Loading
 
 
 
Loading
 
Católicos da Bolívia participam de Procissão e Missa em desagravo a Nossa Senhora
Loading
 
5 de Março de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Bolívia - Oruro (Segunda-feira, 05-03-2018, Gaudium Press) Numerosos fiéis da Diocese de Oruro, Bolívia, reuniram-se para uma procissão e Missa de reparação à Nossa Senhora do Socavón, convocada pelo Bispo, Dom Cristóbal Bialasik. "Viemos aos pés da 'Mamita' para pedir reparação pelas ofensas que nossa Mãe e seu Filho receberam", expressou o prelado devido uma ofensa cometida contra a venerada imagem por parte de uma artista local.

Católicos da Bolívia participam de Procissão e Missa em desagravo à Nossa Senhora.jpg

Desde às 10h do dia 1º de março, milhares de devotos, estudantes e dançarinos que normalmente participam das festividades de Nossa Senhora do Socavón iniciaram uma procissão que culminou no átrio do Santuário. Neste lugar a Missa campal foi presidida por Dom Bialasik.

"O motivo da celebração é o desejo de desagravar Nossa Senhora, nossa mãe, sob a invocação de Nossa Senhora do Socavón pelas ofensas blasfemas que foram feitas há dias", explicou o Bispo em sua homilia. "Uma liberdade de expressão incompreendida não pode justificar esta falta, esta ofensa, esta falta de respeito devido aos outros e particularmente à santidade da Mãe de Deus".

O prelado esclareceu que as ofensas não diminuem a glória da Santíssima Virgem, mas causam dor e sofrimento aos fiéis. "Hoje em dia se quer destruir a cultura cristã, apesar que a mesma nos oferece belos valores para a construção de uma sociedade solidária, cheia de esperança, com vocação de unidade em relação às suas próprias identidades", lamentou Dom Bialasik. "O mundo laicista rejeita a Deus e este mundo laicista ensina que Deus não existe e esta farsa, esta mentira que temos que rejeitar hoje e sempre".

O prelado aproveitou a oportunidade para expressar reparações pelos ataques com explosivos realizados durante o carnaval das festas de Nossa Senhora do Socavón e convidou a continuar a dando testemunho de Fé sem deixar-se vencer pelo medo, o desespero e a indiferença. "O testemunho de Nossa Senhora nos indica que podemos vencer o medo com a Fé, o cansaço com a esperança cristã e a indiferença com amor, superando nossos desejos desordenados e seguindo Cristo, que é o Caminho, a Verdade e a Vida". (EPC)

Loading
Católicos da Bolívia participam de Procissão e Missa em desagravo a Nossa Senhora

Bolívia - Oruro (Segunda-feira, 05-03-2018, Gaudium Press) Numerosos fiéis da Diocese de Oruro, Bolívia, reuniram-se para uma procissão e Missa de reparação à Nossa Senhora do Socavón, convocada pelo Bispo, Dom Cristóbal Bialasik. "Viemos aos pés da 'Mamita' para pedir reparação pelas ofensas que nossa Mãe e seu Filho receberam", expressou o prelado devido uma ofensa cometida contra a venerada imagem por parte de uma artista local.

Católicos da Bolívia participam de Procissão e Missa em desagravo à Nossa Senhora.jpg

Desde às 10h do dia 1º de março, milhares de devotos, estudantes e dançarinos que normalmente participam das festividades de Nossa Senhora do Socavón iniciaram uma procissão que culminou no átrio do Santuário. Neste lugar a Missa campal foi presidida por Dom Bialasik.

"O motivo da celebração é o desejo de desagravar Nossa Senhora, nossa mãe, sob a invocação de Nossa Senhora do Socavón pelas ofensas blasfemas que foram feitas há dias", explicou o Bispo em sua homilia. "Uma liberdade de expressão incompreendida não pode justificar esta falta, esta ofensa, esta falta de respeito devido aos outros e particularmente à santidade da Mãe de Deus".

O prelado esclareceu que as ofensas não diminuem a glória da Santíssima Virgem, mas causam dor e sofrimento aos fiéis. "Hoje em dia se quer destruir a cultura cristã, apesar que a mesma nos oferece belos valores para a construção de uma sociedade solidária, cheia de esperança, com vocação de unidade em relação às suas próprias identidades", lamentou Dom Bialasik. "O mundo laicista rejeita a Deus e este mundo laicista ensina que Deus não existe e esta farsa, esta mentira que temos que rejeitar hoje e sempre".

O prelado aproveitou a oportunidade para expressar reparações pelos ataques com explosivos realizados durante o carnaval das festas de Nossa Senhora do Socavón e convidou a continuar a dando testemunho de Fé sem deixar-se vencer pelo medo, o desespero e a indiferença. "O testemunho de Nossa Senhora nos indica que podemos vencer o medo com a Fé, o cansaço com a esperança cristã e a indiferença com amor, superando nossos desejos desordenados e seguindo Cristo, que é o Caminho, a Verdade e a Vida". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93544-Catolicos-da-Bolivia-participam-de-Procissao-e-Missa-em-desagravo-a-Nossa-Senhora. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Coro da Catedral realizou seu tradicional Concerto Coral Anual de Natal, e se destacou pelo carát ...
 
Papa Francisco recebeu em audiência funcionários TV italiana Telepace, nos seus 40 anos de fundaç ...
 
Os sacerdotes católicos não podem revelar os pecados dos penitentes sob pena de excomunhão, e nem ...
 
O Papa dedicou a homilia de hoje a São José e pediu aos fiéis que não percam a capacidade de s ...
 
Belém é um dos lugares da Terra Santa mais visitados por ocasião do Natal. E não é para menos, ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading