Loading
 
 
 
Loading
 
Exposição mostra relações entre Moscou e o Vaticano
Loading
 
7 de Fevereiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Rússia - Moscou (Quarta-feira, 07-02-2018, Gaudium Press) A exposição intitulada "Os Romanov e a Santa Sé: 1613-1917" é exibida em Moscou e mostra documentos nunca antes vistos da Biblioteca do Vaticano e dos arquivos da Federação Russa, que demonstram que as relações entre os czares e os Papas são mais profundas e de antigas raízes do que se poderia pensar.

Exposição mostra relações entre Moscou e o Vaticano.jpg

Desde o ano 988, o Papa João XV enviou embaixadores à recém-nascida Rússia. A Santa Sé manteve uma correspondência densa e uma relação complexa com Moscou. A exposição é uma parte "do mosaico de várias iniciativas que mostram e documentam a boa colaboração entre a Federação Russa e a Santa Sé e, em consequência, entre a Igreja Católica e a Ortodoxa", disse o Arcebispo italiano Celestino Migliore, Núncio Apostólico em Moscou, em uma entrevista com os meios italianos, em declarações que foram coletadas por Cruxnow.

O Arcebispo Migliore enfatizou o grande 'papel desenvolvido' pela Rússia a nível mundial. Segundo uma fonte do Vaticano, o próximo passo será uma exposição cujo foco está relacionado com os primeiros mártires da Revolução Russa, que celebrou seu 100º aniversário no ano passado. (EPC)

Loading
Exposição mostra relações entre Moscou e o Vaticano

Rússia - Moscou (Quarta-feira, 07-02-2018, Gaudium Press) A exposição intitulada "Os Romanov e a Santa Sé: 1613-1917" é exibida em Moscou e mostra documentos nunca antes vistos da Biblioteca do Vaticano e dos arquivos da Federação Russa, que demonstram que as relações entre os czares e os Papas são mais profundas e de antigas raízes do que se poderia pensar.

Exposição mostra relações entre Moscou e o Vaticano.jpg

Desde o ano 988, o Papa João XV enviou embaixadores à recém-nascida Rússia. A Santa Sé manteve uma correspondência densa e uma relação complexa com Moscou. A exposição é uma parte "do mosaico de várias iniciativas que mostram e documentam a boa colaboração entre a Federação Russa e a Santa Sé e, em consequência, entre a Igreja Católica e a Ortodoxa", disse o Arcebispo italiano Celestino Migliore, Núncio Apostólico em Moscou, em uma entrevista com os meios italianos, em declarações que foram coletadas por Cruxnow.

O Arcebispo Migliore enfatizou o grande 'papel desenvolvido' pela Rússia a nível mundial. Segundo uma fonte do Vaticano, o próximo passo será uma exposição cujo foco está relacionado com os primeiros mártires da Revolução Russa, que celebrou seu 100º aniversário no ano passado. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93037-Exposicao-mostra-relacoes-entre-Moscou-e-o-Vaticano. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que seguiu o lema “Não temas Maria, pois encontras-te graça diante de Deus”, foi con ...
 
“A capela de adoração é uma iniciativa do Senhor para que tivéssemos um lugar adequado para or ...
 
Conforme o purpurado, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. ...
 
Criada em 27 de maio de 1998 pelo Papa João Paulo II, o bispado de Criciúma foi desmembrado da Dio ...
 
O sucesso vocacional do sacerdote depende das orações dos fiéis, afirma arcebispo de Malanje, no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading