Frei Patton não deixou de recordar que, recentemente, a presença franciscana completou 800 anos na Terra Santa, sendo aberta para a dimensão da missão universal, enviando frades ao mundo inteiro como testemunhas de fraternidade e paz.

"Nossos frades continuam uma presença mesmo na difícil situação atual, onde os cristãos que ali vivem perderam e ainda perdem todos os dias as próprias casas, a segurança, muitas vezes até o mínimo necessário para viverem com dignidade, mas não perderam a fé. Os frades que ali vivem o fazem com fé nas palavras e nos gestos de Jesus de Nazaré, como nos ilumina o Evangelho desta segunda-feira. Esta é a fonte de uma nova evangelização seja para a nossa Igreja no Oriente Médio, mas também para a América Latina e para o Brasil", explicou.

No final, o custódio fez um pedido de oração: "peço a todos vocês irmãos e irmãs que rezem pela nossa missão da Terra Santa a fim de que o Senhor da Messe possa suscitar vocações para a vida missionária. Roguemos à Virgem Mãe Nossa Senhora Aparecida que interceda por cada um de nós para que sejamos fiéis anunciadores do Evangelho de seu Filho, missionários da misericórdia do Pai", concluiu. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Canção Nova

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92838-Cancao-Nova-acolhe-missa-presidida-por-Custodio-da-Terra-Santa. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Pontífice visitará o país europeu entre os dias 25 e 26 de agosto, para participar do Encontro ...
 
O emoji criado consiste em uma pequena representando o rosto sorridente do Papa, com a bandeira da I ...
 
“ (...) todos os dias somos impulsionados a uma resposta livre ao chamado amoroso de Deus”, afir ...
 
Na festa da Assunção da Virgem Maria, Cardeal Antônio Marto indica três motivos de alegria para ...
 
Em Curitiba, as irmãs combinam a melhor forma de irem até as comunidades paroquiais para falar sob ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading