Loading
 
 
 
Loading
 
Em Medinaceli, Dom Felipe chega como Rei e sai como escravo
Loading
 
2 de Março de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Medinaceli - Espanha (Sexta-feira, 02-03-2018, Gaudium Press) Nesta sexta-feira, Dom Felipe, Rei da Espanha, realizou o compromisso anual da Família Real com Jesus de Medinaceli.

02Em Medinaceli, Dom Felipe chega como Rei e sai como escavo2.jpg

Foi a primeira vez que Dom Felipe venerou a sagrada imagem como Rei, muito embora já tenha feito tal veneração em ocasiões anteriores ao longo de sua vida, quer como Infante de España e, depois, como Príncipe de Asturias.
Foi, na realidade, a décima vez ele visitou Medinaceli, porém foi a mais emotiva.
Rei

Ao entrar no templo e ser iniciado o hino nacional uma onda de aplausos e vivas a Felipe ecoou por toda a Igreja.

O Rei percorreu o corredor central sem parar e cumprimentar os presentes indo direto para a rente da venerada Imagem para, em seguida, beijar o pé esquerdo de Jesus de Medinaceli.

Escravo

Depois, manteve-se alguns instantes em recolhimento e foi direto para a sacristia, onde reuniu-se com a comunidade e a junta da Arquiconfraria. Foi, então, que recebeu o diploma e a medalha de escravo de honra da Real Escravidão de Nosso Pai Jesus Nazareno de Medinaceli, da qual é protetor.

E o rei saiu da Igreja com a medalha de escravo pendurada ao pescoço.

Como em sua chegada, na saída se repetiram as ovações e aplausos.
O Monarca aproximou-se da multidão para saldar seus súditos que aguardavam desde a madrugada para também beijar os pés de Jesus.

Visitas

A primeira vez que Dom Felipe venho venerar a imagem foi em 1971, quando tinha três anos e, então acompanhava seus pais os Príncipes Dom Juan Carlos e Dona Sofía.

Depois voltou em 1976, logo que foi restaurada a Monarquia, com sua mãe, a Rainha, e suas irmãs.

A última vez que esteve aos pés de Jesus de Medinaceli foi em 2004, com sua, então noiva, três meses antes de se casarem.
Visitas desde 1682

Com a visita de hoje, renova-se uma tradição que vem desde 1682, quando u membro da Família Real venera o Cristo de Medinaceli na primeira sexta feira de março.

Em seu reinado, Dom Juan Carlos visitou o Cristo onze vezes.

02Em Medinaceli, Dom Felipe chega como Rei e sai como escavo1.jpg

A devoção a Nosso Pai Jesus Nazareno

A devoção por Nosso Pai Jesus Nazareno teve seu início em 1682, quando a imagem, resgatada dos ouros, chegou a Madri com a fama de ser milagrosa e, então, organizou-se a primeira procissão que teve a participação do povo fiel, a nobreza e a Casa Real. 

A imagem, esculpida na primeira metade do século XII por encomenda dos frades capuchinos, pertence à Escola Sevilhana, e foi esculpida por Juan de Mesa.

Quando foi trasladada par a praça forte de Mehdía o Mámora (Marruecos) para culto dos soldados espanhóis, a imagem foi sequestrada e caiu como prisioneira dos mouros, que a arrastaram pelas ruas de Mequinez, sendo resgatada pelos Trinitários que a trasladaram a Madrid.

Ao longo da história, diversas circunstancias levaram a imagem a percorrer por várias Igrejas de Madri, antes de instalar-se definitivamente na atual Basílica de Jesus de Medinaceli, que foi construída pelos irmãos franciscanos capuchinos, depois que o templo anterior foi demolido em 1927. (JSG)

 

(Da Redação Gaudium Press, com informações Luis Arancibia)

 

Loading
Em Medinaceli, Dom Felipe chega como Rei e sai como escravo

Medinaceli - Espanha (Sexta-feira, 02-03-2018, Gaudium Press) Nesta sexta-feira, Dom Felipe, Rei da Espanha, realizou o compromisso anual da Família Real com Jesus de Medinaceli.

02Em Medinaceli, Dom Felipe chega como Rei e sai como escavo2.jpg

Foi a primeira vez que Dom Felipe venerou a sagrada imagem como Rei, muito embora já tenha feito tal veneração em ocasiões anteriores ao longo de sua vida, quer como Infante de España e, depois, como Príncipe de Asturias.
Foi, na realidade, a décima vez ele visitou Medinaceli, porém foi a mais emotiva.
Rei

Ao entrar no templo e ser iniciado o hino nacional uma onda de aplausos e vivas a Felipe ecoou por toda a Igreja.

O Rei percorreu o corredor central sem parar e cumprimentar os presentes indo direto para a rente da venerada Imagem para, em seguida, beijar o pé esquerdo de Jesus de Medinaceli.

Escravo

Depois, manteve-se alguns instantes em recolhimento e foi direto para a sacristia, onde reuniu-se com a comunidade e a junta da Arquiconfraria. Foi, então, que recebeu o diploma e a medalha de escravo de honra da Real Escravidão de Nosso Pai Jesus Nazareno de Medinaceli, da qual é protetor.

E o rei saiu da Igreja com a medalha de escravo pendurada ao pescoço.

Como em sua chegada, na saída se repetiram as ovações e aplausos.
O Monarca aproximou-se da multidão para saldar seus súditos que aguardavam desde a madrugada para também beijar os pés de Jesus.

Visitas

A primeira vez que Dom Felipe venho venerar a imagem foi em 1971, quando tinha três anos e, então acompanhava seus pais os Príncipes Dom Juan Carlos e Dona Sofía.

Depois voltou em 1976, logo que foi restaurada a Monarquia, com sua mãe, a Rainha, e suas irmãs.

A última vez que esteve aos pés de Jesus de Medinaceli foi em 2004, com sua, então noiva, três meses antes de se casarem.
Visitas desde 1682

Com a visita de hoje, renova-se uma tradição que vem desde 1682, quando u membro da Família Real venera o Cristo de Medinaceli na primeira sexta feira de março.

Em seu reinado, Dom Juan Carlos visitou o Cristo onze vezes.

02Em Medinaceli, Dom Felipe chega como Rei e sai como escavo1.jpg

A devoção a Nosso Pai Jesus Nazareno

A devoção por Nosso Pai Jesus Nazareno teve seu início em 1682, quando a imagem, resgatada dos ouros, chegou a Madri com a fama de ser milagrosa e, então, organizou-se a primeira procissão que teve a participação do povo fiel, a nobreza e a Casa Real. 

A imagem, esculpida na primeira metade do século XII por encomenda dos frades capuchinos, pertence à Escola Sevilhana, e foi esculpida por Juan de Mesa.

Quando foi trasladada par a praça forte de Mehdía o Mámora (Marruecos) para culto dos soldados espanhóis, a imagem foi sequestrada e caiu como prisioneira dos mouros, que a arrastaram pelas ruas de Mequinez, sendo resgatada pelos Trinitários que a trasladaram a Madrid.

Ao longo da história, diversas circunstancias levaram a imagem a percorrer por várias Igrejas de Madri, antes de instalar-se definitivamente na atual Basílica de Jesus de Medinaceli, que foi construída pelos irmãos franciscanos capuchinos, depois que o templo anterior foi demolido em 1927. (JSG)

 

(Da Redação Gaudium Press, com informações Luis Arancibia)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93506-Em-Medinaceli--Dom-Felipe-chega-como-Rei-e-sai-como-escravo. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O purpurado pediu para que não se compactue com a forma errônea na qual se promove esta festa atra ...
 
Por mais um ano se seguiu a tradição romana de levar as imagens do Menino Jesus para serem abenço ...
 
A série de relíquias do Santo italiano, consiste em uma bandagem embebida em seu sangue, um guante ...
 
O objetivo das cantatas é propagar cada vez mais o espírito natalino e resgatar o verdadeiro senti ...
 
A obra ecológica de 280 metros de construção é composta por 1,5 mil figuras, das quais 600 tem m ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading