Loading
 
 
 
Loading
 
Cardeal do EUA convida fiéis a participarem da Jornada de Oração e Jejum pela Paz
Loading
 
20 de Fevereiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Estados Unidos - Washington (Terça-feira, 20-02-2018, Gaudium Press) O Papa Francisco convidou os católicos do mundo para participarem na próxima sexta-feira, dia 23 de fevereiro, da Primeira Semana da Quaresma, de um dia de oração e jejum pela paz, especialmente pela República Democrática do Congo e Sudão do Sul. A Igreja nos Estados Unidos, por convocação do Arcebispo de Galveston-Houston e Presidente do Episcopado do país norte-americano, Cardeal Daniel DiNardo, se somará de modo particular a esta iniciativa.

Cardeal do EUA convida fiéis a participarem da Jornada de Oração e Jejum pela Paz.jpg

O purpurado, através de uma mensagem transmitida pela Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB), expressa: "Respondamos ao chamado do Santo Padre de orar e jejuar pela paz, especialmente pela Igreja e o povo do Sudão do Sul e da República Democrática do Congo. Convertamos nosso jejum em esmola e apoiemos o trabalho do 'Catholic Relief Services' em ambos os países".

Ele também disse que "tragicamente, o conflito se intensifica em ambas nações". Comenta que o Sudão do Sul "obteve sua independência em 2011 somente para ver-se vítima da corrupção e de uma sangrenta guerra civil", e na República Democrática do Congo, "o governo não respeita a Constituição, uma vez que a Igreja Católica promove corajosamente uma resolução pacífica do conflito entre os partidos do governo e da oposição".

"Em ambos países as famílias inocentes sofrem", acrescenta o Cardeal, para depois elevar uma oração: "Que Deus abençoe o Sudão do Sul, a República Democrática do Congo e nosso mundo com paz".

Para encorajar a participação dos católicos americanos, a USCCB, através do seu site, propõe três maneiras pelas quais os fiéis podem responder ao chamado do Papa para esta jornada de oração e jejum:

Primeiro, aprendendo sobre a situação na República Democrática do Congo e Sudão do Sul, e lendo a declaração do Cardeal DiNardo. Segundo, orando pela paz usando a Oração para o Dia de Oração e Jejum pela Paz na República Democrática do Congo, no Sudão do Sul e no mundo; ou qualquer das orações que a USCCB disponibilizou para a ocasião. E terceiro, compartilhando o que foi aprendido com os outros, espalhando a palavra no Facebook e no Twitter, convidando a paróquia a utilizar as orações dos fiéis para a Jornada; reunindo a comunidade para orar pela paz utilizando o Rosário pela Justiça e a Paz, a Coroinha da Misericórdia, as ladainhas do Santo Nome de Jesus ou do Sagrado Coração de Jesus, ou através da Hora Santa pela Paz.

Também se convida a dar aos 'Catholic Relief Services', que é a agência oficial de ajuda humanitária internacional da USCCB, sobretudo para apoiar ao trabalho realizado na consolidação da paz em ambos os países.

Esta jornada especial de oração e jejum pela paz na República Democrática do Congo e Sudão do Sul é uma convocação dirigida não apenas aos católicos, mas também aos não-cristãos e pessoas de boa vontade. Como manifestou o Sumo Pontífice ao anunciar este dia de oração no dia 04 de fevereiro, durante a oração do Angelus: "convido também aos irmãos e irmãs não-católicos e não-cristãos a participarem dessa iniciativa nas modalidades que considerarem mais apropriadas, mas todos juntos. Nosso Pai celestial sempre escuta aos seus filhos que clamam a Ele na dor e na angústia, 'sana os de coração quebrado e ata suas feridas' (Salmo 147, 3)"

O Papa continuou: "Dirijo um significativo chamado para que também ouçamos este grito e, cada um na própria consciência, diante de Deus, nos perguntemos: 'O que posso fazer pela paz?'. Seguramente podemos rezar; mas não apenas: cada um pode dizer especificamente 'não' à violência no que depende dele ou dela. Porque as vitórias obtidas com a violência são falsas vitórias; enquanto que trabalhar pela paz, faz bem a todos!". (EPC)

Loading
Cardeal do EUA convida fiéis a participarem da Jornada de Oração e Jejum pela Paz

Estados Unidos - Washington (Terça-feira, 20-02-2018, Gaudium Press) O Papa Francisco convidou os católicos do mundo para participarem na próxima sexta-feira, dia 23 de fevereiro, da Primeira Semana da Quaresma, de um dia de oração e jejum pela paz, especialmente pela República Democrática do Congo e Sudão do Sul. A Igreja nos Estados Unidos, por convocação do Arcebispo de Galveston-Houston e Presidente do Episcopado do país norte-americano, Cardeal Daniel DiNardo, se somará de modo particular a esta iniciativa.

Cardeal do EUA convida fiéis a participarem da Jornada de Oração e Jejum pela Paz.jpg

O purpurado, através de uma mensagem transmitida pela Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB), expressa: "Respondamos ao chamado do Santo Padre de orar e jejuar pela paz, especialmente pela Igreja e o povo do Sudão do Sul e da República Democrática do Congo. Convertamos nosso jejum em esmola e apoiemos o trabalho do 'Catholic Relief Services' em ambos os países".

Ele também disse que "tragicamente, o conflito se intensifica em ambas nações". Comenta que o Sudão do Sul "obteve sua independência em 2011 somente para ver-se vítima da corrupção e de uma sangrenta guerra civil", e na República Democrática do Congo, "o governo não respeita a Constituição, uma vez que a Igreja Católica promove corajosamente uma resolução pacífica do conflito entre os partidos do governo e da oposição".

"Em ambos países as famílias inocentes sofrem", acrescenta o Cardeal, para depois elevar uma oração: "Que Deus abençoe o Sudão do Sul, a República Democrática do Congo e nosso mundo com paz".

Para encorajar a participação dos católicos americanos, a USCCB, através do seu site, propõe três maneiras pelas quais os fiéis podem responder ao chamado do Papa para esta jornada de oração e jejum:

Primeiro, aprendendo sobre a situação na República Democrática do Congo e Sudão do Sul, e lendo a declaração do Cardeal DiNardo. Segundo, orando pela paz usando a Oração para o Dia de Oração e Jejum pela Paz na República Democrática do Congo, no Sudão do Sul e no mundo; ou qualquer das orações que a USCCB disponibilizou para a ocasião. E terceiro, compartilhando o que foi aprendido com os outros, espalhando a palavra no Facebook e no Twitter, convidando a paróquia a utilizar as orações dos fiéis para a Jornada; reunindo a comunidade para orar pela paz utilizando o Rosário pela Justiça e a Paz, a Coroinha da Misericórdia, as ladainhas do Santo Nome de Jesus ou do Sagrado Coração de Jesus, ou através da Hora Santa pela Paz.

Também se convida a dar aos 'Catholic Relief Services', que é a agência oficial de ajuda humanitária internacional da USCCB, sobretudo para apoiar ao trabalho realizado na consolidação da paz em ambos os países.

Esta jornada especial de oração e jejum pela paz na República Democrática do Congo e Sudão do Sul é uma convocação dirigida não apenas aos católicos, mas também aos não-cristãos e pessoas de boa vontade. Como manifestou o Sumo Pontífice ao anunciar este dia de oração no dia 04 de fevereiro, durante a oração do Angelus: "convido também aos irmãos e irmãs não-católicos e não-cristãos a participarem dessa iniciativa nas modalidades que considerarem mais apropriadas, mas todos juntos. Nosso Pai celestial sempre escuta aos seus filhos que clamam a Ele na dor e na angústia, 'sana os de coração quebrado e ata suas feridas' (Salmo 147, 3)"

O Papa continuou: "Dirijo um significativo chamado para que também ouçamos este grito e, cada um na própria consciência, diante de Deus, nos perguntemos: 'O que posso fazer pela paz?'. Seguramente podemos rezar; mas não apenas: cada um pode dizer especificamente 'não' à violência no que depende dele ou dela. Porque as vitórias obtidas com a violência são falsas vitórias; enquanto que trabalhar pela paz, faz bem a todos!". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93253-Cardeal-do-EUA-convida-fieis-a-participarem-da-Jornada-de-Oracao-e-Jejum-pela-Paz. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Coro da Catedral realizou seu tradicional Concerto Coral Anual de Natal, e se destacou pelo carát ...
 
Papa Francisco recebeu em audiência funcionários TV italiana Telepace, nos seus 40 anos de fundaç ...
 
Os sacerdotes católicos não podem revelar os pecados dos penitentes sob pena de excomunhão, e nem ...
 
O Papa dedicou a homilia de hoje a São José e pediu aos fiéis que não percam a capacidade de s ...
 
Belém é um dos lugares da Terra Santa mais visitados por ocasião do Natal. E não é para menos, ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading