Loading
 
 
 
Loading
 
Na Páscoa de Roma 100 catecúmenos receberão o Batismo
Loading
 
21 de Fevereiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Itália - Roma (Quarta-feira, 21-02-2018, Gaudium Press) Cem serão os catecúmenos que em Roma serão batizados na noite da Páscoa. Todos eles participaram na tarde de sábado, 17 de fevereiro, no Rito de Eleição, ou de inscrição do nome, que prepara o caminho para os adultos que receberão os sacramentos de iniciação cristã. A solene concelebração foi presidida por Dom Angelo De Donatis, Vigário do Papa para a Diocese de Roma, na Basílica de São João de Latrão, com a participação de padrinhos, madrinhas, familiares e párocos dos próximos batizados.

Na Páscoa de Roma 100 catecúmenos receberão o Batismo.jpg

"O Senhor os chama hoje cada um: sejam felizes porque seus nomes estão escritos no Céu do Pai", disse o prelado aos catecúmenos, a propósito do Rito de Eleição.

Durante a homilia, referindo-se às leituras proclamadas, Dom De Donatis observou como a desobediência de Adão e Eva transformou o jardim do Éden em um deserto que só a confiança em Jesus o fará florescer. Disse que a tentação de satanás no Éden e de Jesus no deserto foram muito diferentes: "arrastando-se no coração de Eva, a serpente insinua a desconfiança em Deus", enquanto que Jesus não questiona a confiabilidade do Pai, "negando-se a obter de Satanás, o que ele espera de Deus".

Neste sentido, o Vigário do Papa contou aos catecúmenos que o caminho do cristão é precisamente o que marcou Jesus; ou da plena confiança em Deus.

Após o sermão, seguiu a apresentação dos nomes dos aspirantes ao Batismo, que correu por conta do Padre Andrea Cavallini, Diretor do Departamento Diocesano de Catequese. Alguns compartilharam seus testemunhos de conversão. Como Lucas, um jovem procedente da China que escolheu o nome do Evangelista e chegou à Itália em 2015 depois de fugir de seu país por ser perseguido por causa de sua Fé Cristã. "Quero que Deus purifique meu coração para ser uma nova pessoa", expressou após contar que antes de conhecer a Deus, experimentou um grande vazio em sua alma, mas que foi graças à sua mãe e à aproximação da Bíblia que chegou a Deus.

Jean Pierre, um jovem africano que chegou a Roma em 2016, tem uma história muito particular: ao nascer foi registrado apenas com seu sobrenome porque apresentou uma morte aparente e imediatamente organizaram um funeral; mas agora está feliz porque "finalmente terei um nome".

Após a apresentação pública dos nomes, os catecúmenos continuaram o Rito da Eleição ao manifestar seu desejo de fazer parte da Igreja Católica. A comunidade os acolheu confiando-os aos padrinhos e madrinhas, que serão suas garantias no caminho da Fé. O rito finalizou com a imposição das mãos por parte de Dom De Donatis. Após isso, os aspirantes ao Batismo, se reuniram em uma capela no interior da Catedral para o registro de catecúmenos.

De acordo com o Catecismo da Igreja Católica, o catecumenato tem por finalidade permitir aos catecúmenos "levar à maturidade sua conversão e sua Fé", que se realiza por meio de "uma formação, aprendizagem ou noviciado devidamente prolongado de vida cristã", onde os discípulos se unem a Cristo, seu Mestre. Portanto, "devemos iniciar adequadamente aos catecúmenos no mistério da salvação, na prática dos costumes evangélicos e nos ritos sagrados que devem ser celebrados nos tempos sucessivos, e introduzi-los na vida de Fé, a liturgia e a caridade do Povo de Deus", como está escrito no Ritual de iniciação cristã para adultos.

Desta maneira -como continua o Catecismo-, "os catecúmenos 'estão já unidos à Igreja, pertencem já à casa de Cristo e muitas vezes levam já uma vida de Fé, esperança e caridade (...) A mãe Igreja os abraça já com amor tomando-os à sua responsabilidade'". (EPC)

Loading
Na Páscoa de Roma 100 catecúmenos receberão o Batismo

Itália - Roma (Quarta-feira, 21-02-2018, Gaudium Press) Cem serão os catecúmenos que em Roma serão batizados na noite da Páscoa. Todos eles participaram na tarde de sábado, 17 de fevereiro, no Rito de Eleição, ou de inscrição do nome, que prepara o caminho para os adultos que receberão os sacramentos de iniciação cristã. A solene concelebração foi presidida por Dom Angelo De Donatis, Vigário do Papa para a Diocese de Roma, na Basílica de São João de Latrão, com a participação de padrinhos, madrinhas, familiares e párocos dos próximos batizados.

Na Páscoa de Roma 100 catecúmenos receberão o Batismo.jpg

"O Senhor os chama hoje cada um: sejam felizes porque seus nomes estão escritos no Céu do Pai", disse o prelado aos catecúmenos, a propósito do Rito de Eleição.

Durante a homilia, referindo-se às leituras proclamadas, Dom De Donatis observou como a desobediência de Adão e Eva transformou o jardim do Éden em um deserto que só a confiança em Jesus o fará florescer. Disse que a tentação de satanás no Éden e de Jesus no deserto foram muito diferentes: "arrastando-se no coração de Eva, a serpente insinua a desconfiança em Deus", enquanto que Jesus não questiona a confiabilidade do Pai, "negando-se a obter de Satanás, o que ele espera de Deus".

Neste sentido, o Vigário do Papa contou aos catecúmenos que o caminho do cristão é precisamente o que marcou Jesus; ou da plena confiança em Deus.

Após o sermão, seguiu a apresentação dos nomes dos aspirantes ao Batismo, que correu por conta do Padre Andrea Cavallini, Diretor do Departamento Diocesano de Catequese. Alguns compartilharam seus testemunhos de conversão. Como Lucas, um jovem procedente da China que escolheu o nome do Evangelista e chegou à Itália em 2015 depois de fugir de seu país por ser perseguido por causa de sua Fé Cristã. "Quero que Deus purifique meu coração para ser uma nova pessoa", expressou após contar que antes de conhecer a Deus, experimentou um grande vazio em sua alma, mas que foi graças à sua mãe e à aproximação da Bíblia que chegou a Deus.

Jean Pierre, um jovem africano que chegou a Roma em 2016, tem uma história muito particular: ao nascer foi registrado apenas com seu sobrenome porque apresentou uma morte aparente e imediatamente organizaram um funeral; mas agora está feliz porque "finalmente terei um nome".

Após a apresentação pública dos nomes, os catecúmenos continuaram o Rito da Eleição ao manifestar seu desejo de fazer parte da Igreja Católica. A comunidade os acolheu confiando-os aos padrinhos e madrinhas, que serão suas garantias no caminho da Fé. O rito finalizou com a imposição das mãos por parte de Dom De Donatis. Após isso, os aspirantes ao Batismo, se reuniram em uma capela no interior da Catedral para o registro de catecúmenos.

De acordo com o Catecismo da Igreja Católica, o catecumenato tem por finalidade permitir aos catecúmenos "levar à maturidade sua conversão e sua Fé", que se realiza por meio de "uma formação, aprendizagem ou noviciado devidamente prolongado de vida cristã", onde os discípulos se unem a Cristo, seu Mestre. Portanto, "devemos iniciar adequadamente aos catecúmenos no mistério da salvação, na prática dos costumes evangélicos e nos ritos sagrados que devem ser celebrados nos tempos sucessivos, e introduzi-los na vida de Fé, a liturgia e a caridade do Povo de Deus", como está escrito no Ritual de iniciação cristã para adultos.

Desta maneira -como continua o Catecismo-, "os catecúmenos 'estão já unidos à Igreja, pertencem já à casa de Cristo e muitas vezes levam já uma vida de Fé, esperança e caridade (...) A mãe Igreja os abraça já com amor tomando-os à sua responsabilidade'". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93275-Na-Pascoa-de-Roma-100-catecumenos-receberao-o-Batismo. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A cerimônia foi presidida pelo vigário-geral da Arquidiocese de Braga e presidente da Confraria do ...
 
A igreja está consagrada à Nossa Senhora do Bom Conselho, cumprindo desta maneira um voto feito pe ...
 
Para Francisco, estes vícios são a vergonha da vida pública e colocam em perigo a paz social. ...
 
Esta foi a primeira glória de São José, a especial bem-aventurança de ter sido rejeitado no mome ...
 
O Papa Francisco completa nesse 17 de dezembro, 82 anos de vida. Uma trajetória de estudos e trabal ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading