Loading
 
 
 
Loading
 
Início da Quaresma: Papa encontra o clero da sua diocese
Loading
 
15 de Fevereiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 15-02-2018, Gaudium Press) Para o encontro com Clero de Roma, a propósito do início da Quaresma, o Papa Francisco chegou à Basílica de São João de Latrão às 10h30 locais, horário em que estava já em andamento a liturgia penitencial conduzida pelo vigário do Papa para a Diocese de Roma, Dom Angelo De Donatis. 

Francisco atendeu confissões durante mais de uma hora.

Ao término da exortação do Papa, antes da bênção final, foi oferecido a todos os presentes um volume do livro intitulado Caros irmãos no sacerdócio...

Fora do programa, tomando a todos de surpresa, Francisco visitou o Pontifício Seminário Romano Maior, que fica ao lado da basílica papal, e ali rezou na capela de Nossa Senhora da Confiança e almoçou com setenta seminaristas.

Palavras do Papa

Ao dirigir-se ao Clero de Roma, sua diocese, o papa afirmou que há várias idades no sacerdócio, cada uma com características peculiares que comportam dificuldades, mas possuem também recursos.

O Pontífice identificou e reelaborou, também à luz da própria experiência e de outros presbíteros, os riscos e potencialidades que os padres encontram em sua vida e em seu ministério.

Sacerdotes Jovens

Pediu aos sacerdotes jovens que busquem um estilo sacerdotal, como se fosse uma carta de identidade ou uma característica pessoal, porque todo sacerdócio é único.

Francisco aconselhou os jovens sacerdotes a encontrar um guia espiritual, um homem sábio, porque para ser eclesiais se deve fazer as coisas diante de uma testemunha para confrontar-se.

Ademais, o sacerdote é um homem celibatário, mas não pode viver sozinho, precisa de um guia que lhe seja de auxílio no discernimento neste tempo da fecundidade.

Padres Maduros

Referindo-se aos padres que atravessam uma idade intermediária - entre os quarenta e os cinquenta anos -, o Pontífice reservou um encorajamento e uma advertência. Este é o tempo da poda e da provação. O padre desta idade é como um marido para quem com o tempo passaram a paixão e as emoções juvenis. Assim se dá também na relação com Deus.

Segundo o Papa, neste período é ainda mais preciso um guia para o discernimento e muita oração, porque é perigoso seguir avante sozinhos. É o momento no qual se vê crescer os filhos espirituais e no qual a fecundidade começa a diminuir. É também o tempo das tentações das quais se pode envergonhar-se, mas, observou Francisco, o demônio é que deveria envergonhar-se por insinuá-las. O importante é não ceder. Inicia-se também o período das despedidas, por conseguinte, é bom começar a aprender a despedir-se.

Sacerdotes Anciãos

O Papa propôs também uma reflexão para os padres que têm mais de cinquenta anos. Estes encontram-se no tempo da sabedoria em que são chamados a oferecer a sua amabilidade e disponibilidade, inclusive com o sorriso.

Os fiéis que se aproximam de um confessor ancião não se sentem intimidados, veem nele um homem acolhedor.
Os padres anciãos ainda podem fazer muito, sobretudo com a pastoral do ouvido, ou seja, escutando, fazendo-se próximo de quem se encontra na dor, mostrando compaixão.

Este é o tempo do perdão incondicional, destacou o Santo Padre, que convidou os padres anciãos a dialogar com os jovens e a ajudá-los a encontrar as raízes das quais as novas gerações de hoje precisam.

Ao concluir, o Papa, enquanto Bispo de Roma, convidou os sacerdotes de seu clero a discernir os sinais dos tempos, a ver a realidade escondida, porque não há somente coisas negativas.

Aconselhou aos padres a leitura de dois livros: um de Anselm Gr?n e um de René Voillaume. (JSG)


(Da Redação Gaudium Press, com informações "L'Osservatore Romano")

 

 

Loading
Início da Quaresma: Papa encontra o clero da sua diocese

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 15-02-2018, Gaudium Press) Para o encontro com Clero de Roma, a propósito do início da Quaresma, o Papa Francisco chegou à Basílica de São João de Latrão às 10h30 locais, horário em que estava já em andamento a liturgia penitencial conduzida pelo vigário do Papa para a Diocese de Roma, Dom Angelo De Donatis. 

Francisco atendeu confissões durante mais de uma hora.

Ao término da exortação do Papa, antes da bênção final, foi oferecido a todos os presentes um volume do livro intitulado Caros irmãos no sacerdócio...

Fora do programa, tomando a todos de surpresa, Francisco visitou o Pontifício Seminário Romano Maior, que fica ao lado da basílica papal, e ali rezou na capela de Nossa Senhora da Confiança e almoçou com setenta seminaristas.

Palavras do Papa

Ao dirigir-se ao Clero de Roma, sua diocese, o papa afirmou que há várias idades no sacerdócio, cada uma com características peculiares que comportam dificuldades, mas possuem também recursos.

O Pontífice identificou e reelaborou, também à luz da própria experiência e de outros presbíteros, os riscos e potencialidades que os padres encontram em sua vida e em seu ministério.

Sacerdotes Jovens

Pediu aos sacerdotes jovens que busquem um estilo sacerdotal, como se fosse uma carta de identidade ou uma característica pessoal, porque todo sacerdócio é único.

Francisco aconselhou os jovens sacerdotes a encontrar um guia espiritual, um homem sábio, porque para ser eclesiais se deve fazer as coisas diante de uma testemunha para confrontar-se.

Ademais, o sacerdote é um homem celibatário, mas não pode viver sozinho, precisa de um guia que lhe seja de auxílio no discernimento neste tempo da fecundidade.

Padres Maduros

Referindo-se aos padres que atravessam uma idade intermediária - entre os quarenta e os cinquenta anos -, o Pontífice reservou um encorajamento e uma advertência. Este é o tempo da poda e da provação. O padre desta idade é como um marido para quem com o tempo passaram a paixão e as emoções juvenis. Assim se dá também na relação com Deus.

Segundo o Papa, neste período é ainda mais preciso um guia para o discernimento e muita oração, porque é perigoso seguir avante sozinhos. É o momento no qual se vê crescer os filhos espirituais e no qual a fecundidade começa a diminuir. É também o tempo das tentações das quais se pode envergonhar-se, mas, observou Francisco, o demônio é que deveria envergonhar-se por insinuá-las. O importante é não ceder. Inicia-se também o período das despedidas, por conseguinte, é bom começar a aprender a despedir-se.

Sacerdotes Anciãos

O Papa propôs também uma reflexão para os padres que têm mais de cinquenta anos. Estes encontram-se no tempo da sabedoria em que são chamados a oferecer a sua amabilidade e disponibilidade, inclusive com o sorriso.

Os fiéis que se aproximam de um confessor ancião não se sentem intimidados, veem nele um homem acolhedor.
Os padres anciãos ainda podem fazer muito, sobretudo com a pastoral do ouvido, ou seja, escutando, fazendo-se próximo de quem se encontra na dor, mostrando compaixão.

Este é o tempo do perdão incondicional, destacou o Santo Padre, que convidou os padres anciãos a dialogar com os jovens e a ajudá-los a encontrar as raízes das quais as novas gerações de hoje precisam.

Ao concluir, o Papa, enquanto Bispo de Roma, convidou os sacerdotes de seu clero a discernir os sinais dos tempos, a ver a realidade escondida, porque não há somente coisas negativas.

Aconselhou aos padres a leitura de dois livros: um de Anselm Gr?n e um de René Voillaume. (JSG)


(Da Redação Gaudium Press, com informações "L'Osservatore Romano")

 

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93183-Inicio-da-Quaresma--Papa-encontra-o-clero-da-sua-diocese. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Coro da Catedral realizou seu tradicional Concerto Coral Anual de Natal, e se destacou pelo carát ...
 
Papa Francisco recebeu em audiência funcionários TV italiana Telepace, nos seus 40 anos de fundaç ...
 
Os sacerdotes católicos não podem revelar os pecados dos penitentes sob pena de excomunhão, e nem ...
 
O Papa dedicou a homilia de hoje a São José e pediu aos fiéis que não percam a capacidade de s ...
 
Belém é um dos lugares da Terra Santa mais visitados por ocasião do Natal. E não é para menos, ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading