Loading
 
 
 
Loading
 
20 de fevereiro de 2018: primeira Festa Litúrgica dos Santos Francisco e Jacinta Marto
Loading
 
20 de Fevereiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Fátima - Portugal (Terça-feira, 20-02-2018, Gaudium Press) - A festa litúrgica dos Santos Francisco e Jacinta Martos é celebrada pela Igreja Católica no dia 20 de fevereiro.

20-02-2018-20 de fevereiro de 2018- primeira Festa Litúrgica dos Santos Francisco e Jacinta Marto.jpg

"Ao longo deste dia, demos graças a Deus por este dom maravilhoso desta santidade reconhecida dos Santos Francisco e Jacinta, pelo exemplo que a Igreja nos apresenta nas suas vidas. E recorramos também à sua intercessão, para que saibamos viver uma vida de oração mais intensa, estar atento aos outros".

Estas foram palavras do reitor do Santuário de Fátima, ao presidir à Missa votiva desta comemoração na Basílica da Santíssima Trindade, no Santuário de Fátima.

O Padre Carlos Cabecinhas ainda pediu no final das celebrações:
"Que o exemplo da sua vida nos toque", acrescentou o padre Carlos Cabecinhas, no final da celebração.

Primeira comemoração

E hoje é a primeira vez que é comemorada esta festividade, depois da canonização dos dois videntes de Fátima, realizada em 13 de maio de 2017 pelo Papa Francisco.

Recorda-se que a canonização aconteceu no início da Missa da primeira peregrinação do Centenário das Aparições, quando foi proclamada pelo Papa, em português a fórmula de canonização:

"Declaramos e definimos como Santos os Beatos Francisco Marto e Jacinta Marto e inscrevemo-los no Catálogo dos Santos, estabelecendo que, em toda a Igreja, sejam devotamente honrados entre os Santos. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo".

Centenas de milhares de peregrinos presentes na Cova da Iria saudaram alegremente o ato histórico-religioso que, então, acabava de acontecer.

Vidas entregues a Deus

Dando continuidade à cerimônia, antes da ladainha de Todos os Santos, o bispo de Leiria-Fátima falou das duas vidas "entregues a Deus", apresentando uma resumida biografia de São Francisco Marto e Santa Jacinta:

"Na primeira aparição, em 13 de maio de 1917, a Santíssima Virgem fez-lhes um convite: ‘Quereis oferecer-vos a Deus?' .

Com sua prima, Lúcia, responderam: ‘Sim, queremos'.

"A partir dessa data -comentou Dom Antônio Marto- viveram as suas vidas entregues a Deus e aos Seus desígnios de misericórdia".

O Bispo de Leiria-Fátima continuou: "Os traços de espiritualidade dos dois irmãos assumem uma vocação inseparavelmente contemplativa e compassiva, que os leva a ser espelho da luz de Deus na prática das boas obras".

Francisco e Jacinta: quem eram?

20-02-201820 de fevereiro de 2018 primeira Festa Litúrgica dos Santos Francisco e Jacinta Marto.jpg

Francisco Marto e Jacinta Marto, nascidos em Aljustrel, eram os dois mais novos dos sete filhos de Manuel Pedro Marto e Olímpia de Jesus.

Francisco nasceu a 11 de junho de 1908 e foi batizado no dia 20 desse mês, na igreja paroquial de Fátima.

Jacinta Marto nasceu a 5 de março de 1910, tendo sido batizada no dia 19 desse mês, também na igreja paroquial de Fátima.

Ainda muito novos pastoreavam o rebanho da família junto com sua prima mais velha chamada Lúcia, também vidente de Fátima.

"O mais contemplativo dos três videntes", mostrou Dom Antônio, era São Francisco Marto, que morreu aos dez anos em 4 de abril de 1918.

Santa Jacinta também morreu aos dez anos em 20 de fevereiro de 1920, data escolhida para a festa litúrgica dos dois santos, no Hospital Dona Estefânia, em Lisboa.

Ela era a mais nova dos videntes e tinha apenas sete anos durante as aparições. Contudo sua espiritualidade e devoção eram notórias e ela se destacava neste ponto.

Os dois mais jovens santos não mártires

Francisco e Jacinta Marto foram beatificados por São João Paulo II, em Fátima, a 13 de maio de 2000.

17 anos depois da beatificação os dois Pastorinhos de Fátima, tornavam-se oficialmente os mais jovens santos não-mártires da história da Igreja Católica, por decisão do Papa Francisco que os canonizou.

Como se sabe, a canonização é a confirmação, por parte da Igreja, de que um fiel católico é digno de culto público universal e eles são dados como intercessor e modelo de santidade para todos os fiéis, em todo o mundo.

A canonização, desde o século XII, é um ato reservado ao Papa. A ele compete inscrever o nome do Santo no cânone.


Comemorações no Santuário de Fátima

No Santuário de Fátima, a festa litúrgica tem uma programação especial nessa primeira comemoração dos dois santos:

Missa votiva, às 11h00, na Basílica da Santíssima Trindade;
Encontro com crianças na mesma Basílica, às 14h00 e oração do Rosário;
Visita aos túmulos dos Pastorinhos, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, às 16h00 haverá.

Este momento de veneração terá o acompanhamento musical da Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima e será encerrado com o canto das Vésperas, às 17h30. (JSG)

 

Loading
20 de fevereiro de 2018: primeira Festa Litúrgica dos Santos Francisco e Jacinta Marto

Fátima - Portugal (Terça-feira, 20-02-2018, Gaudium Press) - A festa litúrgica dos Santos Francisco e Jacinta Martos é celebrada pela Igreja Católica no dia 20 de fevereiro.

20-02-2018-20 de fevereiro de 2018- primeira Festa Litúrgica dos Santos Francisco e Jacinta Marto.jpg

"Ao longo deste dia, demos graças a Deus por este dom maravilhoso desta santidade reconhecida dos Santos Francisco e Jacinta, pelo exemplo que a Igreja nos apresenta nas suas vidas. E recorramos também à sua intercessão, para que saibamos viver uma vida de oração mais intensa, estar atento aos outros".

Estas foram palavras do reitor do Santuário de Fátima, ao presidir à Missa votiva desta comemoração na Basílica da Santíssima Trindade, no Santuário de Fátima.

O Padre Carlos Cabecinhas ainda pediu no final das celebrações:
"Que o exemplo da sua vida nos toque", acrescentou o padre Carlos Cabecinhas, no final da celebração.

Primeira comemoração

E hoje é a primeira vez que é comemorada esta festividade, depois da canonização dos dois videntes de Fátima, realizada em 13 de maio de 2017 pelo Papa Francisco.

Recorda-se que a canonização aconteceu no início da Missa da primeira peregrinação do Centenário das Aparições, quando foi proclamada pelo Papa, em português a fórmula de canonização:

"Declaramos e definimos como Santos os Beatos Francisco Marto e Jacinta Marto e inscrevemo-los no Catálogo dos Santos, estabelecendo que, em toda a Igreja, sejam devotamente honrados entre os Santos. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo".

Centenas de milhares de peregrinos presentes na Cova da Iria saudaram alegremente o ato histórico-religioso que, então, acabava de acontecer.

Vidas entregues a Deus

Dando continuidade à cerimônia, antes da ladainha de Todos os Santos, o bispo de Leiria-Fátima falou das duas vidas "entregues a Deus", apresentando uma resumida biografia de São Francisco Marto e Santa Jacinta:

"Na primeira aparição, em 13 de maio de 1917, a Santíssima Virgem fez-lhes um convite: ‘Quereis oferecer-vos a Deus?' .

Com sua prima, Lúcia, responderam: ‘Sim, queremos'.

"A partir dessa data -comentou Dom Antônio Marto- viveram as suas vidas entregues a Deus e aos Seus desígnios de misericórdia".

O Bispo de Leiria-Fátima continuou: "Os traços de espiritualidade dos dois irmãos assumem uma vocação inseparavelmente contemplativa e compassiva, que os leva a ser espelho da luz de Deus na prática das boas obras".

Francisco e Jacinta: quem eram?

20-02-201820 de fevereiro de 2018 primeira Festa Litúrgica dos Santos Francisco e Jacinta Marto.jpg

Francisco Marto e Jacinta Marto, nascidos em Aljustrel, eram os dois mais novos dos sete filhos de Manuel Pedro Marto e Olímpia de Jesus.

Francisco nasceu a 11 de junho de 1908 e foi batizado no dia 20 desse mês, na igreja paroquial de Fátima.

Jacinta Marto nasceu a 5 de março de 1910, tendo sido batizada no dia 19 desse mês, também na igreja paroquial de Fátima.

Ainda muito novos pastoreavam o rebanho da família junto com sua prima mais velha chamada Lúcia, também vidente de Fátima.

"O mais contemplativo dos três videntes", mostrou Dom Antônio, era São Francisco Marto, que morreu aos dez anos em 4 de abril de 1918.

Santa Jacinta também morreu aos dez anos em 20 de fevereiro de 1920, data escolhida para a festa litúrgica dos dois santos, no Hospital Dona Estefânia, em Lisboa.

Ela era a mais nova dos videntes e tinha apenas sete anos durante as aparições. Contudo sua espiritualidade e devoção eram notórias e ela se destacava neste ponto.

Os dois mais jovens santos não mártires

Francisco e Jacinta Marto foram beatificados por São João Paulo II, em Fátima, a 13 de maio de 2000.

17 anos depois da beatificação os dois Pastorinhos de Fátima, tornavam-se oficialmente os mais jovens santos não-mártires da história da Igreja Católica, por decisão do Papa Francisco que os canonizou.

Como se sabe, a canonização é a confirmação, por parte da Igreja, de que um fiel católico é digno de culto público universal e eles são dados como intercessor e modelo de santidade para todos os fiéis, em todo o mundo.

A canonização, desde o século XII, é um ato reservado ao Papa. A ele compete inscrever o nome do Santo no cânone.


Comemorações no Santuário de Fátima

No Santuário de Fátima, a festa litúrgica tem uma programação especial nessa primeira comemoração dos dois santos:

Missa votiva, às 11h00, na Basílica da Santíssima Trindade;
Encontro com crianças na mesma Basílica, às 14h00 e oração do Rosário;
Visita aos túmulos dos Pastorinhos, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, às 16h00 haverá.

Este momento de veneração terá o acompanhamento musical da Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima e será encerrado com o canto das Vésperas, às 17h30. (JSG)

 


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

No próximo domingo, 24 de junho, a Catedral de Turim celebrará a festa do seu Padroeiro, São Joã ...
 
A proximidade dos Salesianos aos iemenitas fez com que a ordem religiosa promova neste sábado, 23, ...
 
Encontrar apoio na própria família é uma grande ajuda para os que dão este passo, e é uma grand ...
 
Conferência Episcopal do Peru comunica abertura de Centro de Auxílio a migrantes venezuelanos. ...
 
Confiança, Anúncio e Fraternidade: três palavras sobre as quais o Papa propôs aos verbitas uma r ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading